ABERTURA DA PROGRAMAÇÃO DO SETEMBRO CIDADÃO SERÁ NESTA QUARTA-FEIRA (28)

O ‘Mês da Cidadania’, um dos projetos do Programa Brasileiro de Educação Cidadã (PROBEC), tem como foco o despertar para a educação cidadã

Acontece nesta quarta-feira (28), a abertura da programação oficial do Setembro Cidadão. O ‘Mês da Cidadania’ é um dos projetos do Programa Brasileiro de Educação Cidadã (PROBEC), idealizado pelo juiz Jarbas Bezerra e pela advogada Lígia Limeira, com foco no despertar para a educação cidadã. A solenidade acontecerá com programação especial no Auditório Angélica Moura, na Secretaria de Educação do Estado do RN (SEEC-RN), das 7h às 16h, com a presença de gestores de escolas, professores e alunos.

Durante a manhã, entre outros momentos, o destaque será a participação do Professor Dr. Castilho Marques Neto, da Universidade Estadual Paulista (Unesp); e da professora Dra. Maria da Penha Casado Alves, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na discussão “Biblioteca: Formação de leitores para a construção da cidadania”, com mediação da escritora Salizete Freire Soares.

À tarde, o painel conta com a participação de Jarbas Bezerra, com o tema “Cidadania: Direito, deveres e solidariedade – Programa Brasileiro de Educação Cidadã”, com mediação do presidente do Conselho Estadual de Promoção da Paz nas Escolas, João Maria Mendonça de Moura, finalizando com a mesa redonda que vai tratar da educação cidadã para os privados de liberdade.

Ao longo do dia, os participantes vão poder conhecer e apreciar a exposição de cordéis produzidos pelos internos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que fazem parte do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano.

Setembro Cidadão

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

SÃO JOSÉ DE MIPIBU – CASA DE CULTURA PROMOVE CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA ARTESÃOS E PEQUENOS LOJISTAS

A Prefeitura Municipal de São José de Mipibu, por meio da Secretaria Municipal de Cultura realizou nesta terça-feira(27), o curso Capacitação 100% Produtividade – Fazer Mais com Menos, ministrado pelo consultor empresarial Elisiário Ferreira Júnior, e o conferencista comportamental Paulo Roberto de Lima.

A dinâmica do curso teve como metodologia a utilização de técnicas para promover a motivação pessoal e profissional dos artesãos, empreendedores e comerciantes acompanhados pela Secretaria Municipal de Cultura.

O curso realizado na Casa de Cultura de São José de Mipibu reuniu trinta e duas pessoas inscritas e promoveu a integração entre grupos de trabalho por meio de abordagens dinâmicas e envolventes, com a  utilização de mecanismos inovadores e explanação de casos.

Representando o prefeito Arlindo Dantas, o vice-prefeito Zé Figueiredo desejou boas vindas e sucesso aos preletores Elisiário Ferreira Lima Júnior, historiador e MBA em Gestão de Pessoas – UNIFACEX ; diretor da Brasil Treinamento e Informática LTDA  e especialista em atendimento e vendas, com experiência nas empresas Plugtech e Texas Informática; e Paulo Roberto Lima, biólogo e conferencista comportamental, diretor executivo da Desenvolvimento Pessoal – Soluções em Treinamento Corporativo LTDA, e autor do Livro: Autodesenvolvimento – Uma Reflexão para a Vida.

De acordo com a secretária de Cultura Mariana Dantas, o público participante do Curso foi contemplado com conteúdos sobre a evolução do mercado consumidor; princípios básicos de atendimento, relacionamento e vendas – As 10 mais do atendimento pessoal, dentre outros conteúdos voltados para o relacionamento com o público digital.

Criada em junho deste ano, a Casa de Cultura de São José de Mipibu, dentre outras finalidades vai por meio do turismo difundir a história do Município, construída com os aspectos religiosos, sociais, econômicos e políticos, além de qualificar e tirar da informalidade pequenos comerciantes.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

GOVERNO GARANTE PAGAMENTO DOS SALÁRIOS DE 2019 DENTRO DO MÊS, INCLUSIVE O DÉCIMO TERCEIRO

Foto: Demis Roussos

Na reunião com o fórum dos servidores estaduais, realizada na Governadoria na tarde desta terça-feira, 27, o governo assumiu o compromisso de quitar os salários referentes ao exercício de 2019 dentro do mês trabalhado até o fim do ano. “Desde que assumimos, nosso compromisso tem sido o de pagar os salários dos servidores dentro do mês. E com muito esforço e dedicação da equipe econômica temos feito isso. Vamos garantir essa movimentação até o fim do ano, inclusive o pagamento do décimo terceiro de 2019”, ressaltou a governadora Fátima Bezerra.

Os representantes do fórum de servidores apresentaram uma pauta de reivindicações que contemplava principalmente questões relativas ao pagamento de salários e quitação das folhas atrasadas. Com relação a esta última, a governadora manteve o posicionamento já apresentado em reuniões anteriores de reunir esforços para buscar recursos extras que serão usados para a quitação desse passivo.

Durante a reunião, a equipe de auxiliares do governo apresentou o resultado das medidas em execução para recuperação fiscal e redução de gastos como as auditorias e revisões de contratos, por exemplo. “Estamos trabalhando incansavelmente para recuperar o equilíbrio das finanças do Estado e fazer o Rio Grande do Norte retomar o caminho do crescimento. São muitas frentes de trabalho, todas atuando em harmonia para alcançarmos um bom resultado”, enfatizou a governadora.

Estavam presentes os secretários Raimundo Alves (Gabinete Civil), Virgínia Ferreira (Administração), Carlos Eduardo Xavier (Tributação), o procurador Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho e o controlador Geral do Estado, Pedro Lopes. A próxima reunião do governo com o fórum de servidores ficou marcada para a segunda quinzena de setembro.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA E DEPUTADOS RECEBEM PROJETO MOTO LEGAL

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), e demais parlamentares receberam da governadora Fátima Bezerra (PT), na manhã desta terça-feira (28), o Projeto de Lei Moto Legal, que estabelece medidas para incentivar a regularização de veículos no Estado e, ao mesmo tempo, fortalecer a economia.

