NASCEU A UNIDADE POTIGUAR.

FOTO: DALTRO EMERENCIANO – NÃO AUTORIZAMOS O USO DAS IMAGENS POSTADAS.

O PMDB abriu as portas para a terceira força política, denominada de UNIDADE POTIGUAR.
A reunião que acabou de acontecer entre o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB ), o deputado estadual Robinson Faria (PMN ) e o deputado federal João Maia ( PR ), na sede do Diretório Estadual do PMDB, terminou com o surgimento da terceira força política.

O deputado federal Henrique Eduardo Alves foi muito claro em dizer que participar da “Unidade Potiguar” é uma decisão isolada e não uma decisão do Partido.
Mas tabém ficou muito claro que o deputado Henrique Eduardo Alves mandou um recado para o vice Iberê, quando fez as seguintes afirmações:
– Não há aquí nenhuma ambição de quero porque quero, porque essa não é a receita de se ganhar uma eleição.
– Não pode Iberê achar que ganharia uma eleição sem Robinson e sem João Maia.

Já o deputado estadual Robinson Faria foi mais direto quando disse que a Unidade Potiguar Já nasceu forte, pelo que é o PMDB, pelo que é o PMN, pelo que é o PR, pelo que é o PP. Para que vocês tenham uma noção, da votação que teve João Maia, Fabio e Henrique, são mais de MEIO MILHÃO de votos, só aquí nessa mesa, para federal.
perguntado se a UNIDADE POTIGUAR pode ser vista como uma terceira força capaz de lançar uma candidatura, o deputado Robinson Faria disse que esse dia poderá chegar.

Depois de muito se falar em que o candidato poderá ser qualquer um do grupo, ou aquele que melhor viabilizar o seu nome, o deputado estadual Robinson Faria, no final do encontro, foi cercado por um verdadeiro arsenal de jornalistas, repórteres, fotógrafos e cinegrafistas, dando a entender, que o nome já foi consolidado e o candidato na UNIDADE POTIGUAR já está escolhido, ou seja, Robinson é o cara da terceira força.

A mídia toda voltada para registrar o nascimento da “UNIDADE POTIGUAR”.
Agora, alguns pontos não foram esclarecidos, vejamos:

– Henrique disse que Garibaldi não participou do encontro, porque não teve tempo de conversar mais detalhadamente com ele sobre o assunto.

– Eu estava conversando com Aluízio Dutra, assessor do deputado Henrique Eduardo, quando minutos antes de começar o encontro, Henrique ligou perguntando se Waltinho iria participar do encontro da Unidade Potiguar e Aluízio Dutra disse que Waltinho tinha outros compromissos no interior. Balela, Waltinho não foi, porque o pai senador certamente não estaria concordando com essa união assim, tão prematura.

– Quando Henrique disse que aquela decisão não era uma decisão do PMDB e sim, uma decisão dele como deputado federal, já disse tudo, Garibaldi aceitou mas não concordou, ou seja, Garibaldi engoliu, mas não digeriu.

Bom, agora não tem mais volta, Rosalba é candidata, Iberê é candidato e Robinson acabou de se credenciar com o apoio de Henrique, que desde o começo tenta se afastar da governadora Wilma.
Vamos aguardar e ver no que isso vai dar.
É só esperar.

” CAVALO SELADO SÓ PASSA UMA VEZ “

Deixar uma Resposta

Publicidade