Rogério Marinho critica altos impostos enquanto serviços públicos são de baixa qualidade

Enquanto o cidadão paga cada vez mais impostos, o governo não reverte o dinheiro em políticas públicas eficientes. Essa é a avaliação do deputado federal Rogério Marinho (PSDB). O parlamentar faz referência aos sucessivos recordes de arrecadação de impostos registrados pelo Brasil nos últimos anos.

Em janeiro, o país atingiu a marca de R$ 102,579 bilhões em pagamento de tributos e contribuições federais – um feito histórico. Além disso, a cobrança de Imposto de Renda dobrou em dez anos. O valor passou de R$ 44,9 bilhões para R$ 90,7 bilhões. No entanto, a contrapartida em serviços de qualidade para o contribuinte é pequena.

Rogério Marinho aponta deficiências nas áreas de educação, saúde, segurança pública e em obras de infraestrutura. “Temos dificuldades enormes. O recorde de arrecadação tem sido batido praticamente todos os meses. Há muita propaganda, mas pouca efetividade na prestação de ações para a população”, resumiu nesta segunda-feira (27).

O pagamento de R$ 102,579 bilhões em impostos federais foi maior que o registrado em dezembro – R$ 97,166 bilhões, um aumento de 5,57%. A expectativa da Receita Federal é de continuidade da expansão ao longo do ano.

Segundo o deputado, o governo federal não tem aproveitado as oportunidades recorrentes para realizar as reformas estruturantes e necessárias. “O governo tem feito um ajuste nas suas contas preferencialmente pelo aumento da carga. O mundo, a economia e o tempo pedem que as mudanças sejam realizadas, mas elas vêm sendo adiadas.” Para Rogério, a reforma tributária diminuiria a distorção do sistema atual, que penaliza o cidadão.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PROFESSORES DE TODO BRASIL VÃO PARAR TRÊS DIAS EM MARÇO

Foto: Divulgação.

Os deputados Fátima Bezerra (PT-RN), presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara e Artur Bruno (PT-CE), que integra a subcomissão que trata do piso salarial nacional da Educação nos estados brasileiros elogiaram o reajuste do piso do magistério, anunciado ontem (27) pelo Ministério da Educação (MEC). Com o aumento de 22,22%, o piso nacional passa dos atuais R$ 1.187,08 para R$ 1.451, em 2012.

Os parlamentares, no entanto, cobram dos gestores, o cumprimento da Lei do Piso que foi questionada por governadores na Justiça, mas confirmada pelo Supremo Tribunal Federal, no ano passado.

“O reajuste do piso definido pelo Ministério da Educação está amparado no artigo 5º da Lei 11.732, e o pagamento tem que ser cumprido. As dificuldades orçamentárias alegadas pelos entes federados para pagar o valor estipulado pela lei não podem servir de pretexto para desrespeitá-la e prejudicar os professores, até porque a lei prevê que a União complemente o pagamento em alguns casos”, argumentou Fátima Bezerra.

Para Artur Bruno, a lei é clara e há recursos suficientes para o pagamento do piso nacional do magistério, calculado, segundo o MEC, com base no crescimento do valor mínimo por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) entre 2011 e 2012.

“Qualquer gestor que necessitar da complementação de recursos, poderá buscar junto ao governo federal, desde que a gestão seja transparente e mostre a real necessidade dos recursos. O governo da presidenta Dilma tem demonstrado o compromisso de recuperar o piso salarial do magistério”, destacou o petista.

Fátima Bezerra ressaltou ainda, o esforço dos deputados do PT para “garantir” um reajuste maior para o magistério, tendo em vista recurso apresentado à Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, onde tramita projeto de lei que altera o parâmetro de correção do piso para a variação da inflação.

“Se não tivéssemos apresentado o recurso, com a assinatura de 50 deputados, entre eles muitos do Partido dos Trabalhadores, o reajuste do piso nacional do magistério não seria de 22,22%, mas de 6%, no máximo. Temos ainda que agradecer a sensibilidade, o compromisso e a firmeza do ministro Aloízio Mercadante por reafirmar um reajuste superior aos professores de todo o país”, afirmou a parlamentar.

Fátima Bezerra e Artur Bruno apoiam a mobilização da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) para uma paralisação nacional da categoria nos dias 14,15 e 16 de março com o objetivo de cobrar o cumprimento da Lei do Piso.

“A mobilização dos professores é fundamental para denunciar os gestores que insistem no descumprimento da Lei do Piso. Além da sociedade, o Tribunal de Contas dos estados e municípios, as Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas e o Poder Judiciário devem estar atentos e denunciar os maus gestores, que dependendo da gravidade da situação, podem ser denunciados por improbidade administrativa”, explicou Artur Bruno.

 

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

HOTELEIROS RECORREM AO LÍDER DO PMDB E PEDEM AO IBAMA SOLUÇÃO PARA A VIA COSTEIRA

Foto: Assessoria.

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, intermediou nesta terça-feira (28), em Brasília, um encontro entre empresários da Via Costeira, em Natal, e a direção geral do IBAMA. Os empresários buscam um acordo na justiça, com o aval do órgão ambiental, que possibilite a retomada das obras do hotel da BRA, com um andar a menos do que a construção atual, além da licença ambiental para a construção de seis novos hotéis.

“As licenças estão emperradas na SEMURB por falta de segurança jurídica em função do embargo de outras obras já licenciadas”, declarou o presidente da ABIH Nacional, Henrico Fermo. O representante da indústria hoteleira ainda queixou-se de multas aplicadas pelo IBAMA em dez dos onze hotéis da Via Costeira no valor de até R$ 300 mil por empreendimento.

 

O deputado Henrique Alves defendeu o consenso entre os órgãos ambientais e alinhamento entre a superintendência local e a direção do IBAMA em Brasília. “Precisamos desse entendimento em nome da nossa economia e do turismo”, disse o líder, lembrado da necessidade das obras para Natal, uma das cedes da Copa do Mundo de 2014.

Todos os órgãos ambientais do Estado, exceto a Superintendência Regional do IBAMA, segundo os hoteleiros, estariam de acordo com a regulamentação definitiva da Zona Especial de Interesse Turístico da Via Costeira com seis novos empreendimentos, além dos onze já existentes. Os demais espaços livres seriam preservados e utilizados como áreas de belvedere. A legislação ainda determina a construção de livre acesso à praia entre todos os equipamentos.

 

Por causa do recuo do IBAMA, que considera a Via Costeira Área de Proteção Permanente (APP), uma audiência de conciliação, marcada para 14 de fevereiro passado na Justiça Federal, em Natal, foi cancelada. A insegurança jurídica levou os empresários a recorrerem ao IBAMA em Brasília.

 

O Presidente Interino do IBAMA, Fernando Marques, acompanhado de um procurador do órgão se comprometeu em estudar o impasse e buscar uma saída para o problema ainda ao longo do mês de março.

Assessoria.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

DELEGADO ROBSON CARVALHO – O BALUARTE DA SEGURANÇA PÚBLICA MIPIBUENSE FOI EMBORA

A sociedade mipibuense foi tomada de surpresa nesta terça-feira, 28 de fevereiro, com a notícia da transferência do delegado de Polícia Civil, Robson Coelho. Portaria neste sentido foi publicada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

Dr. Robson vai para o município de Tibau do Sul, acumular a delegacia local com a da Praia da Pipa. Continua respondendo pelas DPs de Arêz e Senador Georgino Avelino.

Atuante policial, Dr. Robson organizou a Delegacia mipibuense, tornando-a a mais asseada, organizada do Estado, dando rapidez nos processos entulhados há anos. no dizer do próprio delegado, sem falsa modéstia, sendo fiel aos fatos. Isso á custa do sacrifício dos finais de semana, lazer com a família, trabalho entrando pelas madrugadas e de um trabalho articulado com sua diminuta equipe de trabalho. Era membro atuante do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública de São José de Mipibu. Vinha combatendo a criminalidade com eficiência e determinação neste 1 ano e 7 meses de presença firme e atuante na cidade, onde deixa uma legião de amigos.