A reunião aconteceu na Assembleia Legislativa e a matéria foi entregue ao presidente e os parlamentares para ouvir da equipe da governadora explicações sobre os principais pontos do projeto. “É um tema de importância social, que incomodou muito a população mais simples do nosso Estado, homens e mulheres do campo principalmente. A governadora mostra sensibilidade diante de um projeto de tamanha relevância e a Assembleia realizará o debate sobre o assunto com o compromisso de buscar o melhor para o nosso Estado”, disse Ezequiel Ferreira.

A governadora explicou que o projeto é um “aperfeiçoamento ao que foi aprovado no início do ano”. Fátima disse que a proposta é fruto de muito trabalho entre as secretarias de Segurança, Tributação e a Procuradoria Geral do Estado. “Vamos fazer campanha educativa e realizar mutirões em todas as regiões do Estado para levar o máximo de conhecimento aos potiguares”, disse.

Segundo o projeto Moto Legal, os condutores que forem pegos em blitz com suas motos em situação irregular, deverão assinar um termo de compromisso, onde constarão todos os problemas do veículo, e se comprometerão a regularizar os mesmos até 31 de dezembro deste ano. Quem teve a moto apreendida, poderá reaver a moto sem pagar taxas de remoção ou de estadia do veículo. As eventuais multas também poderão ser parceladas. “O Estado está chamando os cidadãos e dando condições para que todos possam estar dentro da Lei”, disse o procurador-geral do Estado, Luiz Antônio Marinho.

Além disso, conforme o projeto, quem desejar comprar uma moto de 155 cilindradas ainda em 2019 terá o benefício de ficar isento do IPVA deste ano. “Uma forma também de fomentar o consumo e fortalecer a economia”, completou Fátima. A governadora anunciou durante a reunião que regulamentará no mês de setembro o projeto da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) social, que facilitará a emissão do documento para pessoas de baixa renda.

Estiveram presentes na reunião os deputados George Soares (PL), Sandro Pimentel (PSOL), Getúlio Rego (DEM), Francisco do PT, Isolda Dantas (PT), Raimundo Fernandes (PSDB), Vivaldo Costa (PSD), Coronel Azevedo, Dr. Bernardo (Avante), Kleber Rodrigues (Avante), Nelter Queiroz (MDB) e Albert Dickson (Pros).

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PREFEITURA DE NATAL ABRE 277 NOVAS VAGAS DE CURSOS PROFISSIONALIZANTES EM SETEMBRO

Foto: Divulgação

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), anuncia, neste início de semana, que estarão disponíveis, em setembro, 277 novas vagas para pessoas que buscam qualificação profissional para se inserir no mercado de trabalho. Dentre os cursos que serão oferecidos, estão os de Maquiagem, Design de sobrancelhas, Corte de Cabelo Masculino e Design de Barba.

As vagas são destinadas a pessoas que tenham mais de 16 anos (sejam elas desempregadas e que buscam se inserir no mercado de trabalho). A procura pelos cursos vem crescendo a cada mês e a meta é que a Prefeitura possa ofertar bem mais que 5 mil vagas em várias tipologias de cursos de Qualificação Profissional, em todo o ano de 2019. Em 2018, foram ofertadas um total de 5.060 vagas.

As quatro unidades do Centro de Referência de Qualificação Profissional para o Trabalho estarão disponíveis para que sejam feitas as inscrições, que ocorrerão somente no dia 3 de setembro. Os cursos serão ministrados no mesmo local, pela manhã e pela noite, tendo carga horária de no mínimo 60h e no máximo 120h.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MPRN PROMOVERÁ MINICURSO SOBRE PLANO DIRETOR DE NATAL

Foto: Divulgação

“Entendendo a cidade de Natal”. Este é o tema de um minicurso a ser realizado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 45ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, no dia 29 de agosto, e que objetiva esclarecer de forma didática o Plano Diretor de Natal para qualquer cidadão que se interesse pelo assunto. O evento acontecerá no auditório da sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em Candelária, das 8h às 13 horas.

“Queremos contribuir para que as pessoas conheçam o Plano Diretor e compreendam as regras básicas que existem na cidade, relativas à ocupação do solo, proteção ambiental, arborização urbana, mobilidade, participação popular, desenvolvimento sustentável e vários outros temas relacionados”, contou a 45ª promotora de Justiça que atua na defesa do Meio Ambiente, Gilka da Mata. A representante ministerial irá conduzir o minicurso em parceira com a assistente ministerial, a arquiteta e urbanista, Ana Cláudia Lima. 

Assim, entre os objetivos do evento estão estimular a participação da população nas ações, planos, programas, projetos e outras iniciativas voltadas para o desenvolvimento urbano e a melhoria da qualidade de vida em Natal. Na oportunidade o publico também se inteirar, de forma detalhada, o trabalho do MPRN no acompanhamento da revisão do Plano Diretor.

Com duração de cinco horas, o minicurso terá palestras expositivas educativas e também atividades guiadas. “Abordaremos alguns casos práticos para facilitar o entendimento da legislação pertinente”, completou a promotora de Justiça. Cada participante receberá uma cartilha ilustrada sobre a matéria abordada.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

TRUMP ELOGIA BOLSONARO E DIZ DAR APOIO TOTAL A PRESIDENTE

Foto:Kevin Lamarque / Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse apoiar plenamente o presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao mencionar as queimadas na Amazônia. A manifestação do americano vem em meio à pressão internacional sobre a política ambiental do governo brasileiro, especialmente vinda dos países europeus.

“Conheci bem o presidente Bolsonaro nas nossas negociações com o Brasil. Ele está trabalhando duro nos incêndios na Amazônica e, em todos os aspectos, está fazendo um grande trabalho para o povo do Brasil — não é fácil. Ele e seu País tem o apoio total e completo dos EUA!”, escreveu Trump em sua conta de Twitter na manhã desta terça-feira, 27.

Na sexta-feira, 23, Trump Bolsonaro conversaram ao telefone. O americano ofereceu ajuda dos EUA para combater as queimadas na região da Amazônia. Com a ligação, o governo brasileiro esperava o apoio americano durante a reunião do G-7. O tema, segundo interlocutores do governo brasileiro, foi tratado na conversa entre os dois presidentes. A visão é de que os EUA apoiam uma postura de soberania do Brasil.

Os elogios de Trump dão força à narrativa do governo brasileiro que busca isolar o francês Emmanuel Macron, uma das vozes mais críticas à Bolsonaro sobre a política ambiental. Na segunda-feira, o Planalto chegou a informar que vai recusar os US$ 20 milhões, o equivalente a R$ 83 milhões, anunciados por Macron em nome dos países que formam o G-7.

