1ª CAMPUS PARTY NATAL ATRAI MAIS DE 60 MIL PESSOAS NO CENTRO DE CONVENÇÕES

Foto: Divulgação

Terminou nesse último sábado as atividades da primeira edição potiguar da Campus Party, uma das maiores experiências de tecnologia e inovação do mundo, que teve início na quarta-feira, 11 de abril, no Centro de Convenções, e contou com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, da Prefeitura Municipal de Natal e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

“Essa edição nos surpreendeu desde antes do seu início com a venda de todos os ingressos disponíveis. A participação dos campuseiros foi contagiante em todos os palcos, workshops e hackathons, o que só confirmou a sinergia entre a proposta do evento e o potencial inovador do estado do Rio Grande do Norte”, ressalta o diretor-geral do evento, Tonico Novaes.

A presença do público na Open Campus, área aberta ao público, superou todas as expectativas. Mais de 60 mil pessoas passaram pelo espaço e puderam interagir com uma série de simuladores, acompanhar as batalhas e corridas de Drones, aprender e se inspirar no espaço de Educação para o Futuro, além de conhecer trabalhos acadêmicos e startups com ideias inovadoras.

Na Arena, os destaques das mais de 250 horas de programação foram a palestra do primeiro astronauta brasileiro a ir ao espaço, Marcos Pontes; a apresentação do estudante mais jovem a vencer um concurso mundial promovido pela NASA, João Paulo Barrera; Dra. Rosaly Lopes, brasileira que atualmente analisa os dados da Missão Cassini – que explorou o planeta Saturno e suas Luas; Jon “Maddog” Hall, membro do Linux Professional Institute; Gabe Gabrielle, engenheiro, educador e palestrante motivacional da NASA; Marcos Palhares que será o representante brasileiro da empresa pioneira em turismo espacial Virgin Galactic e os youtubers e influenciadores Irmãos Castro, La Fenix e os participantes do podcast Não Ouvo. Outro grande destaque das arenas foram os hackathons que reuniram um grande público em busca de soluções para a melhoria de políticas públicas e para o bem-estar da sociedade.

Deixar uma Resposta

Publicidade