A notícia ainda é nova e muita gente ainda vai reagir quando souber do fato. Dr. Robson vai fazer muita falta. Logo mais à noite, durante a leitura da Mensagem do Poder Executivo na Câmara Municipal será prestada homenagem ao policial pelo GGI, Câmara e Prefeitura Municipal.

A Secretaria alegou, para a transferência, a necessidade do trabalho do delegado para organizar as delegacias para onde está sendo transferido. Para o lugar dele vem o delegado Egídio Tavares. O vice-prefeito Arízio Fernandes já agendou reunião do Grupo de Trabalho Operacional -GTO do GGI para a próxima segunda-feira.

Por João Maria Freire.

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

Carlos Eduardo não aceita ser vice de Wilma

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, presidente estadual do PDT e pré-candidato do partido a chefe do executivo municipal nas eleições deste ano afastou a possibilidade de ser candidato a vice numa chapa encabeçada pela ex-governadora e presidente do PSB, Wilma de Faria, conforme propôs a pré-candidata do PSB em entrevista exclusiva concedida ao Jornal de Hoje neste final de semana.

“Não, obrigado. Nós estamos pré-candidatos e em vias de transformar essa pré-candidatura em uma candidatura, baseado em que já foram divulgadas 18 pesquisas, desde novembro de 2010 até agora, e, em todas elas, há um desejo do povo, nos dando um primeiro lugar absoluto, nos convocando para a luta e para a vitória. Então, eu agradeço a lembrança, mas eu sou é candidato a prefeito”, disse Carlos Eduardo.Segundo Carlos Eduardo, “é muito honroso ser vice-prefeito, mas, para mim, esse tempo já passou”, afirmou, “haja vista”, disse ele, “a maioria dos eleitores e eleitoras nos dando um apoio claro e definido para retornamos à Prefeitura e resgatarmos Natal do caos administrativo da atual gestão”.  

“É muito honroso ser vice-prefeito, mas, para mim, esse tempo já passou”,

Em sua entrevista, Wilma disse que aceita ter Carlos Eduardo como vice, repetindo a chapa vitoriosa de 2000. Naquela oportunidade, Wilma disputou a reeleição à Prefeitura de Natal e Carlos Eduardo, então deputado estadual, foi seu companheiro de chapa.   O Jornal de Hoje

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

Federação da Agricultura alerta sobre o inverno potiguar

Foto: SanjaDjanira

Nesta terça-feira (28) o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), José Álvares Vieira, fez um alerta aos produtores rurais e autoridades públicas com relação ao inverno que deverá começar com força no mês de março.

De acordo com o presidente da Faern, os produtores deverão esperar a consolidação do inverno para poderem fazer os seus plantios de forma correta. “Pedimos que eles também evitem plantar em vazantes de rios e próximos de encostas. Pois o risco de enchentes ainda existe. Também gostaria de solicitar ao Governo do Estado e as prefeituras que limpem os canais e rios que cortam o Rio Grande do Norte. Somente assim poderemos ter um inverno bom para todos”, ressaltou Vieira.

O presidente da Federação da Agricultura lembrou que a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) colheu 220 toneladas de sementes no Estado, no período de junho de 2011 a janeiro deste ano. “Com base em informações repassadas pela Emparn, até o dia 08 a entidade havia implantado uma área de aproximadamente 67 hectares destinada à produção de sementes certificadas, sendo 48 hectares em Alto do Rodrigues (12 de feijão BRS Potiguar e 36 de milho BR 5037 Cruzeta) e 19  de milho Potiguar em Ipanguaçu. Em Apodi já estão sendo plantados 15 hectares com as culturas de feijão, milho e sorgo com irrigação. Esperamos que esses bons números continuem”, resumiu Vieira.

Aberta aos produtores

O presidente da Faern aproveitou a oportunidade e afirmou que a Instituição está aberta para ouvir os pleitos dos produtores rurais potiguares. “Estamos abertos aos produtores. Queremos ser o canal de intermédio entre as autoridades governamentais e os nossos produtores rurais”, finalizou José Vieira.


Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

Conterrâneo homenageia Dom Jaime Vieira

Foto: Alex Régis

O Blog recebeu nesta segunda-feira, 27/02, uma carta de um amigo de infância de Dom Jaime Vieira Rocha, Arcebispo de Natal.

 Cidoka de Aprígio é tangaraense e mora em Manaus/AM

Hoje é um dia especial para todos nós que somos tangaraenses e também para aqueles que não tiveram culpa de escolher um lugar para nascer mas ao nascerem tiveram a opção e a vontade de escolher um lugar para viver e com muita sabedoria e bom gosto escolheram a nossa querida,acolhedora e hospitaleira Tangará. A partir de hoje, 26 de Fevereiro de 2012 a maior autoridade da religião católica do Rio Grande Norte é simplesmente um filho ilustre de Tangará. Trata-se de DOM JAIME VIEIRA que toma posse hoje na catedral de Natal para a partir de então ser o novo ARCEBISPO do Rio Grande do Norte. Cá de muito longe geograficamente da minha cidade eu fico imaginando o quanto a família VIEIRA de Tangará está feliz e satisfeita vendo o DOM JAIME assumindo o comando católico religioso do nosso estado.

Tamanha felicidade,orgulho,honra e satisfação também estão sentindo lá no céu os seus pais ” SEU ZÉ VIEIRA E DONA NINÍ “ por também estarem vendo o seu filho ilustre assumindo este cargo tão importante na Igreja católica.

Eu também não tenho dúvida que esta felicidade ainda lá no céu se estende até o meu eterno irmão “DOBICO “ que no início dos anos 60 quando ainda adolescentes saiu de Tangará juntamente com então na época apenas “JAIME” para estudarem no seminário São Pedro em Natal cujo objetivo maior de ambos eram de se tornarem padres,o Mano “DOBICO “ ainda estudou durante 8 anos e desistiu, enquanto isso o “JAIME “ Continuou e hoje para o orgulho de todos nós Tangaraenses é um filho ilustre de Tangará que a partir de hoje é ARCEBISPO DA IGREJA CATÓLICA DO RIO GRANDE DO NORTE.

Parabéns DOM JAIME,pela sua simplicidade,parabéns por não esquecer as suas orígens,obrigado por não ter esquecido da família do seu eterno amigo “DOBICO” In Memorian indo em pessoa entregar o tão honroso CONVTE a minha querida mãe “DONA MARIÉ “ para também compartilhar com o senhor, sua família e todos os tangaraenses esta solenidade de sua posse que com certeza irá ficar para sempre na memória de todos os seus conterrâneos.

Manaus,26 de Fevereiro de 2012

Um Abraço de seu Conterrâneo

CIDOKA DE APRÍGIO…

Deixe o seu comentário (4)
Publicidade

Filho de Tangará é empossado como Arcebispo de Natal

Foto: Alex Régis

A Arquidiocese de Natal empossou neste domingo, 26/02, Dom Jaime Vieira Rocha, 64 anos. A celebração aconteceu às 9 horas, na Catedral Metropolitana, contando com a participação de bispos, padres, diáconos, religiosos e centenas de fiéis.

Dom Jaime Vieira Rocha, filho de José Patrício de Melo e Maria Nini Rocha, nasceu aos 30 de março de 1947, na cidade de Tangará-RN.

Cursou:

Filosofia e Teologia, na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo (SP); Ciências Sociais, na UFRN; e atualização para formadores de seminários, em Roma.

