Fotos: Ilma Emerenciano

Milhares de foliões lotaram na quinta-feira (23), o Largo do Atheneu, no Polo Petrópolis, para prestigiar a abertura do Carnaval Multicultural 2017, promovido pela prefeitura de Natal.

O Carnaval Multicultural de Natal foi aberto oficialmente com o tradicional Baile de Máscaras. O prefeito Carlos Eduardo entregou as chaves da cidade ao Rei Momo Bruno Henrique, e à Rainha do Carnaval, Rozeane Ferreira.

A imaginação e a criatividade deram um visual diferente e colorido no carnaval de Natal.

Entre os foliões o reencontro com o vereador de Natal egresso de Tangará, Ubaldo Fernandes, que com seus familiares desfrutou da noite momesca que faz parte do calendário de eventos culturais do Nordeste, atraindo turistas e amantes do Carnaval para o solo potiguar.

O médico Pedro Cavalcanti e a esposa, ex-vice-prefeita de Santo Antonio, Valéria Barbalho Cavalcanti, reunidos com amigos na abertura oficial do carnaval de Natal.

Tangaraense da gema, o amigo e colega jornalista Gerson de Castro, profissional responsável pela comunicação radiofônica e televisiva da Assembleia Legislativa, acompanhado da esposa Rosângela Souza reuniu a parentada na melhor noite de abertura do carnaval natalense.

A advogada e vereadora de Natal, Nina Souza, prestigiou o evento que colocou em prática a campanha #natalcontraomachismo, uma ação de conscientização, respeito e de constante vigília à garantia dos direitos da mulher e o enfrentamento à violência contra o gênero feminino, proporcionando às famílias do RN e visitantes de outras regiões do Brasil um ambiente seguro e acolhedor, principalmente durante o período momesco.

Téo Tomaz, líder político na cidade de Várzea, no Agreste do estado, sentindo-se privilegiado por residir no largo do Atheneu, área destinada à realização do Carnaval Multicultural de Natal.

O Carnaval Multicultural de Natal além da boa música carnavalesca proporciona encontros com amigos de todas as regiões do estado. No registro o reencontro com Gustavo Mello e Brisa Coelho.

Casais em camarotes privados desfrutavam do som das marchinhas carnavalescas de todas as épocas, fazendo do largo do Atheneu um celeiro musical do que existe de melhor na cultura carnavalesca.

Logo no início da noite, os grupos folclóricos Araruna, Lapinha de Ponta Negra, Boi de Reis de Manoel Marinheiro, Boi de Reis do Bom Pastor e os Congos de Calçola de Ponta Negra deram o ar da graça no corso que também envolveu foliões.

A abertura musical ficou por conta da banda Ribeira de Pau e Corda, que subiu ao palco, pontualmente às 20 horas.Sob a batuta do maestro Neemias Lopes, a banda executou marchinhas carnavalescas de todas as épocas e homenageou um ex-integrante, o músico e arquiteto Marcelo Tinoco, falecido há poucos dias.Em seguida, às 21h15, foi a vez da Banda Dugiba botar todo mundo para dançar. E a partir daí o frevo tomou conta do Largo.

O show só foi interrompido quando os clarins anunciaram a chegada do prefeito Carlos Eduardo, do vice-prefeito Álvaro Dias, do secretário Municipal de Cultura e presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), Dácio Galvão, além do Rei Momo Bruno Borges e da Rainha Rozeane Oliveira. Na ocasião, o prefeito passou a chave da cidade para o “monarca”.

Responsável pela programação da festa, o secretário Dácio Galvão assinalou que a prefeitura está no caminho certo para propiciar um Carnaval Multicultural para ficar na história. “Apostamos num carnaval plural e demos voz e vez aos grupos folclóricos e artistas da terra”, ressaltou o também presidente da Funcarte.