Na manhã desta terça-feira, Bolsonaro disse que pode reconsiderar a ajuda emergencial do G-7 caso Macron retire “insultos” contra ele e a ideia de que a internacionalização da Amazônia está “em aberto”. Bolsonaro não mostrou, no entanto, qualquer intenção de pedir desculpas à primeira-dama francesa, Brigitte Macron.

Trump esteve ausente do debate sobre mudanças climáticas no G-7, no qual os países decidiram estabelecer a doação à Amazônia. Um representante do governo americano, no entanto, esteve na reunião. A ausência do americano foi destaque na imprensa americana. O presidente dos Estados Unidos tem se mantido em lado oposto aos europeus no debate de proteção ambiental. Ele retirou os EUA do Acordo de Paris e, em junho, durante o G-20, mais uma vez se manteve isolado diante da renovação de compromisso dos demais países em tomar medidas para conter a mudança climática.

Do Estadão Conteúdo.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

ESPOSA ACUSA EX-JOGADOR DE TER MATADO BEBÊ POR UM ‘PACOTE DE COCAÍNA’

© Getty Images Claudio Caniggia durante chegada ao aeroporto do Catar, em 2003

A esposa do ex-jogador Claudio Caniggia, Mariana Nannis acusou o atacante argentino de ter matado seu bebê por “um pacote de cocaína” e afirmou que o marido está vivendo com uma amante que “o mantém drogado o dia todo”.

Em declarações ao programa de TV argentino Confrontados, Mariana contou: “[Caniggia] Me fez perder um filho. Ele me empurrou contra um carro porque eu não o deixei entrar em casa. Estava estressada e disse que daquele modo [sob efeito de drogas] não entraria, que era uma casa de respeito. Eu não consumo drogas e meus filhos também não. Se você quer se drogas, vá a um bordel”.

“No dia seguinte, estava na massagista e comecei a sentir as pernas quentes. Quando olhei, estava cheia de sangue. Hoje, teria um filho de 12 anos. Ele me empurrou por causa de um pacote de cocaína. Não quis saber se eu estava grávida de dois meses e meio. Ele matou o meu bebê”, conta.

A mulher também afirma que quando contou ao marido o que havia acontecido, ele afirmou que ela era “uma dessas vadias que gosta de se fazer de vítima”, além de revelar que o argentino já a agrediu outras vezes dentro do casamento.

De acordo com a esposa, que afirma que os dois não estão divorciados oficialmente, o ex-jogador do Roma, Atalanta e do Boca Juniors, hoje com 52 anos, a deixou após mais de 30 anos de casamento para viver com a escritora e modelo Sofia Bonnelli que, segundo Mariana, “o deixa drogado o dia inteiro” e que “ambos irão terminar na prisão”.

E sobre as declarações, Nannis afirmou que Caniggia a tentou silenciar, mas garantiu que não irá ficar calada: “Vou falar com meus advogados. Estou com ele há 33 anos, era só o que me faltava me colocarem uma mordaça por vias legais sobre as coisas que sei sobre ele”.

Em terras brasileiras, Caniggia é conhecido como o carrasco da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1990, quando eliminou o Brasil nas oitavas de final da competição.

Com informações do ESPN.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CRIMINOSOS TENTAM ROUBAR CARRO DA PROCURADORIA GERAL DO RN, MOTORISTA REAGE E SUSPEITO É MORTO EM TIROTEIO

Caminhonete da PGE foi alvo de tentativa de assalto em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Criminosos tentaram roubar um veículo oficial da Procuradoria Geral do Estado na noite desta segunda-feira (26) na Zona Sul de Natal. O policial militar que dirigia a caminhonete reagiu, houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu.

O caso aconteceu no conjunto Cidade Satélite, no bairro Pitimbu. De acordo com informações que testemunhas repassaram à polícia, pelo menos três assaltantes tentaram tomar o carro, porém o motorista reagiu e houve troca de tiros. Dois criminosos fugiram, segundo a polícia, em direção da Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade.

No momento do crime, o policial militar era o único ocupante do veículo, que ficou com várias marcas de tiros. Alguns teriam partido de dentro do próprio carro e outros, de fora, dos assaltantes.

Perto do suspeito que morreu, foi encontrada uma réplica de pistola. De acordo com os policiais, a suspeita é que pelo menos um dos que fugiram estivesse armado.

A perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) levantou as primeiras informações que vão ajudar no inquérito policial. Enquanto policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) eram esperados, três homens que estavam próximos dos assaltantes no momento do crime e que conheciam o suspeito morto foram obrigados a permanecer no local para prestar depoimento.

Policiais militares fizeram buscas pelos suspeitos que fugiram, mas ninguém foi preso.

A assessoria PGE afirmou que a caminhonete branca pertence ao órgão e que era recolhida, após o fim do expediente, ao policial militar, que é cedido. O veículo é usado pelo procurador-geral e demais procuradores, bem como por servidores da PGE, atendendo às necessidades do trabalho.

Do G1/RN

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CONSELHO DO MP PUNE PROMOTOR QUE CHAMOU GILMAR MENDES DE “LAXANTE”

Foto: Lula Marques/Agência PT – Ministro do STF Gilmar Mendes

Krebs afirmou que Gilmar era “o maior laxante do Brasil”, em alusão aos habeas corpus que o ministro concede / Foto: Carlos moura/STF

O plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu punir o promotor de Justiça Fernando da Silva Krebs, do MP de Goiás, que em entrevista a uma rádio chamou o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de “laxante”.

Foi imposta a pena de censura, que fica registrada no histórico funcional do promotor, tornando-se prejudicial em eventuais avaliações e procedimentos disciplinares futuros. Em caso de nova censura, por exemplo, ele pode ser suspenso.

Em 2018, em entrevista à Rádio Brasil Central, de Goiânia, Krebs disse que “nós temos o caso Gilmar Mendes, que é considerado o maior laxante do Brasil. Ele solta todo mundo, principalmente os criminosos de colarinho branco”.

O relator do processo administrativo disciplinar (PAD) contra o promotor, o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, considerou “notório que o promotor requerido ultrapassou o seu direito” de liberdade de expressão.

