PARIS REVIVE A EUFORIA DE 98 E TEM AS RUAS TOMADAS POR TORCEDORES

Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Uma multidão de franceses comemorou neste domingo(15), nas ruas de Paris, o título conquistado pela seleção liderada por Mbappé, Pogba e Griezmann na Rússia, e reviveu, 20 anos depois, a euforia que tomou conta do país em 1998, quando os ‘Bleus’ foram campeões pela primeira vez.

Um buzinaço já podia ser ouvido desde as primeiras horas do dia, e a música “I will survive”, de Gloria Gaynor, que embalou a equipe de 98 nos vestiários, tocava repetidamente por todos os lugares.

“Como em 98!”, diziam os torcedores pelas ruas.

A conquista daquela equipe que contava com Zinedine Zidane e foram contadas aos jovens de hoje por seus pais contagiavam aqueles que ainda não eram nascidos ou muito pequenos na conquista do primeiro título mundial.

Nos arredores da Torre Eiffel, a Câmara Municipal de Paris instalou quatro telões para transmitir a final, e cerca de 100 mil pessoas já estavam posicionadas diante deles antes da partida.

Não havia mais espaço nas áreas para torcedores e também nas ruas. Motoristas encontravam dificuldades para trafegar e, com poucos controladores de trânsito, havia enormes engarrafamentos nas principais avenidas.

Os bares e restaurantes que transmitiram o jogo também já estavam lotados antes da partida, e alguns torcedores começaram a improvisar para assistir à decisão.

Em Cubyn, uma empresa de logística colocou um projetor para que seus funcionários pudessem acompanhar os lances.

“Decidimos abrir o escritório para que pudessem vir com os seus amigos, porque, enfim, é um momento de família, e queríamos que todos participassem. Amanhã de manhã não precisarão vir trabalhar”, contou Pierre Canard, um dos donos da empresa.

“Esta Copa é para nós! É a vitória da nossa geração!”, afirmou Guillaume, de 26 anos.

Apesar dos franceses terem se mostrado confiantes na conquista durante a semana, na capital os torcedores estavam apreensivos com a vontade da Croácia dentro de campo no início do jogo.

Para dar conta da festa que deve seguir madrugada adentro, a prefeitura da capital francesa anunciou a interrupção do tráfego em diversos pontos do centro e da região oeste até o início da manhã desta segunda-feira. O objetivo é evitar acidentes como os que aconteceram durante a comemoração em 1998, que causaram uma morte e deixaram vários feridos.

A seleção da França é aguardada em Paris na tarde desta segunda-feira, quando serão recebidos pelo presidente Emmanuel Macron no Palácio do Eliseu.

Agência EFE

Deixar uma Resposta

Publicidade