Entusiasmado, o prefeito Carlos Eduardo saudou os foliões e disse que o carnaval deste ano será a festa da alegria e um momento propício para os natalenses e turistas do Brasil e do mundo se divertirem a valer. No entendimento dele, a folia de Momo traz divisas para a cidade e movimenta a economia criativa, como também propicia a geração de emprego e renda. “Tenho certeza de que será o maior carnaval da história de Natal. O prefeito vai pular e dançar em todos os polos”, informou.

O gestor disse ainda que a grandiosa festa só foi possível graças a um esforço da prefeitura e da iniciativa privada, que apostou no Carnaval Multicultural 2017. Na avaliação do prefeito, o carnaval deste ano é o mais rico em termos de atrações musicais. “É o carnaval do amor. Do amor ao próximo”, complementou.Após a abertura oficial, o frevo voltou com força total pela Banda Dugiba e, logo após, nos acordes da Spok Frevo Orquestra, a atração nacional do Baile de Máscaras do Atheneu. A orquestra desfilou repertório que incluiu clássicos do carnaval, como o obrigatório “Vassourinhas”.

A programação do Carnaval Multicultural 2017 prossegue no Largo do Atheneu, no Polo Petrópolis, e em outros pontos de Natal, com shows e repertórios de músicas carnavalescas consagradas como "Ó Abre Alas", de Chiquinha Gonzaga, "O Teu Cabelo Não Nega", de Lamartine Babo, e "Mamãe Eu Quero" de Carmen Miranda.

Na abertura do Carnaval Multicultural 2017, no Largo Atheneu, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Sejul), colocou em prática a campanha #natalcontraomachismo, uma ação de conscientização, respeito e de constante vigília à garantia dos direitos da mulher e o enfrentamento à violência contra o gênero feminino. Nesta edição a ação segue até março, mês dedicado à mulher.O Carnaval Multicultural de Natal traz nesta edição mensagens de respeito à mulher, tendo a folia como pano de fundo.

Durante o carnaval, equipes da Semul estarão  nos Polos de Ponta Negra, Redinha, Rocas, Centro Histórico, Ribeira, Largo do Atheneu e Praça Pedro Velho (Cívica) trabalhando na divulgação prática da campanha #natalcontraomachismo,

A proposta da campanha educativa  #natalcontraomachismo, é que o público possa fazer fotos e compartilhar nas redes sociais para expandir as frases de efeito contra o machismo.

A Prefeitura de Natal organizou um esquema especial de funcionamento para atender o cidadão durante o carnaval e prestará serviços nas áreas de Serviços Urbanos, Turismo, Meio Ambiente e Urbanismo, Trânsito e Transporte, Defesa Social, Vigilância Sanitária e Limpeza Urbana.

Os atendimentos aos foliões estão sendo prestados nos seis polos da festa (Ribeira, Rocas, Centro Histórico, Ponta Negra, Redinha e Petrópolis) por Centrais de Serviços, que contam com equipes de iluminação, limpeza, poda e fiscalização que estarão de plantão para atender as diversas demandas.

A Secretaria de Serviços Urbanos conta com 80 pessoas de plantão. O disque-iluminação está disponível para atender as demandas e cada polo terá um caminhão próprio para executar este tipo de serviço. O telefone de contato é o: 0800 281 8980.

A Semsur também está executando ações de orientação e fiscalização sobre o que pode e o que não pode levar para as áreas de festa, além do acesso de bebidas aos locais dos shows.

Os foliões natalenses e turistas ainda podem contar com a atuação da Vigilância Sanitária (Visa Natal). Serão fiscalizados os estabelecimentos que produzem, manipulam e/ou comercializam alimentos e bebidas, rede hoteleira e o comércio informal em todo o cinturão turístico da capital. A Visa Natal recebe denúncias por meio do 0800 281 4031.

A Prefeitura de Natal está atenta a segurança do cidadão. A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) por intermédio do Comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) elaborou um plano de ação complementar com o patrulhamento feito por Guardas municipais utilizando viaturas em todos os polos da festa.