PACIENTE INTERNADO COM SUSPEITA DE CORONAVÍRUS NO RN PASSA POR EXAMES; CASO ESTÁ PRATICAMENTE DESCARTADO

Foto: Divulgação

O homem que está internado, desde essa quarta-feira (12), no setor do Hospital Giselda Trigueiro preparado para casos de suspeita de coronavírus passou por exame de secreção respiratória na manhã desta quinta. O material coletado foi enviado para a Fundação Oswaldo Cruz, a Ficoruz, no Rio de Janeiro. Até agora, o Ministério da Saúde não aceitou o caso como suspeito. Com informações do Portal Tropical.

A Tribuna do Norte destaca que o paciente está isolado e recebeu visita de familiares na manhã desta quinta-feira, e que de acordo com o diretor da unidade, o médico infectologista, André Prudente, os exames iniciais de urina, sangue e respiratório descartam a hípotese de bactéria oriunda da China.

” Ele está muito bem, praticamente descartado o caso, deve ser outra doença respiratória comun. Vínculo epidemiológigo muito fraco, colhemos exames e vamos aguardar. Mas não há motivo de pânico, porque provalvelmente não é um caso de coronavírus, disse.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) emitiu nota confirmando que está investigando um possível caso de coronavírus no Rio Grande do Norte. Um homem de 25 anos que afirmou que teve contato com chineses está internado em isolamento no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.

O paciente chegou ao Hospital Giselda Trigueiro na noite desta quarta (12) encaminhado de um hospital particular da capital. Ele é morador de Baía Formosa e disse que teve contato com chineses na praia de Pipa, em Tibau do Sul, há 23 dias. O prazo é maior do que o estabelecido pela Organização Mundial de Saúde como de risco.

O médico André Prudente, explicou que o prazo estipulado pela OMS para o surgimento de sintomas do coronavírus é até 14 dias após o contato com alguém infectado. “O prazo de contato dele com os chineses é maior do que o estipulado pela OMS, por isso o vínculo epidemiológico é um pouco fraco”, disse.

Segundo ele, o paciente está relativamente bem, não tem nenhum sinal de gravidade e vai ficar no isolamento aguardando o resultado de exames. Com informações do G1/RN.

Confira a nota da Sesap na íntegra:

A Sesap informa que no momento está apurando os fatos para que possa inferir se há ou não um caso suspeito de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus, uma vez que para ser considerado caso suspeito esse deverá atender aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. No momento as investigações estão em curso e ainda não há informações precisas.

Deixar uma Resposta

Publicidade