Ordenou-se padre em 01 de fevereiro de 1975, em Natal. Foi nomeado bispo de Caicó, em 29 de novembro 1995. A ordenação episcopal aconteceu em 6 de janeiro de 1996, na Basílica de São Pedro, em Roma, pelo Papa João Paulo II. O lema episcopal escolhido por ele é: “Scio cui credidi”, que significa: “Sei em quem acreditei”.

Foi Bispo de Caicó, de 1996 a 2005; e Bispo de Campina Grande, de 2005 a 2011; de 2007 a 2008, acumulou o cargo de Administrador Apostólico de Guarabira-PB. Em 21 de dezembro de 2011, o Papa Bento XVI o nomeou Arcebispo de Natal. Atualmente, Dom Jaime é o Bispo Referencial da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, no Regional Nordeste 2; e, em nível nacional, é membro da Comissão Episcopal para a Amazônia.Fonte: Arquidiocese de Natal

 Dom Jaime sucederá Dom Matias Patrício de Macêdo, que governou a Arquidiocese de Natal por oito anos. 

O chanceler da Arquidiocese padre Júlio Cesar Cavalcante fez a leitura, inicialmente em latim, das “Letras Apostólicas”, a carta redigida pelo papa Bento XVI nomeando Dom Jaime como pastor da Igreja Católica no Rio Grande do Norte. “Como sucessor de Pedro, após ouvir Dom Matias Patrício de Macedo e todo o clero, você Jaime Vieira da Rocha, aprovado e constituído com adornos de muitos dons, eu te nomeio Arcebispo Metropolitano de Natal”, diz o texto do papa Bento XIV.

Foto: Alex Régis

Após a leitura, a passagem do báculo (espécie de cajado) do pastor das mãos do então arcebispo e administrador apostólico Dom Matias Patrício de Macedo para Dom Jaime Vieira selou a entrega do governo da arquidiocese ao seu novo dirigente. “É com muita alegria e esperança, que eu te entrego Jaime, que me sucedeu em Campina Grande agora, aqui, em Natal, que eu te entrego o cajado do pastor. O povo é seu. Assuma a responsabilidade do seu pastoreio”, disse Dom Matias Patrício de Macedo, dando posse definitiva ao sexto arcebispo de Natal.

Em seguida, já na cátedra, foi descerrado o brasão com o lema do seu novo ocupante “Sei em quem acreditei”. Dom Jaime foi saudado pelo padre Edilson Nobre que ressaltou o desafio de evangelizar um mundo cada vez mais urbano, o que exige maior capacidade de articulação. Em seguida, todos os padres seguiram o rito de obediência, beijando a mão do arcebispo. Fonte Tribuna do Norte.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade
Publicidade

NOTA AOS AMIGOS MARCELL BARRETO, KERINHO E LEITORES DO BLOG

Chegou na nossa caixa de comentários um email “destinado” pelo nosso amigo Marcell Barreto, com posicionamento contrário a uma possível união política entre os líderes, Kerinho e Ednaldo Barreto.

Tão logo postamos o comentário, recebemos um segundo email em um outro endereço eletrônico do senhor Marcell Barreto, afirmando não ser de sua autoria o comentário anteriormente postado, como também, não lhe pertence o email enviado inicialmente.

Atendendo ao pedido do amigo Marcell Barreto, que disse ter estado na residência do vereador Kerinho, de quem é amigo, e por ele foi muito bem recebido, retiramos a postagem anteriormente enviada de forma maldosa.

Ao vereador Kerinho, alvo do comentário, igualmente pedimos as  nossas desculpas, ressaltando a sua importância no cenário político mipibuense.

Para que novos episódios de tal natureza não venham acontecer, AVISAMOS que os comentários enviados ao Blog só serão divulgados depois de checarmos por telefone a sua autenticidade. Portanto, pedimos para que os comentários venham acompanhados de um contato telefônico.

Não temos a intenção de criar qualquer tipo de embaraços entre os nossos amigos, políticos e visitantes da nossa página. Desejamos acima de tudo promover o bom relacionamento entre todas as pessoas, independente de qualquer opção partidária.

Mais uma vez me direciono aos amigos, Kerinho e Marcell Barreto, e de uma forma extensiva aos leitores do Blog, com o nosso pedido de compreensão e desculpas pelos fatos acontecidos de forma lamentável.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

Robinson faria – O cravo reagiu

“Eu me sinto magoado. Tive muitas decepções. Com 24 anos de carreira política, todo o capital que consegui acumular, dediquei a Rosalba. Arrisquei mais minha cabeça do que ela”.  

Por mais que negue o ressentimento, o vice-governador Robinson Faria, presidente regional do PSD, deixou transparecer sua mágoa com o “casal”, como ele se refere à governadora Rosalba Ciarlini e seu marido Carlos Augusto Rosado, com quem rompeu no ano passado . Na entrevista que concedeu ao O Poti/Diário de Natal, Robinson disse que sua amizade com o senador José Agripino foi cortada, criticou a inexistência de projetos do governo – “O único projeto do governo é a reeleição de Rosalba” – , a situação precária da população em termos de saúde e segurança e disse que o seu partido, organizado em 132 municípios do RN, disputará as eleições deste ano em, pelo menos, 50 cidades potiguares.

Veja a entrevista na íntegra:

Quais as perspectivas do PSD para as eleições de 2012?
O PSD está organizado em 132 municípios, com diretórios formados. É lógico que não vamos ter candidatos a prefeito em todas essas cidades. O número preciso de candidatos a prefeito eu não tenho. Mas acredito que disputaremos a prefeitura em mais de 50 cidades. Em outras situações, teremos candidatos a vice-prefeito e formações da chapa proporcional. Temos uma capilaridade muito boa. O PSD está espalhado em todas as regiões do estado.

O partido poderá indicar o vice numa chapa encabeçada pela ex-governadora Wilma de Faria?
Não tem nada definido ainda no quesito apoio. Até porque não teria como definir sem consultar o partido. Eu tenho que reunir os deputados estaduais José Dias e Gesane Marinho, o deputado federal Fábio Faria, o diretório, antes de ter uma definição. Será uma decisão coletiva. Mas na conversa que teve individualmente comigo, Wilma cogitou a possibilidade de o PSD indicar o vice dela, caso venha a apoia-la na disputa pela prefeitura de Natal.

O senhor também conversa com o PT e com o ex-prefeito Carlos Eduardo?
Como sou presidente estadual do partido, eu tenho sido procurado por todos os pré-candidatos a prefeito de Natal. O PSD é um partido que tem o vice-governador, um deputado federal, dois deputados estaduais bem votados em Natal e que são bons parlamentares. José Dias é muito atuante, Gesane tem uma votação muito boa na cidade. Além disso, o PSD, tudo indica, terá o terceiro maior tempo de televisão do Brasil, pois tem 57 deputados federais. Com isso, o partido fica sendo muito cortejado. O tempo de TV vai valer ouro na campanha de Natal e Mossoró. A eleição na capital é feita praticamente na televisão, com pouca força dos comícios. O deputado estadual Agnelo Alves (PDT) já acenou para uma aproximação com o PSD em Natal. Também já tive reuniões com o deputado estadual Fernando Mineiro (PT). Os dois também buscam o PSD. A todos eles eu disse que ainda não tenho uma resposta. Não vou responder pela minha simpatia pessoal. A definição será do grupo.

O senhor acredita na possibilidade de união da oposição em Natal?
Não cabe a mim essa decisão. Eles estão se encontrando entre si. Já ouve encontro de Wilma com Carlos Eduardo. Já existiram conversas de Fátima Bezerra, Mineiro e Wilma. Então, não posso me antecipar e escolher um candidato que amanhã possa até não ser mais candidato e vir a apoiar outro. Meu desejo era que as oposições seguissem unidas já no primeiro turno. Mas acho muito difícil. Gostaria que lançássemos uma chapa forte na primeira etapa. Mas, os sinais não indicam este sentido.

