MEDITAÇÃO PODE AJUDAR CRIANÇAS DURANTE O ISOLAMENTO SOCIAL

Crianças precisam de momentos de calma e serenidade para lidar com a agitação, inquietude e principalmente a impermanência da vida, ainda mais em tempos de isolamento social. A prática da meditação pode ser uma importante aliada das famílias neste período e, por que não, ser incorporada na rotina mesmo no retorno à “normalidade”.

A odontopediatra e instrutora de yoga Andréa Dias, da Escola Lápis de Cor, defende que as crianças sejam preparadas para manter a segurança e estabilidade com maior controle emocional sobre si. “Aprender a controlar a respiração e manter o foco nesse movimento, trazendo maior percepção da consciência, isso é meditação”, explica.

Dentre os benefícios da prática, Andréa destaca um maior relaxamento do corpo, aumento da capacidade de foco e concentração, o despertar para a intuição, a superação do medo, raiva e ansiedade e o aumento da capacidade de lidar melhor com as dificuldades apresentadas pela vida.

“A prática da meditação em família nos dias que estamos vivenciando é muito importante para gerar maior sintonia, criar uma maior percepção de segurança do núcleo familiar e desenvolver a capacidade de compaixão, perdão e amor incondicional”, acrescenta a instrutora.

Para ela, famílias que meditam unidas são mais fortes frente às inseguranças da vida. “Apoiam-se uns nos outros na certeza de um vínculo amoroso que traz conforto, paz e sensação de bem-estar, aumentando assim a saúde física, mental e emocional”, reforça.

Para quem deseja iniciar a prática, Andréa dá algumas dicas. “De forma simples, todos podem se sentar juntos, respirar juntos e determinar um curto tempo para se manterem em quietude”, explica. “Pode começar com um minuto, tentando focar na respiração, e aos poucos ir aumentando o tempo e incluindo técnicas de respiração e relaxamento”. Ela também indica fazer uso de meditações guiadas.

A Escola Lápis de Cor já é adepta da prática entre as crianças utilizando técnicas de relaxamento, respiração e visualização criativa. “Por acreditarmos nos inúmeros benefícios que a meditação traz e entendermos o difícil momento que estamos vivendo, queremos proporcionar, no retorno às aulas presenciais, paz e serenidade”, diz.

Andréa acredita que a meditação poderá ajudar a repensar e reprogramar a melhor maneira de voltar à convivência, as novas trocas de experiência e o compartilhamento do saber embasados no amor incondicional, saúde e sustentabilidade.

Deixar uma Resposta

Publicidade