MORTES POR CORONAVÍRUS NA ESPANHA ULTRAPASSAM 4 MIL; 56.188 INFECTADOS

@Sergio Perez/Reuters

A Espanha registrou nesta quinta-feira uma queda no número diário de mortes em razão do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, morreram 655 pessoas, 83 a menos que no dia anterior, levando o número total de mortes para 4.089. O número total de casos confirmados aumentou 8.578 entre quarta e quinta-feira, contabilizando 56.188 infectados.

Ao todo, 31.912 pessoas estão hospitalizadas no país ibérico, das quais 3.679 estão em centros de terapia intensiva. 7.015 pessoas já receberam alta. Cerca de metade das mortes no país, 2.090, ocorreu na região de Madri, segundo o Ministério da Saúde. Segundo um levantamento realizado pela rádio Cadena Ser, ao menos 397 moradores da casas para idosos morreram em razão da pandemia, mais de 10% do número total de mortes. O governo não comentou sobre o assunto.

O boletim diário do governo espanhol foi divulgado horas após o Parlamento do país votar para estender o estado de emergência ao menos até o dia 12 de abril. Com a medida, aprovada por 321 votos e 28 abstenções, a população espanhola só poderá sair de suas casas em situações emergenciais, como para comprar comida, ir à farmácia ou trabalhar. Os cidadãos que descumprirem o confinamento, que deve ser estendido até 11 de abril, ficam sujeitos a multas entre 100 e 600 mil euros e penas de prisão de três meses a um ano.

Segundo o premier Pedro Sánchez, a extensão do estado de emergência tem como objetivo não sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde, proteger os mais vulneráveis e a população em geral.

Com informações da Agência O Globo.

Deixar uma Resposta

Publicidade