Quais seriam os nomes para representar a chapa forte de oposição?
É difícil responder. Até agora, Wilma não lançou-se candidata. Ela própria já adiou várias vezes o lançamento do seu nome. Ela é um nome forte, assim como também o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Mas, as pesquisas mostram que 80% dos natalenses ainda não escolheram seus candidatos a prefeito de Natal. Então, fica difícil dizer quem é mais forte quando o eleitor ainda não se interessou por escolher seu candidato a prefeito.

Quais os nomes que o PSD tem hoje para oferecer como vice na formação de uma chapa?
Qualquer nome, menos o meu. Eu não pretendo ser, pois já sou vice-governador do estado. Mas, tem Fábio, Gesane, José Dias, que são nomes que estão aí. Eles não externaram desejo de integrar a chapa. Mas são lembrados pelos pré-candidatos. São nomes com credibilidade. Fábio tem a simpatia dos jovens. José Dias é experiente, com sete mandatos. Já Gesane é uma mulher de força, uma novidade. Nunca falei com eles sobre isso. Mas os pré-candidatos veem neles essas características.

O senhor aceitaria trocar a vice-governadoria pela vice-prefeitura?
Não vejo razão para isso, pois entrei com capital político-eleitoral para ser vice-governador. Fui um vice eleito. Não seria correto com o eleitor que votou na governadora Rosalba Ciarlini (DEM), em grande parte por eu ser vice dela, eu abrir mão do cargo para ser candidato a vice-prefeito de Natal só por causa da contingência política.

Como é sua relação com Rosalba hoje, após o rompimento?
Não tenho atuação no governo. Nunca fui procurado por ninguém do governo até hoje para, sequer, dar uma mera opinião. Então, não há relação nenhuma. Mas, sou consciente das minhas obrigações, da liturgia do cargo que ocupo. Dou expediente normalmente como vice-governador do estado. Estou à disposição do estado, independente da questão política. Politicamente, não tenho mais nenhuma ligação com o grupo da governadora Rosalba Ciarlini.

Qual a estrutura da vice-governadoria?
É mínima. Vereadores do interior talvez tenham maior estrutura do que o gabinete do vice-governador. Tem em torno de seis cargos comissionados apenas. Por sinal, nem estão preenchidos todos, porque eu era secretário de Recursos Hídricos e, com a dificuldade que o estado tinha para a contratação de pessoal, fui o primeiro a dar o exemplo e não preencher todos os cargos, nem no gabinete da vice-governadoria nem na secretaria.

O seu último projeto como deputado estadual foi a criação do “Cidadão sem Fome”, que visava a educação fiscal e a assistência às famílias carentes. Hoje, o programa não funciona mais. O governo sequer pagou o que devia ao fornecedor. Isso se deve às dificuldades do governo ou à falta de vontade política?
Eu não tenho informações de dificuldades financeiras. Já foram publicadas várias matérias na imprensa mostrando que o estado teve superávit de arrecadação. Só de ICMS o estado arrecadou R$ 1 bilhão a mais em 2011 em relação a 2010. E agora mesmo teve um novo recorde de arrecadação. Então, acredito que seja mesmo a má vontade, por ser um projeto que tem o rosto do vice-governador, que na época era deputado estadual. É muito vinculado a mim esse “Cidadão sem Fome”. Acredito que por isso o governo está deixando acabar. É uma decisão política deles.

De forma geral, qual a avaliação que o senhor faz sobre o governo Rosalba Ciarlini até agora?

Eu discordo com a avaliação que a governadora faz do período em que passou à frente do Estado. Ela fala em três vertentes e eu discordo que, como gestora, ela queira capitalizar esses três aspectos para seu governo. A primeira delas é a energia eólica. Toda a energia eólica do estado é gerada por empresas com 100% do capital privado. Vinham ocorrendo investimentos muito antes de ela ser governadora. A energia eólica ocorre por uma contingência da natureza. Nós temos o melhor vento do mundo para a energia eólica. É uma contingência ambiental, sem participação nenhuma do poder público. Basta o estado não atrapalhar que vai dar certo. Não pode ser colocada numa mesa como meta do estado, pois não existe participação, financiamento nem parceria. Só existe a licença ambiental, que a sociedade espera ser feita com transparência e agilidade. Não é uma conquista do atual governo. Outro ponto é o aeroporto de São Gonçalo do Amarante. A presidente Dilma Rousseff (PT) esteve aqui e deixou claro quem foram os protagonistas da conquista. Isso quem disse foi Dilma, que era chefe da Casa Civil no governo Lula (PT) e acompanhou tudo de perto. Ela agradeceu a quem deveria agradecer. Acho até que o atual governo não deveria nem falar nisso, pois o dever do governo, que é fazer as obras de acesso, não está sendo cumprido. Não foi feito nada até agora. O aeroporto que está lá foi todo feito pelo exército, pelo governo federal. Portanto, não pode ser citado como uma conquista do atual governo. E o terceiro ponto é a Copa do Mundo de 2014. Natal já era sede da Copa antes de o governo assumir. Também não pode ser colocado como uma conquista do atual governo. É um discurso fantasioso.

O governo argumenta que Natal estava quase sendo excluída da Copa e, por iniciativa de Rosalba, conseguiu manter a cidade como sede. O senhor concorda?
É um jogo de palavras. Ela fez. Deu continuidade. Mas Natal já estava definida como sede pela situação geográfica e pela estrutura para o turismo. A cidade de Natal tem um apelo muito forte.

Mas, agora eu pergunto: e as obras de mobilidade de responsabilidade do estado para a Copa do Mundo? Nenhuma foi feita. Então veja que o estado está atrasado. Não vejo nenhum sinal da conclusão do prolongamento da Prudente de Morais, do início das obras da Roberto Freire. Não acho positivo o governo estar falando em Copa como conquista.

Tirando esses três pontos que o governo coloca como principais do seu primeiro ano, que saldo o senhor tira?
Vamos para o real, que são as políticas públicas do governo do estado: segurança, saúde, educação. Na segurança, acho que o governo escolheu muito bem sua equipe. Tem bons projetos, boas ideias, inclusive um dos projetos que foi ideia minha: o ronda do quarteirão, que mudaram o nome para ronda cidadã. Mas, no orçamento de 2012, aprovado pela Assembleia Legislativa, não há dinheiro para a segurança. Então como podemos ter políticas públicas para a segurança se o orçamento do estado não contempla? Como o governo fala em segurança e não destina dinheiro para a área? Por isso, está o caos. Tem uma equipe bem intencionada, mas não há estrutura, prioridade. Não há política pública para a segurança do Rio Grande do Norte. Está um absurdo o aumento da insegurança tanto na capital quanto no interior. Nunca o estado esteve tão vulnerável neste quesito. Na saúde, todo mundo imaginava um avanço muito grande por termos uma governadora médica pediatra. No entanto, a saúde está muito mal. Os hospitais regionais estão sucateados. Estão sem material, medicamentos e até insumos básicos. Estão todos funcionando de forma precária. Isso incha em Natal o Hospital Walfredo Gurgel. Os hospitais regionais deveriam atender a média complexidade. Mas, mal atendem à baixa complexidade, o que dirá a média.

A governadora anunciou que pretende construir novos hospitais. Seria a solução?

Não adianta fazer novos hospitais se os atuais não estão funcionando. Então a saúde caiu muito. Isso é o que o povo diz em todos os cantos do estado. Não há funcionamento da máquina pública. Os serviços pioraram. Até os mais básicos. O programa do leite, um sucesso há 20 anos, praticamente não existe mais.

Não adianta fazer novos hospitais se os atuais não estão funcionando.

Na mensagem que leu na Assembleia Legislativa, a governadora prometeu investimentos para este ano…

É surreal ela falar em investimentos na Assembleia Legislativa, porque não conheço os projetos do atual governo. O único projeto que conheço do atual governo é o da reeleição da governadora. É o mais claro que até agora você consegue ver. O projeto é muito mais político do que administrativo.