“Não resta dúvida quanto à intenção de difamar, nem tampouco quanto à direção da ofensa. Ao afirmar o que afirmou sobre o ministro Gilmar Mendes, o processado ultrapassou em muito seu dever de urbanidade e de respeitar a dignidade pessoal de outrem, utilizando linguagem chula”, disse Bandeira de Mello.

O entendimento do relator foi acompanhado por todos os demais conselheiros, que discordaram somente quanto à gravidade da pena. Quatro conselheiros votaram por pena mais branda, de advertência. Ao final, por maioria, venceu a imposição de pena de censura, mais grave.

“Houve um excesso”, disse a procuradora-geral da República e presidente do CNMP, Raquel Dodge, que votou pela censura ao promotor. “Em tudo há um limite, e o limite é exatamente o modo como expressamos nossas ideias, devendo ser sempre, da parte de um membro do MP, de um modo respeitoso”.

Defesa

O advogado Alexandre Iunes Machado, que defendeu Krebs, argumentou que o promotor concedeu a entrevista à rádio na condição de cidadão, e não na de promotor, tendo exercido assim somente sua liberdade de expressão plena.

O defensor negou ainda que Krebs tenha tentado ofender Gilmar Mendes, mas que se referiu ao ministro por alcunha “pela qual é conhecido” humoristicamente e que o promotor “inclusive não concorda com isso”.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

FILME A VIDA INVISÍVEL É INDICADO PELO BRASIL PARA CONCORRER AO OSCAR

Carol Duarte e Julia Stockler em cena de ‘A vida invisível de Eurídice Gusmão’ Foto: Divulgação/Bruno Machado

O filme A Vida Invisível, do diretor Karim AÏnouz, desbancou outros 11 filmes e foi escolhido hoje (27) representante do Brasil na corrida ao Oscar. O anúncio foi feito pela Academia Brasileira de Cinema. O filme vai concorrer a uma vaga entre os cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro do próximo ano.

O filme é baseado no livro A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha, e conta a história das irmãs Gusmão, Eurídice e Guida. Eurídice é uma jovem talentosa e introvertida. Guida é o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor. O filme estreia nos cinemas brasileiros no dia 31 de outubro.

Fernanda Montenegro e Carol Duarte dividem o papel de Eurídice, enquanto Julia Stockler interpreta Guida.

A última vez que o Brasil concorreu nessa categoria foi em 1999, com Central do Brasil, de Walter Salles, filme que também contava com a participação da atriz Fernanda Montenegro, que foi inclusive indicada ao Oscar de melhor atriz naquele ano.

A Vida Invisível foi selecionado por uma comissão formada pela Academia Brasileira de Cinema, composta, entre outros, pelos cineastas Anna Muylaert e Zelito Viana; o idealizador do festival É Tudo Verdade, Amir Labaki; e a diretora de programação do festival do Festival do Rio, Ilda Santiago; entre outros.

O anúncio dos filmes estrangeiros finalistas ao Oscar será no dia 13 de janeiro. A cerimônia do Oscar está agendada para o dia 9 de fevereiro.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DA ASSEMBLEIA VISITA PRESÍDIO DE PARNAMIRIM

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte visitou, na tarde desta segunda-feira (26), a Penitenciária Estadual de Parnamirim. Depois de receber algumas denúncias de maus tratos e práticas irregulares, os Deputados Ubaldo Fernandes (PL), Isolda Dantas (PT) e assessores do Deputado Sandro Pimentel (PSOL) foram averiguar as condições dos apenados.

Os parlamentares foram recebidos pelo secretário de estado de Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, pela coordenadora executiva do Sistema Prisional do RN, Maria Roberiana Ferreira e pelo diretor da penitenciária, Adailton Oliveira.

“Encontamos algumas situações que nos chamaram a atenção, especialmente relacionadas à alimentação e a problemas de saúde. Mas, no geral, o presídio é bem disciplinado e funciona adequadamente”, disse Ubaldo Fernandes.

O deputado ouviu do secretário que as observações feitas pelos parlamentares serão revistas e foi acertada uma nova visita a Penitenciária para breve. “Combinamos novas visitas a outros presídios para continuar acompanhando a situação da população carcerária e dos agentes penitenciários”, reforçou Ubaldo.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BOLSONARO QUER QUE MACRON ‘RETIRE O QUE DISSE’ PARA ANALISAR AJUDA DO G7

Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Presidente da França, Emmanuel Macron, durante Reunião Paralela dos Líderes do G20, sobre Economia Digital em Osaka no Japão – 28/06/2019 (Frederico Mellado/ARG/Flickr)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) condicionou uma eventual análise da ajuda de 20 milhões de euros oferecida pelo G7 para combater as queimadas na Amazônia a um gesto do francês Emmanuel Macron para “retirar os insultos” que o brasileiro reputa a seu colega europeu. “Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras. Daí a gente pode conversar”, disse.

O presidente brasileiro também disse que ele próprio não rejeitou o dinheiro. “Eu falei? Jair Bolsonaro falou?”, questionou  — na noite desta segunda-feira a informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto. “Primeiro, ele [Macron] retira [as declarações]. Depois, ele oferece. Daí eu respondo”, reiterou Bolsonaro. Mais cedo, na segunda, após Macron anunciar a ajuda, Bolsonaro já havia desdenhado da oferta, atacando o francês e colocando sob suspeita interesses de países ricos na região amazônica.

A a relação entre os dois presidentes piorou depois que Bolsonaro comentou, em tom de deboche, a publicação de um seguidor que comparava a beleza da primeira-dama da França, Brigitte Macron, à de Michelle Bolsonaro. “Não humilha cara. Kkkkkkk”, respondeu o presidente. Macron afirmou que o comportamento foi “triste” e “extremamente desrespeitoso” e disse esperar “muito rapidamente” que os brasileiros “tenham um presidente que esteja à altura do cargo”.

Sobre a declaração, Bolsonaro afirmou que não quer levar para o lado pessoal. “Eu não botei aquela foto. Alguém que botou a foto lá e eu falei para ele [o seguidor] não falar besteira. Não quero levar para esse lado. A questão pessoal e familiar eu não me meto, sempre respeito o cara para não entrar nesta área”, disse o presidente brasileiro, antes de deixar a entrevista, irritado.

O Palácio do Planalto informou na noite desta segunda-feira, 26, que rejeitará ajuda de 20 milhões de dólares, equivalente a 83 milhões de reais, prometidos pelo G7. O Planalto não informou o motivo para recusar os valores. O governo tem dito que não há anormalidade nas queimadas e que países europeus tentam fragilizar a soberania do Brasil sobre a floresta.

Por Giovanna Romano / Do Veja.com

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

FUNCIONÁRIA DO MEC QUE ESTAVA DESAPARECIDA É ENCONTRADA MORTA APÓS SER ENFORCADA

Foto: Reprodução/Instagram – Polícia Civil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) encontrou, nesta segunda-feira (26), o corpo da advogada Letícia Sousa Curado Melo, de 26 anos, funcionária terceirizada do Ministério da Educação(MEC).  A vítima foi localizada à beira da DF-250, próximo ao Vale do Amanhecer, em Planaltina. Marinésio dos Santos Olinto, suspeito de cometer o assassinato, foi preso ontem e confessou o crime, levando os policiais até o local onde estava o corpo.

A mulher, de 26 anos, estava desaparecida desde a última sexta-feira. À Universa, Fabricio Augusto Machado, delegado que investiga o caso, disse que a mulher foi morta após aceitar carona do cozinheiro. No caminho, ela teria resistido às investidas sexuais do investigado, que a enforcou até a morte. Na companhia da advogada, ele levou os policiais até o corpo, que estava em uma manilha às margens da estrada, no sentido Vale do Amanhecer.

A polícia chegou até o suspeito após imagens do circuito interno de segurança de uma rua na região do Arapoangas, em Planaltina, registrar o carro dele em frente à parada de ônibus onde a jovem estava. Eles conversam por dez segundos e Letícia entrou no veículo. Depois, ela não foi mais vista.

Segundo o delegado, a principal suspeita é de que Olinto tenha oferecido o serviço de transporte irregular para Letícia e cobrado R$ 5 pelo trajeto até a Esplanada dos Ministérios.

Dentro do veículo, foram encontrados objetos pessoais dela: um celular, relógio, fichário e o carregador do aparelho.

“Antes de encontrarmos o corpo, a delegacia de Planaltina tratava esse caso como sequestro. O suspeito disse que comprou tudo por R$ 150 e apesar das imagens, nega que a jovem teria entrado no carro”, disse o delegado.

Olinto não tem passagens pela polícia, é casado, trabalha como cozinheiro em Planaltina e tem uma filha de 16 anos. Na delegacia, primeiro ele contou que foi levar a filha ao colégio por volta de 7h e, às 9h, foi pra casa da irmã, uma chácara que fica no Vale do Amanhecer, também em Planaltina. O homem não soube explicar pra polícia o que fez durante essas duas horas.

Interrogado novamente pela polícia, Olinto confessou que foi o autor do assassinato de Leticia e ainda admitiu o homicídio de Genir Pereira de Souza, desaparecida em 12 de junho deste ano, em frente ao Condomínio La Font, no Paranoá. Nesse momento, o suspeito está no 31º Distrito Policial prestando depoimento.

Marinésio ficará preso temporariamente por 30 dias. Leticia era casada há oito anos e tinha um filho de três. A Universa, o marido da vítima contou que a família suspeitou que algo estava estranho quando ela não apareceu para almoçar com a mãe, por volta de 12h.

“Ela saiu atrasada de casa e pediu dinheiro para pegar um transporte irregular para chegar a tempo no trabalho. Quando deu 12h, a mãe dela ficou preocupada porque ela não atendia o telefone e nem respondia às mensagens. Minha sogra foi até o prédio do Ministério da Educação e lá descobriu que ela sequer tinha ido trabalhar. Às 15h, o celular já estava desligado”, conta o educador físico Kaio Sousa.

O filho pequeno ainda não sabe da morte da mãe. Segundo Kaio, a família está devastada. “Não sei o que vou fazer. Não durmo há três dias. Ela era uma ótima mãe, uma esposa exemplar. Estamos destruídos”, disse

Universa/Do UOL

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

EM ÁUDIO, POLICIAL AMEAÇA MATAR GOVERNADOR DE MINAS, ROMEU ZEMA

 

Depois agente gravou vídeo se desculpando. Policiais pressionam o executivo a colocar salários em dia e compensar perdas.

Policiais militares pressionam o governo do estado a colocar os salários em dia. Nesse fim de semana um tenente coronel da reserva fez gravações e chegou a ameaçar de morte o governador Romeu Zema (Novo). Primeiro ele gravou um áudio com as ameaças. No dia seguinte, o agente fez um vídeo confirmando ser dele o áudio e dizendo que não iria matar o governador.

O tenente-coronel da reserva se chama Domingos Sávio de Mendonça. “Vão ter que me matar, porque se não me matar eu mato o Romeu Zema, eu mato o Romeu Zema porque a injustiça aí. Eu sou um homem de bem, meus filhos, meu pai e meus irmãos sabem que eu sou um homem de bem. Então eu matarei Romeu Zema”, disse em parte do áudio gravado na última sexta-feira (23).

Por MG2 — Belo Horizonte – g1.globo.com

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BOLSONARO NEGA TER OFENDIDO A PRIMEIRA-DAMA DA FRANÇA : ‘ALGUÉM BOTOU A FOTO LÁ E EU FALEI PARA ELE NÃO FALAR BESTEIRA’

Foto: Antonio Cruz

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que só aceitará discutir o recebimento da  oferta de US$ 20 milhões dos países do G7 para ajudar no combate às queimadas na Amazônia se o presidente da França, Emmanuel Macron , voltar atrás em sua afirmação de que Bolsonaro mentiu para ele e desistir de discutir a internacionalização da floresta.

Nesta segunda-feira, a Secretaria de Comunicação Social (Secom) do Palácio do Planalto havia confirmado oficialmente que o Brasil iria rejeitar a oferta do G7.

— Primeiramente, o senhor Macron tem que retirar os insultos que faz a minha pessoa. Ele me chamou de mentiroso. Depois, pelas informações que eu tive, a nossa soberania está em aberto na Amazônia. Para conversar ou aceitar qualquer coisa com a França, que seja com as melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras — disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada, acrescentando depois: — Primeiro retira, depois oferece, daí eu respondo.

Bolsonaro nega ter ofendido a primeira-dama da frança, Brigitte Macron 

Bolsonaro declarou também que não ofendeu a primeira-dama da França, Brigitte Macron , ao endossar um comentário em sua página no Facebook que zombava dela. O presidente diz que falou para um seguidor seu não “falar besteira” e destacou que não se mete na “questão pessoal”.

O comentário ocorreu em meio a uma discussão pública com Macron, que classificou o gesto de Bolsonaro como “triste”. No último sábado, um internauta postou foto dos casais Macron e Bolsonaro em uma publicação do presidente brasileiro, com a legenda: “Agora entende por que Macron persegue Bolsonaro?”. O perfil do presidente respondeu: “Não humilha cara. Kkkkkkk”.

— Eu não botei aquela foto. Alguém que botou a foto lá e eu falei para ele não falar besteira. Não quero levar para esse lado. Questão pessoal, familiar, eu não me meto. Respeito o cara para não entrar nessa área — disse Bolsonaro nesta terça-feira.

‘Jair Bolsonaro falou?’

Questionado sobre o fato de o Palácio do Planalto ter divulgado a informação de que o governo recusaria o dinheiro, Bolsonaro disse:

— Eu falei isso? Eu falei? Jair Bolsonaro falou?

Ao longo do dia desta segunda-feira, interlocutores do presidente afirmaram que se a oferta feita pelos países ricos fosse condicionada a alguma contrapartida ou exigisse um monitoramento na aplicação de recursos a tendência era pela recusa. No anúncio feito por Macron, parte dos recursos, destinados ao reflorestamento, estava vinculada a um trabalho com ONGs, por exemplo.

No final da tarde desta segunda, após uma reunião no Ministério da Defesa entre Bolsonaro e alguns de seus ministros, o porta-voz Otávio do Rêgo Barros disse que a decisão caberia ao Ministério das Relações Exteriores. Pouco depois, em publicação nas redes sociais, o chanceler Ernesto Araújo — que também participou da reunião  — sinalizou que o governo poderia não aceitar a oferta anunciada pelo presidente francês.

Agência O Globo

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CONGRESSO INSTALA COMISSÃO MISTA SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Imagem: Reprodução

A Comissão Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC), criada em 2008, será instalada hoje (27) à tarde. Diferentemente de outras comissões mistas do Congresso, na CMMC não há tramitação de projetos. A função da comissão é acompanhar, monitorar e, principalmente, fiscalizar as ações do governo na área.

A decisão de instalar a comissão foi anunciada na semana passada pelo presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre. Na ocasião, ele destacou que o colegiado é o espaço adequado para centralizar o debate sobre os incêndios que atingem a Floresta Amazônica. Segundo Alcolumbre, o assunto “merece atenção diferenciada” para que o Congresso apresente ao país e ao mundo “soluções efetivas”.

De acordo com o senador Alessandro Vieira ( Cidadania-SE), que presidirá a comissão, esta primeira reunião deverá ser conduzida pelo membro mais idoso entre aqueles com o maior número de legislaturas no colegiado, no caso o deputado Átila Lins (PP-AM). Além da eleição do presidente, será apresentado um cronograma de trabalho. A expectativa é de que diligências e audiências públicas com ministros e especialistas em meio ambiente estejam na programação nos próximos meses.

Composição

A comissão será formada por até 12 titulares e 12 suplentes de cada Casa. A CMMC também terá um deputado, ainda não definido, como relator. Ele será responsável por elaborar um relatório sobre as atividades da comissão, no fim do ano.

Por Karine Melo /Agência Brasil

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PLENO AUTORIZA TRANSFERÊNCIA DE JÚRI POPULAR DE ACUSADO DE MATAR POLICIAIS PARA NATAL

Foto: Reprodução

Os desembargadores que integram o Pleno do Tribunal de Justiça do RN deferiram pedido formulado pelo Ministério Público Estadual para desaforamento do júri popular do acusado João Batista Ribeiro de Queiroz da comarca de Santa Cruz para a comarca de Natal.

O fato ocorreu no dia 5 de novembro de 2012, vitimando Fernando Quirino do Nascimento e Edmilson Emanoel da Silva

O Ministério Público Estadual noticia que o caso é de uma “progressão criminosa que se iniciou com um roubo armado na cidade de Parnamirim, com outro em São Tomé e culminou com a morte de um Policial Militar e a tentativa de morte de outro agente da lei, que foram emboscados pelos criminosos, alvejados (sendo que um dos criminosos, após ferir o PM, retornou e efetuou mais três disparos contra a vítima que estava desacordada na viatura) e a vítima fatal ainda teve roubado seu celular, a arma, três carregadores de pistola municiados e o colete balístico da corporação”. O fato ocorreu no dia 5 de novembro de 2012, vitimando Fernando Quirino do Nascimento e Edmilson Emanoel da Silva.

O MP argumenta que o acusado “se tornou uma pessoa muito temida em toda região de Santa Cruz e adjacências, uma vez que o crime teve ampla repercussão na cidade”, causando grande perplexidade a forma como os delitos foram praticados e a periculosidade dos acusados.

Decisão

Ao analisar o caso, o relator, desembargador Amaury Moura, observa que o desaforamento é medida excepcional, cabível nas hipóteses elencadas no artigo 427 do Código de Processo Penal, ou seja, quando o interesse da ordem pública o reclamar ou houver dúvida sobre a imparcialidade do júri, ou sobre a segurança pessoal do réu.

“No caso concreto, diante da existência de dúvida sobre a imparcialidade dos jurados, que não guarda qualquer relação com questão de idoneidade ou senso de justiça do corpo de cidadãos que compõem a lista de jurados, muito pelo contrário, mas pelo temor que o acusado impõe às pessoas que conhecem o caso e seus detalhes, de modo que a manutenção do julgamento desse processo no Tribunal do Júri da Comarca de Santa Cruz (ou mesmo em Comarcas muito próximas) traz um risco muito grande ao seu veredito final, pelo que resta justificada a derrogação da competência, máxime quando as razões expostas pelo Ministério Público também são corroboradas pelo Magistrado local, sem oposição da defesa”, destacou o relator.

Assim, o desembargador Amaury Moura reconheceu que estão configuradas as hipóteses que autorizam o desaforamento, sendo acompanhado à unanimidade de votos pelo Pleno.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

ÚNICA BRASILEIRA NO TIRO ESPORTIVO, DÉBORA CAMPOS RECOMEÇA EM LIMA

Reuters/Edgard Garrido/Direitos Reservados

Atleta passou por duas cirurgias no ombro nos últimos 18 meses

Única mulher da equipe brasileira de tiro esportivo nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, Débora Campos é avó há dois meses. O nascimento de Lucca marca nova fase na vida da atleta, que passou por duas cirurgias no ombro nos últimos 18 meses. “Tive rompimento parcial do tendão direito e lesão no manguito rotador do tendão esquerdo. Hoje ainda estou em recuperação, principalmente no lado esquerdo”.

