PREFEITURA DE TIBAU DO SUL EMITE NOTA APÓS CASO SUSPEITO DE CORONA VÍRUS NO RN QUE AINDA ESTÁ SOB INVESTIGAÇÃO

Foto: Divulgação/ Tibau do Sul com vista panorâmica da praia de Pipa.

Após o Hospital Giselda Trigueiro, escolhido pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) como unidade de referência para tratamento do coronavírus, internar o primeiro paciente com suspeita da doença, e informar que, o homem teve contato com um grupo de chineses que estava em Pipa, em Tibau do Sul, sendo esse o primeiro caso suspeito registrado no estado potiguar, a Prefeitura Municipal de Tibau do Sul, por meio da Secretaria de Saúde, emite nota  sobre o caso destacando que o paciente não é morador da cidade e não passou pelas Unidades Básicas de Saúde da cidade.

A suspeita foi levantada em uma consulta de rotina. Devido a um tratamento de Hemodiálise, o homem vai costumeiramente ao hospital. Dessa vez, no momento da triagem, ele comentou com o médico que estava gripado e que havia tido contato, em Pipa, com pessoas vindas da China. Imediatamente, o médico encaminhou o rapaz para o Giselda Trigueiro, já que no local existem leitos prontos em condições de isolamento para receber as possíveis vítimas da epidemia.

Segundo a direção do Hospital Giselda Trigueiro , é pouco provável que o caso seja mesmo de coronavírus, mas a suspeita não pode ser descartada. Por isso, todo o cuidado e procedimento tem sido adotado.

Veja nota da Prefeitura de Tibau do Sul:

O Governo Municipal de Tibau do Sul, por meio da Secretaria de Saúde, informa que está investigando o caso suspeito de Corona Vírus no Município. Neste primeiro momento, é importante destacar que o paciente não é morador da cidade e não passou pelas Unidades Básicas de Saúde tampouco pela Unidade Mista de Saúde da cidade. O turista fez referência que esteve em Pipa no período de quinze dias antes de apresentar os sintomas da doença. Além disso, o atendimento ocorreu em Natal e encontra-se atualmente em observação no Hospital Giselda Trigueiro, na capital potiguar. O hospital é especializado no tratamento de doenças infectocontagiosas e toxicológicas no Rio Grande do Norte.

A Prefeitura também afirma que a equipe da Unidade Mista do Município está preparada e treinada para o acolhimento de pacientes com os possíveis sintomas da doença. O setor de epidemiologia de Tibau do Sul já está realizando o levantamento dos locais onde o paciente passou e com quem teve contato. É importante destacar que não basta apenas apresentar os sintomas, já que são parecidos com o da Influenza, é preciso fazer um percurso epidemiológico do paciente para saber se ele teve contato com ou não chineses ou outras pessoas que viajaram até aquele país. A Secretaria de Saúde também avisa que está em alerta e pronta para atender a população no que for necessário.

Deixar uma Resposta

Publicidade