Mas então porque o senhor aceitou fazer parte de uma chapa que não tinha um projeto para o Rio Grande do Norte?

O plano existia, mas foi abandonado. A secretaria estadual de Recursos Hídricos foi um exemplo. Montei uma equipe de excelência. Entreguei à governadora um plano de metas para quatro anos de governo, com obras importantes para o estado e projetos audaciosos. Ela nunca demonstrou boa vontade. Esse foi um dos motivos que me fez perceber que não existia uma relação de parceria comigo.

Mas, quando vocês eram candidatos, não existia um plano prévio do que a chapa pretendia fazer pelo estado?

Existia um mini-projeto. Acredito que o governador, quando se elege, tem pelo menos três meses para fazer um projeto muito mais detalhado, porque até então não tem dados de como vai receber o governo. Ele tem até a sua posse para montar seus projetos. Quem fez isso muito bem foi Aécio Neves, em Minas Gerais, e Eduardo Campos, em Pernambuco, considerados os melhores governos do país. Eu sugeri a contratação da mesma empresa de consultoria que eles contrataram, do professor Falconi, para no dia da posse o governo já saber o que fazer. Essa transição seria o grande momento de planejamento para Rosalba Ciarlini, mas não fui ouvido.

O senhor acha que o povo está cansado desse discurso de “herança maldita”?

Eu acho até que ela tem que dizer a verdade. Não vou culpá-la por isso. Todo governador tem que dar transparência ao que encontrou. Ela tinha que contar ao estado o governo que ela encontrou. Mas, o povo não queria só isso. O povo tinha uma expectativa de que ela, como tinha uma imagem de boa prefeita, fosse uma boa governadora. Mas, faltou ao governo planejamento, processos. O governo teve três ou quatro meses para se planejar e não o fez. Acho que pecou também quando não dialogou com os servidores. Não dialoga até hoje. Tem que dialogar. O estado é de todos. Ficou um governo travado, sem diálogo. Isso prejudicou muito. O que também prejudicou foi essa obsessão dela pela reeleição, com muita ansiedade. Isso está prejudicando bastante.

O senhor vê no senador José Agripino o principal responsável por sua saída do governo?

Antes de Agripino iniciar essa trajetória que ele resolveu liderar para me tirar do governo do estado, eu já tinha a decisão tomada de entregar a secretaria. Não seria um rompimento. Iria entregar porque cheguei com muitos sonhos, de fazer um governo a quatro mãos, para dividir o sucesso ou insucesso do governo. Minha intenção com Rosalba era tão leal quanto a do seu marido. Minha expectativa era que minha carreira política subisse junto com ela. Mas, vi que todos os pleitos que eu levava não tinham resposta. Depois, no empréstimo do Banco Mundial, tinha áreas que contemplavam minha secretaria e a Caern, mas deixaram de fora. Foi uma demonstração de muita má vontade. Depois, no orçamento, o governo cortou 70% dos recursos da minha secretaria. Eu iria ficar de figura decorativa do governo. Lá na frente, eu seria cobrado como secretário incompetente. Isso era demonstração clara, nítida, com o vice-governador no âmbito administrativo. Na parte política, eu diria que foi a maior ingratidão e injustiça feita com um ser político o que fizeram comigo. O senador José Agripino (DEM) passou um ano me assediando para eu ser o vice de Rosalba. Na minha adesão a Rosalba, levei uma grande chapa proporcional, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Levei grande capital político. Com toda as adversidades que Iberê (Ferreira) enfrentou, ele quase foi para o segundo turno. Se tivesse, era muito difícil ele perder a eleição, pois ele vinha numa curva crescente. No segundo turno, Lula e Dilma viriam para Natal. Provavelmente, eu e Rosalba perderíamos as eleições.

O que foi crucial para o rompimento com Rosalba?

Eu me sinto magoado. Tive muitas decepções. Com 24 anos de carreira política, todo o capital que consegui acumular, dediquei a Rosalba. Arrisquei mais minha cabeça do que ela. Rosalba tinha mais quatro anos de Senado se perdesse. Eu, não. Iria para casa. Quem colocou o pescoço na forca foi Robinson Faria. Confiei que estava entrando para uma nova família, com parceria, cumplicidade. O senador José Agripino, que também se beneficiou da aliança, inexplicavelmente, antes mesmo do PSD, já havia esfriado comigo. Disseram-me que era por causa do espaço que tinha sido concedido a mim dentro do governo. Quando fundei o PSD, ele encontrou o que mais queria: a justificativa para enfrentar o vice-governador. O PSD surgiu do entendimento meu, com a governadora e Carlos Augusto.Eles me incentivaram a buscar o partido. Não foi ato de rebeldia nem de independência. Entendia que o PSD era importante para nos fortalecer para o futuro. Mas, o senador José Agripino, com o mandato de oito anos, começou uma campanha sórdida contra minha presença no governo, dizendo que eu queria tutelar a governadora. Ele esqueceu que, antes de se eleger, precisou do meu apoio. O protagonista da ingratidão, da injustiça, foi José Agripino. Depois, teve concordância da governadora e do seu marido, Carlos Augusto, que é seu mentor político. Aí começou o boicote administrativo ao vice-governador e político ao PSD. Então, me senti na obrigação de romper para não perder minha dignidade. Eu estava diante de pessoas que me usaram para chegar à vitória e depois tentaram me sangrar para tentar esvair o capital político que levei para eles.

José Agripino e Carlos Augusto conseguiram destruir o capital político que o senhor diz ter doado à campanha de Rosalba, cooptando liderados do seu grupo?

Isso o tempo dirá. Não sou eu quem vai dizer. Mas, a opinião pública mostrará. Eu acredito que, com esse comportamento que tiveram comigo, eu saí derrotado agora. Mas, não sairei derrotado no julgamento popular. Eu fui coerente, amigo e leal. Mas, depois fui descartado. Fui obrigado a sair pelos meus princípios. Tive a coragem de não me submeter a um grupo que estava querendo acabar com o que eu tinha de mais importante, que era uma história de coerência, de defesa das minhas bases. Achei melhor sair do que estar num governo que maltrata as pessoas que eu levei para votar em Rosalba. Os prefeitos ligados a mim estavam sendo boicotados por serem ligados a mim. Isso tudo foi uma trama feita por José Agripino e pelo casal contra mim. Teve a colaboração de outros protagonistas que se somaram para tentar destruir minha carreira. Até hoje me pergunto o motivo dessas pessoas terem se unido contra mim. Será que era por causa da vaga de senador em 2014? Eu nunca pedi. Muito pelo contrário.

Como fica a situação da deputada estadual GesaneMarinho, que pertence ao PSD mas é aliada da governadora Rosalba Ciarlini?

Eu não proibi apoio ao governo Rosalba. Não fiz nenhuma proibição a ninguém ligado a mim. Nem aos prefeitos, nem a deputados, nenhuma liderança. Até porque eles votaram nela ao meu pedido. Não vou exigir esse sacrifício. Eu tenho uma posição minha. Mas, cada um tem seu livre arbítrio. Minha posição é clara de oposição, devido à injustiça. Esse grupo para mim faz parte do passado. Foi a pior experiência que vivi na vida pública. A deputada Gesane Marinho tem o livre arbítrio dela. Eu estou numa posição agora que só quero quem me quer. Só quero que caminhe junto comigo quem estiver à vontade e faça de forma espontânea, não por obrigação. Isso não inibe minha vida política. O tempo é o senhor da razão. O que ocorreu em 2010 e 2011 terá conseqüências no futuro. A história mostrará quem estava certo.

O senhor pretende ser candidato ao Senado?

Hoje não posso dizer que sim nem que não.

Esses acontecimentos esmoreceram seu desejo de disputar o Senado?