A cirurgia que levou Débora ao paradesporto, porém, foi realizada em 1987. Ainda adolescente, ela foi atropelada em frente à escola onde estudava. Dez meses depois, vítima de uma infecção, teve a perna direita amputada. “Eu era uma adolescente e tive que, de um momento para o outro, trocar os sonhos de menina pela realidade de uma nova vida”.

O primeiro contato com o tiro veio por acaso. “Meu pai trouxe uma espingarda de chumbinho emprestada de um amigo. Eu não saía de casa e ele queria me distrair. E conseguiu. Eu destruí todas as plantas da minha mãe. Me lembro que em um final de semana meu irmão foi lá e nós fizemos até um duelo”, lembra Débora.

Competição oficial

Em 2000, Débora passou por uma cirurgia bariátrica. Só nove anos depois, veio a primeira competição oficial no tiro. Com duas semanas de treinos, foi campeã brasileira. A alegria no esporte, porém, foi afetada por um baque. Seis meses depois do título, ela ficou viúva. “O meu segundo marido e o meu maior incentivador faleceu. E pensei em desistir. Foram os meus técnicos que me mantiveram no esporte.”

No fim de 2010, durante o Campeonato Brasileiro, muitas lembranças e lágrimas. “Foi muito difícil. Quase larguei tudo no meio da prova. Mas, parei, respirei e continuei. É dia a dia. Não tem jeito. Acabei saindo com o vice-campeonato”. Um ano depois, Débora passou a integrar a seleção brasileira.

Terceiro casamento

“As primeiras competições, eu fiz com prótese e competindo de pé. Mas, no início de 2011, tive uma queda e fraturei o fêmur do lado amputado. Foram dois anos para me recuperar. Nesse longo período muitas coisas tinham mudado e acabei seguindo nas competições sempre na cadeira de rodas”.

No meio desse processo de recuperação, Débora conheceu o atual marido, o técnico de futebol Alexandre Romão, um grande incentivador. Com o apoio dele, ela chegou aos Jogos Paralímpicos do Rio, em 2016. “Foi uma experiência de contrastes. É o sonho de qualquer atleta estar lá. Mas, eu queria muito estar na final. Até a metade da prova, estava em quinto lugar. Mas, me desconcentrei em dois tiros e perdi a vaga”, con ta a atleta, que terminou em décimo-terceiro.

O desempenho e as lesões no ombro fizeram com que pensasse novamente em desistir. Mas Débora mudou de ideia – e de casa. Morou nos Estados Unidos, onde manteve a rotina de treinos. Voltou a competir, passou pelas cirurgias nos ombros e chegou ao Parapan de Lima, onde disputa a prova de 25 metros na pistola de ar comprimido nas classes P2 e P3. “Estou muito feliz. É uma nova fase da minha vida e eu quero curtir cada momento”.

Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil  Lima e agenciabrasil.ebc.com.br

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

GOVERNO RN/BB – EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DEVERÁ SER LIBERADO A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA

A governadora Fátima Bezerra assinou na tarde desta segunda-feira, 26, o contrato de renovação da administração da conta única do Estado com a diretoria do Banco do Brasil. A negociação foi feita junto à diretoria executiva nacional da instituição bancária e ficou acordado um valor de R$ 251 milhões para que o banco continue a operar, por mais cinco anos, o pagamento salarial dos servidores – informalmente como venda da folha. O montante será disponibilizado ao Governo em dezembro próximo.

Do valor total, cerca de R$ 102 milhões serão destinados ao pagamento da dívida com o Banco do Brasil referente aos empréstimos consignados deixada pela gestão anterior. Outros R$ 23 milhões são referentes ao valor pro rata do período de janeiro a abril de 2020. Com a finalidade de evitar que o Estado pague pro rata referente ao período de agosto a dezembro de 2019, o valor restante, de R$ 123 milhões, só será recebido em dezembro e contribuirá para o pagamento de salários.

Consignados

A negociação com o Banco do Brasil também tratou de outros benefícios para os servidores, como por exemplo o empréstimo consignado, que deverá ser liberado a partir da próxima semana com uma carência de seis meses, ou seja, o desconto das parcelas só passará a ser debitado para o servidor a partir de fevereiro do próximo ano.

“O desconto dos consignados passará a ser administrado por um sistema que foi totalmente desenvolvido pelos técnicos da Secretaria Estadual de Administração, sem a participação de empresas terceirizadas. E todo o recurso arrecadado será usado para investimentos em tecnologia para o Estado”, disse a secretária de Administração, Virgínia Ferreira.

Estiveram presentes à reunião o gerente geral da agência Banco do Brasil, Araken Rego e membros da diretoria, além dos secretários Aldemir Freire (Planejamento) Carlos Eduardo Xavier (Tributação), Maria Virgínia Ferreira Lopes (Administração) e Raimundo Alves Júnior (Gabinete Civil), além do Procurador-Geral do Estado, Luís Antônio Marinho da Silva, o Controlador-Geral do Estado, Pedro Lopes e a subsecretária do Gabinete Civil, Laíssa Costa.

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

INQUÉRITO DA PF ACUSA MAIA DE CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Deputado nega acusação

O Supremo Tribunal Federal (STF) enviou nesta segunda-feira (26) à Procuradoria Geral da República a conclusão de inquérito da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o vereador Cesar Maia (DEM-RJ), pai do deputado. Ao concluir as investigações, os delegados da PF atribuíram aos dois os crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro pelo recebimento de “vantagens indevidas” da empreiteira Odebrecht.

De acordo com os delegados “há elementos concretos e relevantes” da existência dos crimes investigados”. Após receber o inquérito, o relator do caso, ministro do STF Edson Fachin, enviou a investigação para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que terá 15 dias para decidir se vai oferecer denúncia contra os acusados ou pedirá o arquivamento do inquérito.

Segundo a PF, Rodrigo Maia e Cesar Maia receberam total de “valores indevidos” de R$ 1,6 milhão da Odebrecht nos anos de 2008, 2010, 2011 e 2014. O objetivo dos recebimentos, segundo o inquérito, seria “garantir um canal aberto de comunicação para o exercício de influência”. Os supostos pagamentos foram indicados por ex-diretores da empresa que assinaram acordos de delação premiada.

“Sendo assim, havendo elementos concretos de autoria e materialidade, nas circunstâncias descritas nos tópicos acima, para se atestar que estão presentes indícios suficientes de que o deputado federal Rodrigo Felinto Ibarra Maia e Cesar Epitácio Maia, vereador da cidade do Rio de Janeiro, cometeram o delito de corrupção passiva ao solicitarem e receberem contribuições indevidas nos anos de 2008, 2010, 2011 e 2014″, concluiu a PF.

Defesa

Em nota, Rodrigo Maia disse que todas as doações recebidas em suas campanhas foram feitas dentro da lei. Segundo o deputado, as provas utilizadas pela PF foram baseadas somente nas palavras dos delatores.

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil*  Brasília

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PROPOSTA EM DISCUSSÃO NA CÂMARA QUER ACABAR COM IMPOSTOS FEDERAIS NA VENDA DE PRODUTOS QUE TENHAM MATERIAL RECICLÁVEL NA COMPOSIÇÃO

Imagem: Reprodução

De acordo com o deputado Luizão Goulart, autor do PL 3.776/2019, objetivo é incentivar a coleta seletiva, além de promover justiça fiscal para quem usa insumos, como plásticos e metais recicláveis

Como forma de atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), um projeto de lei (3.776/2019), em discussão na Câmara dos Deputados, quer acabar com a cobrança do PIS/Pasep e da Cofins para empresas que vendem produtos que tenham em sua composição, no mínimo, 80% de materiais recicláveis. A proposta é de autoria do deputado Luizão Goulart (Republicanos-PR).

De acordo com o parlamentar, a objetivo é incentivar a coleta seletiva, além de promover justiça fiscal para quem usa insumos reaproveitáveis, como plásticos e metais. Se aprovado, o PL vai alterar a Lei 10.865, de 30 de abril de 2004, que instituiu as regras de arrecadação dos impostos federais.

“Quem resolver produzir algo a partir de material reciclável paga imposto, pelo menos, duas vezes. Na primeira vez, paga imposto para produzir o produto virgem. Depois, esse produto utilizado poderá ser reciclado. No entanto, quem for usar como matéria-prima esse produto, vai pagar imposto novamente”, critica Goulart.

O PL 3.776/2019 prevê, que após a aprovação da Lei, o governo federal poderá reduzir a exigência de composição mínima para isenção fiscal e, inclusive, diferenciar o percentual de material reciclável obrigatório por produto ou setor. O texto foi apensado a outros dois projetos de mesmo teor – o 6.887/2013 e 2.215/2011 – e aguarda para ser analisado no Plenário da Câmara.

Por: agenciadoradio.com.br

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

GOVERNO DO RN APRESENTA PROJETO DE LEI MOTO LEGAL

Foto: Everton Dantas/Divulgação.

A governadora Fátima Bezerra apresenta, na manhã desta terça-feira (27), às 9h, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o Projeto de Lei Moto Legal, que tem por objetivo incentivar a regularização da transferência de propriedade e do licenciamento de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155cc.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

SÃO JOSÉ DE MIPIBU – KERINHO VOLTA A DIZER QUE É PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO E NÃO TEM “PLANO B”

Imagem cedida por Kerinho

Neste domingo, dia 26, políticos pré-candidatos a prefeito de São José de Mipibu marcaram presença na festa alusiva aos 66 anos do Arsenal Sport Clube. Dentre eles, a ex-prefeita Norma Ferreira, o atual vice-prefeito Zé Figueiredo, ex-presidente do Clube, e o ex-vereador Kerinho.

Na ocasião, percebendo a presença de Kerinho Alves, a ex-prefeita Norma Ferreira reuniu apoiadores do seu projeto político e convidou Kerinho à posar para foto, deixando o ex-vereador na condição de coadjuvante, estratégia utilizada para passar a imagem de que a oposição está unida para enfrentar o vice-prefeito Zé Figueiredo.

Depois de ter percebido o propósito da ex-prefeita Norma, que postou a foto no seu instagram, Kerinho ligou para o Blog e disse que não participa de acordão e não tem “Plano B”.

Norma me convidou para uma foto e não me esquivei. Isso não sinaliza que temos um acordo para fecharmos com o nome que estiver melhor lá na frente, como andam plantando por aí. Não tenho plano B, minha pré-candidatura está nas ruas sendo estimulada por muita gente. Na próxima semana vou me reunir com mais de trinta pré-candidatos ao cargo de vereador, não tem essa de ver quem vai estar melhor lá na frente. Como todo cidadão mipibuense Norma tem o direito de querer ser pré-candidata, é natural, agora ela não se engane porque Kerinho está na boca do povo e não vai abrir para ninguém, não vai ser vice de ninguém. Eu já disse que o único acordo que tenho é com o povo de Mipibu”, esclareceu.

Com um extrato político de três mandatos de vereador, um mandato de presidente da Câmara Municipal, duas tentativas para prefeito de São José de Mipibu e recentemente ter disputado uma cadeira para a Câmara Federal, Kerinho sai na frente se preparando para disputar a Prefeitura Municipal em 2020, quebrando paradigmas e com possibilidades de deixar para trás nomes com tradição na política mipibuense.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

SÃO JOSÉ DE MIPIBU – SECRETARIA DE EDUCAÇÃO RECEBE CUIDADOS DA GESTÃO ARLINDO DANTAS

Depois de ter reformado, ampliado e construído unidades educacionais em todo o município, a gestão do prefeito Arlindo Dantas, por meio da Secretaria Municipal de Obras está reformando e ampliando a Secretaria Municipal de Educação, que passa a oferecer um auditório climatizado com capacidade para acomodar duzentas pessoas. O Auditório Municipal além de contar com acesso separado da Secretaria Municipal, vai estar disponibilizado à população para realização de reuniões, palestras, audiências públicas e qualquer outra finalidade sociocultural.

Além da reforma da Secretaria Municipal de Educação, o governo municipal continua reformando as estradas vicinais do município, como também corrigindo falhas em calçamentos no centro da cidade, que foram danificados com ação das águas das últimas chuvas.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade