AUGUSTO NUNES E GLENN GREENWALD TROCAM TAPAS AO VIVO NO PROGRAMA PÂNICO

Foto: Reprodução

Os jornalistas Augusto Nunes, da Record, e Glenn Greenwald, do The Intercept, saíram no tapa durante uma participação no programa Pânico, da Jovem Pan desta quinta-feira (7). As agressões aconteceram depois que Greenwald chamou o colega de “covarde”.

Antes do programa, o americano chegou a tuitar que estava feliz porque teria oportunidade de questionar Nunes frente a frente. “Acabei de chegar no Jovem Pan pra fazer @programapanico e descobri que @augustosnunes – que disse que um juiz de menores deve investigar a remoção de nossos filhos – vai participar. Tô muito feliz pq tenho muitas perguntas pra ele”, escreveu.

A equipe do programa, inclusive   inclusive Daniel Zukerman, teve de separar os dois para que a briga não continuasse, e a transmissão da rádio Jovem Pan no YouTube saiu do ar logo em seguida.

O jornalista americano, que ficou bastante conhecido por seu trabalho no site The Intercept ao divulgar informações sobre a Operação Lava Jato, era o convidado do programa de rádio da trupe de Emilio Surita.  Segundo o Twitter da atração, Nunes (que trabalha na Jovem Pan) foi convidado para a sabatina para “termos mais qualidade na entrevista”.

Greenwald se irritou após Augusto Nunes fazer ataques pessoais. O colunista da Record e da Veja perguntou quem ia cuidar dos filhos do jornalista, já que seu companheiro (o deputado federal David Miranda) “passa tempo em Brasília” e Glenn “passa o tempo todo lidando com o material roubado”. “Eu vou falar: Quem é que vai cuidar dos filhos?’, provocou.

Nesse momento, o americano começou a gritar repetidas vezes que Nunes era covarde. “Eu vou falar por que você é um covarde!”. “Eu sou um covarde? Eu vou te mostrar!”, retrucou Nunes, que estapeou o rival.

Surita ficou chocado com a primeira agressão. “O que é isso?”, questionou o apresentador do Pânico. “Peraí, calma, calma!”, pediu ele. “Eu te mostro quem tem coragem”, falou Nunes, nervoso, enquanto a equipe do programa tentava  separá-los.

Na sequência, Greenwald conseguiu se desvencilhar dos funcionários da rádio que tentavam contê-lo e disparou na direção de Augusto Nunes, desferindo-lhe outro tapa. Emilio Surita mandou a direção do programa cortar a transmissão.  “Coloca uma música, não tem condição”, lamentou. Com informações do Notícias na TV.

 

 

O jornalista Augusto Nunes, da Record, agrediu Glenn Greenwald, do The Intercept, durante uma participação no programa Pânico, da Jovem Pan nesta quinta-feira (7).

Antes do programa, o americano chegou a tuitar que estava feliz porque teria oportunidade de questionar Nunes frente a frente. “Acabei de chegar no Jovem Pan pra fazer @programapanico e descobri que @augustosnunes – que disse que um juiz de menores deve investigar a remoção de nossos filhos – vai participar. Tô muito feliz pq tenho muitas perguntas pra ele”, escreveu.

Durante o Pânico, Glenn chamou Nunes de covarde por conta de comentários que o jornalista fez sobre seus filhos com o deputado David Miranda. Nesse momento, os dois se levantam exaltados e ficam próximos fisicamente. Nunes acaba dando um tapa no rosto do outro jornalista.

Deixar uma Resposta

Publicidade