 De forma alguma. Confesso que quando saí de Natal para refletir, pensei. Tive uma overdose de decepções. Parecia que eu estava com um vírus que podia contaminar quem falasse ou estivesse comigo. Eu notei que pessoas que eram da minha convivência diária se afastaram de mim repentinamente. Parecia que eu era um leproso. Mas, com todas essas decepções, falou mais alto uma proteção divina que eu tive. Eu poderia por raiva, ressentimento e decepção, pensar em largar a política. É como você subir numa escada, degrau a degrau. De repente, quando chegar lá em cima, num determinado degrau, recebeu um chute de várias pessoas e sair bolando escada abaixo. Foi isso que ocorreu comigo. Esse grupo se uniu e deu um chute em mim. Vou começar novamente do primeiro degrau. Mas, isso não me esmoreceu. Estou mais motivado ainda. Já superei tudo isso. Hoje, tenho o projeto político de continuar na vida pública. Tenho o legado de pessoas que confiam em mim, pela coerência, amizade, honestidade. Esse legado eles nãoconseguiram destruir.

Mas o senhor pretende ser candidato a senador em 2014?

Vou esperar o que vai resultar dessa minha caminhada. Estou caminhando pelo estado. Estou estabelecendo parcerias em diversas cidades. Tenho procurado cumprir um roteiro. Encontro muita solidariedade aonde chego. Mas, 2014 é 2014. Até lá, vou caminhar. Quando chegar, decidirei junto às bases qual será o destino de Robinson. A certeza que tenho é que serei candidato a algum cargo eletivo.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

EDNALDO BARRETO – EMPRESÁRIO IDEALIZADOR DO SÁBADO DA RESSACA

O empresário Ednaldo Barreto, idealizador do bloco Planeta Coco, trouxe uma novidade para o carnaval de rua de São José de Mipibu. O SÁBADO DA RESSACA.

O bloco mais  concorrido de São José de Mipibu fez a alegria dos foliões no sábado, na terça-feira e em um momento novo, no sábado denominado, SÁBADO DA RESSACA.

No ano de 2011 a apresentação do bloco no SÁBADO DA RESSACA não foi tão concorrido assim, mas na noite de ontem, no SÁBADO DA RESSACA, faltou chão no centro da cidade de São José de Mipibu.

A cidade foi tomada pelos foliões vindos de todas as regiões do Rio Grande do Norte.

Os irmãos empresários, Zé Ivan e Ednaldo Barreto, ficaram orgulhosos com o que se descortinou na noite do SÁBADO DA RESSACA em São José de Mipibu.

O sucesso comprovado do SÁBADO DA RESSACA abre uma página nova no calendário carnavalesco de São José de Mipibu.

A multidão era interminável.

A empresária Magna Barreto arrastou a família para o meio da multidão.

O empresário Antonio Dias e a esposa Maria José, abriram as portas da residência recebendo os amigos e foliões.

Assim como Ednaldo Barreto idealizou o SÁBADO DA RESSACA, comemorado no primeiro sábado após o carnaval, o empresário Antonio Dias criou o sábado do “lava pés”, momento destinado a prática de se receber amigos na porta de casa durante a passagem dos blocos carnavalescos na noite do SÁBADO DA RESSACA.

No meio do povo e no centro da roda, mais uma coreografia do empresário Zé Ivan Barreto.

A empresária do Espaço da Construção, Rosinha Dantas, também foi até embaixo.

o Blog também fez a sua parte.

Dentro ou fora das cordas, todas estavam felizes e motivadas com o sucesso do SÁBADO DA RESSACA.

A expressão de felicidade era visível aos olhos de todos. A juventude vinda de todos os lugares dava um brilho especial ao mega evento carnavalesco.

 A todo momento vinha o pedido para registrar a passagem pelo fenomenal SÁBADO DA RESSACA.

 No meio do povão encontramos o amigo Wilsinho, homem forte do Camarão do Vavá e pré-candidato na vizinha cidade de Nísia Floresta.

Era gente muito bonita por todos os lados.

A Agenaldo Mega Store também marcou presença no carnaval do SÁBADO DA RESSACA em São José de Mipibu.

A simpatia dos foliões era uma marca registrada.

A prefeitável Kátia Cilene também prestigiou o SÁBADO DA RESSACA.

Na companhia de jornalistas, o empresário Ednaldo Barreto mostrava sua felicidade com a ideia que se tornou uma realidade de sucessso, o SÁBADO DA RESSACA.

Em todos os lugares pintava um encontro com os admirdores e seguidores do Blog.

Era sempre um prazer registrar o momento ao lado dos internautas que declaravam admiração pelo nosso trabalho e acessam o nosso Blog.

Sempre muito bem acompanhada, registramos a nossa amiga, Ana Doris, na noite dedicada ao SÁBADO DA RESSACA.

Fabinho também mostrou muita alegria no carnaval de rua de São José de Mipibu.

Mais um flash do  Blog registrando a juventude mipibuense no SÁBADO DA RESSACA.

Só a ideia não é suficiente, uma boa ideia para se tornar realidade precisa ser executada com talento e competência.  E esses atributos sobram no “mestre” João Barreto.

Ao empreendedor Ednaldo Barreto, idealizador do Planeta Coco e do SÁBADO DA RESSACA, deixamos o nosso reconhecimento e agradecimento pelo grande feito, colocando o nosso espaço como base de apoio na execução de novas ideias.

Deixe o seu comentário (2)
Publicidade

CONCURSO DIA DA MULHER 2012

A STVBrasil está promovendo o Concurso Dia da Mulher 2012 e podem participar mulheres de qualquer idade.
 
Para participar, envie uma carta para a STVBrasil, na Rua Cônego Lustosa, 156, Centro, São José de Mipibu, RN, CEP 59162000, contando uma história importante de sua vida .
 
Serão recebidas cartas até as 12 horas do dia 03 de março de 2012 e devem conter o nome completo da autora, um documento de identificação e telefone para contato.
 
A melhor história será publicada no Blog O Mipibuense no Dia da Mulher.
 
Serão sorteados muitos presentes entre as participantes e a vencedora receberá um presente especial.
O concurso conta com apoio do Governo Federal e Comercial Corcino e espera contar com a colaboração do empresariado mipibuense.
Participe! Informações: (84) 32733980.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade
Publicidade

SÃO JOSÉ DE MIPIBU – POLÍTICOS COMENTAM POSSÍVEL DECLARAÇÃO DE ALEXANDRE DANTAS

Foto: Divulgação.

O Blog vem sendo procurado por políticos mipibuense sobre um possível pronunciamento feito pelo empresário Alexandre Dantas, na Fm Olho D’água, no último sábado.

Comenta-se que o filho do ex-prefeito Arlindo Dantas havia declarado que ainda não tem nada acertado sobre a aliança política entre o PMDB e o DEM em São José de Mipibu.

Procuramos entrar em contato com o empresário Alexandre Dantas mas não obtivemos êxito.

Em uma ligação telefônica com o ex-prefeito Arlindo Dantas, fiquei sabenso que Alexandre havia feito uma análise sobre o quadro político mipibuense, e que em um determinado momento da explanação, Alexandre havia sido mal interpretado nas sua colocações.

Arlindo Dantas assegurou que existe o entendimento político com o grupo liderado pelo ex-prefeito Janilson Ferreira, e que a arquiteta Fernanda Moraes é o nome aceito para compor uma possível chapa majoritária na aliança que deverá ser formada entre o PMDB e DEM.

Como o fato coloca algumas dúvidas sobre o conteúdo do possível pronunciamento feito pelo empresário Alexandre Dantas, a divulgação de uma notinha esclarecedora na mídia seria muito bem vinda.

Fica a dica.

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

EDNALDO BARRETO – “O PR PODERÁ TER CHAPA PURO SANGUE”

Agora há pouco conversei com os amigos, Dr. José Mário Pedroza e o empresário Ednado  Barreto.

A convesrsa aconteceu na residência do juiz de Direito, Dr. José Mário Pedroza, grande incentivador da pré-candidatura de Ednaldo Barreto.

O empresário Ednaldo Barreto disse que formar uma aliança política com o PSD do vereador Kerinho é muito importante, mas a composição da chapa precisa ser muito bem avaliada, considerando que  o seu partido, o PR, tem um projeto de mudanças nascido nos anseios da sociedade mipibuense.

Em outras palavras, o que Ednaldo Barreto tenta explicar é que a ideia tem que ser colocada em prática pelo idealizador e não de outra forma, ou seja, a cabeça de chapa tem que ficar com o PR e não com o PSD.

O juiz Dr. José Mário Pedroza concorda com o posicionamento do PR, afirmando que sendo Ednaldo o nome na cabeça de chapa da nova composição, muitas portas se abrirão, além de se ter um discurso progressista e diferenciado do que se vem praticando nas terras do Barão de Mipibu.

Dr. José Mário Pedroza é um homem com larga experiência na política mipibuense e um observador nato com uma linha de entendimento inquestionável no cenário político nacional e regional.

Como eu entendi que ainda não tem nada definido quanto a formação de uma possível chapa envolvendo o PR de Ednaldo e o PSD de Kerinho, perguntei ao empresário mipibuense se o seu partido trabalha com outra possibilidade e Ednaldo Barreto prontamente afirmou que ” o  PR poderá sair com uma chapa puro sangue. Independente de qualquer futura composição política, o PR já tem pré-candidatura posta”.

Concluindo:

Ednaldo Barreto e a turma do PR não têm projeto para vice.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade
Publicidade

CANGUARETAMA – A GRABER ESTÁ CHEGANDO

O prefeito do município de Canguaretama, Wellison Carlos, recebeu a visita do gerente comercial da GRABER, Fábio Avila.

Com mais de três décadas no setor de segurança, a GRABER  atua em âmbito nacional, com foco nos seguintes estados: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Sergipe.

O encontro com o prefeito Wellison Carlos teve como principal objetivo a implantação de um sistema de monitoramento com câmeras espalhadas nos principais pontos críticos da cidade de Canguaretama, principalmente nos locais de difícil acesso, garantindo a segurança da população que circula na área, além de preservar o patrimônio público.

Além das instalações de câmeras no centro da cidade e arredores, a população vai ter a sua disposição veículos e motos com GPS e câmeras móveis, acionadas via atélite, patrulhando a área de cobertura.

A medida que está sendo estudada pelo prefeito Wellison Carlos e que será implantada pela Prefeitura Municipal de Canguaretama, garantirá a segurança do comércio e principalmente da população mais carente.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NÍSIA FLORESTA – PRIORIDADE DE GEORGE É DEIXAR O GOVERNO COM TRÊS MIL CASAS

A Câmara Municipal de Nísia Floresta iniciou o ano legislativo com a leitura anual do prefeito George Ney.

O presidente da Casa, vereador Eugênio Gondim, destacou a importância do bom relacionamento entre o Executivo e oLegislativo, lembrando também a credibilidade conquistada pela Câmara Municipal nos últimos anos.

 No seu pronunciamento, o prefeito George Ney priorizou o encerramento do seu governo com a entrega de três mil casas para o povo carente do município.

Deixe o seu comentário (2)
Publicidade

Fábio Dantas destaca aprovação da Lei da Ficha Limpa

 

Foto: João Gilberto

O deputado Fábio Dantas (PHS), primeiro orador inscrito na sessão plenária esta manhã (23), centrou seu pronunciamento na aprovação, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), da “Lei da Ficha Limpa”, julgada constitucional no dia 16 passado, por maioria de votos no Supremo, tornando-se válida a partir das próximas eleições.

“A aprovação da Lei da Ficha Limpa” demonstra um avanço na legislação eleitoral”, disse o deputado. Fábio Dantas ressaltou que a Lei vai funcionar como uma espécie de cadastro, um “Serasa” e vai servir para orientar à população nas suas escolhas.

Para o deputado, o fato da população estar mais esclarecida hoje do que a vinte anos, provoca nos gestores um maior rigor na aplicação da lei: “Hoje a população denuncia mais e faz com que os gestores não possam errar, do ponto de vista da legalidade e da honestidade”, disse.

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

SÃO JOSÉ DE MIPIBU – Último dia de carnaval

Última noite de carnaval em São José de Mipibu. Na avenida, desfilando para o povo, a  escola de samba Malandros no Samba. Linda escola de samba do nosso amigo Valdir Naval, que ao lado de seu Manoel dos Móveis e componentes, mantém acesa a chama dos grandes carnavais da nossa querida terra.

Foto: José Maria Gonçalves

Este ano a escola de samba Malandros do Samba homenageou o Instituto PIO XII, escola tradicional com grandes serviços prestados na educação mipibuense.

Loudinha Palhano,  diretora do Instituto PIO XII, se sentiu honrada com a homenagem, vestiu a camisa e se fez presente ao lado do esposo Carlos, professores e alunos, desfilando pelas ruas.

A ala das baianas, sempre a mais linda. Todas muito bem vestidas exibiam com harmonia suas roupas e samba no pé.

Cantando com amor, o samba da Escola, ela me emocionou com a sua entrega de corpo e alma na pequena e GRANDE Malandros no Samba.

Com nosso amigo Valdir Naval, ícone da escola de samba mipibuense, saudamos a todos os componentes dos  Malandros do Samba.

 Destacamos agora As Puaras que com muita ousadia desfilam pelas ruas, tendo sempre como porta-bandeira a graça e inrreverência do nosso amigo Abel Isaías de Macedo.

De Minie à boneca, tudo é válido nas Puaras, porque o importante é se divertir.

Sob a maestria do nosso amigo Milton de Vital, As Puaras não perderam a majestade e todos os anos animam com suas “meninas” as ruas de São José de Mipibu.

A tribo de índios Tupi Guarani, desde 1945 fazendo o carnaval de São José de Mipibu.

Sob o comando de seu Graciano, a tribo de índios Tupi Guarani encanta a todos com a sua apresentação.

O Bloco em Cima da Hora com um número muito grande de componentes, na sua maioria do conjunto Tancredo Neves, foi um verdadeiro sucesso.

No Bloco em Cima da Hora em uma manifestação de muita alegria, todos queriam registrar o momento de carnaval.

Sob o comando do secretário de esportes  Dalmo, o Bloco Em Cima da Hora encheu as ruas  de São José de Mipibu com muita animação.

No Bloco em Cima da Hora encontrei o prefeitável Kerinho, acompanhado da esposa Fernanda e do filho.

 Os ocultos também fizeram muito bonito com o seu colorido todo especial.

Planeta Coco em um verdadeiro arrastão de alegria, encerrou a programação do carnaval mipibuense com muita gente bonita dançando na rua.

Academia Corpo e Saúde fazendo a festa no carnaval mipibuense.

 

 Juventude de Laranjeiras do Abdias fazendo bonito no carnaval de São José de Mipibu.

 O povo foi para as ruas e com a sua participação e alegria, fez do nosso carnaval uma grande festa.

No meio do povo encontro o prefeitável Arlindo Dantas e o amigo blogueiro, John Lenon.

♪ Nossa, nossa,  assim você me mata ♪ ♪ Ai, se eu te pego, ai, ai, se eu te pego ♪

 ♪ ♪Delícia, delícia, assim você me mata♪♪ Ai, se eu te pego, ai, ai, se eu te pego ♪♪

♪♪ Sábado na balada, a galera começou a dançar… ♪♪ e passou a menina mais linda, tomei coragem e comecei a falar… ♪♪

♪♪Nossa, nossa, assim você me mata, ai, se eu te pego, aii, ai se eu te pego ♪♪ Delícia, delicia, assim você me mata, ai, se eu te pego♪♪

Estamos chegando ao fim das nossas postagens carnavalescas. Gostaríamos de postar aqui tudo o que vimos de bonito neste carnaval,  muita alegria, muita gente bonita, mas fica aqui o nosso melhor, o melhor de vocês, o melhor do nosso carnaval.

Muito obrigada!

Por Ilma Barros Emerenciano

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

Canguaretama: wellison carlos, o prefeito cara pintada e os foliões

Chegando na praia da Barra do Cunhaú em noite de carnaval, encontrei o prefeito Wellison Carlos, de cara pintada, curtindo o frevo  no meio do povão.

Dona Terezinha, mãe do “prefeito cara pintada”, também entrou a noite no meio da rua ao lado dos foliões.

O carnaval com a participação de todos fez grande diferença em Barra de Cunhaú.

A turma da Livraria Padre Soveral botou quente no carnaval da Barra do Cunhaú.

A juventude bonita e feliz da Barra do Cunhaú fez a diferença.

Enquanto a folia rolava, um multidão se preparava aguardando os shows ao ar livre.

Bailarinas e bailarinos ensaiavam na avenida a largos passos, grandes coreografias

E com leveza e harmonia mostravam toda sua graça no quesito dança

Encontramos também o vereador Carlinhos de cara pintada, muito bem sintonizado ao lado da sua esposa.

Muito bem sentado ao lado de amigos,  prestigiando o carnaval de Barra do Cunhaú o vereador Clóvis Alencar.

O carisma do “prefeito ara pintada” contagiava os foliões.

Orgulhoso com a Guarda Municipal, o prefeito Wellison fez questão de registrar o momento ao lado dos defensores do patrimônio do povo canguaretamense.

Cada metro quadrado na orla da praia da Barra do Cunhaú era disputado pelos animados foliões e veranistas.

E assim, com a apresentação de muitas bandas e a participação do povo, o carnaval na praia da Barra do Cunhaú foi um veradeiro sucesso.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

Carnaval de Magia do Conhecer Educacional

Brincando o carnaval com ética e cidadania, os pequenos foliões do Conhecer Educacional  encheram de encanto as ruas de São José de Mipibu

Na frente abrindo alas para passar, o rei Momo e sua rainha.

A fantasia de uma corda colorida de papel quardava com carinho os mais novos foliões do Conhecer Educacional

♫ Ó abre alas que eu quero passar♫, Ó abre alas que eu quero passar…♫

As mamães corujas também ficaram lindas para o carnaval do Conhecer Educacional

No encanto de uma simples borboleta a grandeza dos sonhos infantis embalados pela fantasia do Conhecer Educacional

Um lindo colorido tomou conta das ruas de São José de Mipibu, com o desfile do Conhecer Educacional

Sob o comando do diretor Clodoaldo Barbosa e os professores do Conhecer Eduacional, a escola busca através do seu lindo desfile resgatar no coração de um povo, a história de grandes carnavais onde era possível sim, se divertir, dançar e cantar ao som de lindas marchinhas.

♫♫ Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, cidade maravilhosa, coração do meu Brasil ♫♫.

No Centro Pastoral o reencontro com o velho “matinée“, horário antes oferecido só para as crianças.

♫♫Ó jardineira porque estás tão triste, mas o que foi que te aconteceu, foi a camélia que caiu do galho, deu dois suspiros e depois morreu...♫♫

E assim, aconteceu o carnaval  do Conhecer Educacional, marcando em cada pequenino mipibuense um momento que será lembrado para sempre.

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

NOVA CRUZ – O ENCONTRO CASUAL COM O EX-PREFEITO CID ARRUDA

No último dia de carnaval, terça-feira, estive na praia da Barra do Cunhaú  e resolvi fazer um lanche com Ilma na Pastelaria Express, um espaço excelente.

Na oportunidade tive a grata satisfação de receber a boa companhia do amigo Cid Arruda, ex-prefeito do município de Nova Cruz.

Falávamos da importância das redes sociais nas próximas eleições municipais, considerando que existe um número muito grande de eleitores que exercem atividades em outras centros urbanos e não acompanham ou acompanhavam o cotidiano dos seus municípios no interior do Rio Grande do Norte.

Com o surgimento dos blogs e outras ferramentas, as informações são levadas para todo esse contigente de forma instantânea, estando o internauta em qualquer parte do mundo.

O Dr. Cid Arruda é tuiteiro de primeira grandeza com um número surpreendente de seguidores.

Por alguns instantes a nossa conversa foi interrompida por um garoto que trazia um pastel para o Dr. Cid Arruda, dizendo ser seu seguidor no twitter.

Na sequência o tio da criança aproximou-se fazendo elogios ao ex-prefeito de Nova Cruz, dizendo que estava morando em São Paulo e que também o segue no twitter.

Surpreso com o efeito da nova ferramenta no âmbito da comunicação rápida, o ex-prefeito Cid Arruda disse que também o segue.

O seguidor do Dr. Cid Arruda fez questão de lembrar que foi o ex-prefeito de Nova Cruz que lhe deu a primeira oportunidade de emprego ainda no começo da sua juventude.

Depois de alguns minutos recebemos a companhia do colega professor e blogueiro, Francisco Galvão, que registrou o momento do nosso encontro.

A boa conversa se estendeu quando fomos brindados com a presença do amigo, Teo Tomaz, secretário municipal do Desenvolvimento Econômico do município de Goianinha, o homem que assessora o prefeito Júnior Rocha na criação do polo industrial do município.

Teo falou do potencial de desenvolvimento do município de Goianinha, destacando a criação do Polo Industrial, que alavancará a economia do município e regiões vizinhas. O secretário Teo tomaz também exerce atividade empresarial na região.

No finalzinho da tarde  nos despedimos dos amigos e retornamos para São José de Mipibu.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NÍSIA FLORESTA – TODOS NO BARRETA GAY

O carnaval do litoral de Nisia Floresta promove na segunda carnavalesca o “Barreta Gay”.

A concentração acontece na praia de Barreta, onde homens ditos “machos” e os não muito machos assim, se vestem com endumentária feminina, largam as esposas e se mostram para os homens. É o Barreta Gay.

Na residência do amigo Cícero Dias, encontramos alguns amigos simpatizantes do Barreta Gay, que registraram o momento na companhia do ex-prefeito Janilson Ferreira, ex vice-prefeito Manoelzinho, Cássia Ferreira e o anfitrião, Cícero Dias.

Registramos a versatilidade da moda atual, com destaque para o vestido na cor vermelha, estilo mulher fatal em total contraste com as saias menina-moça na cor rosa pink. Bastante original!

Por todos os lados você encontrava as “meninas” se exibindo, nos mais variados estilos da moda.

 Até o homem forte da segurança da Câmara Municipal de Nísia Floresta soltou a franga.

Fazendo o papel “tem pai que é cego”, Rafael,  o filho do prefeito de Nísia Floresta também entrou na gandaia.

A linda Camila Ferreira, sobrinha do prefeito George Ney também marcou presença no evento ao lado dos primos.

Moura, o locutor oficial da região, fez o estilo apressadinha.

A pé ou de carro, todos se exibiam no Barreta Gay.

O amigo Joelmo de Linete, que estava comemorando mais uma data natalícia, fez um “pit stop” para registrar o momento diante das lentes do Blog ao lado de grandes amigos.

Quem não perdeu tempo mesmo foi o amigo Joswal Viegas.

Antes de ir para o Barreta Gay fiz uma parada obrigatória na casa do amigo Evandro Calafange, onde encontrei inúmeros amigos, dentre eles, Daniel Ferreira e Klebinho, que estava muito bem acompanhado da sua Mariana.

Como não poderia ser diferente visitamos os amigos, Zé Ivan e Janeide Barreto, que no momento curtiam o sol na beira da piscina.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade