ADRIANO MARQUES, PRESIDENTE DA COPLACANA, ESTEVE EM BRASÍLIA EM BUSCA DE MELHORIAS.

O presidente da Cooperativa dos Produtores de Cana-de-açúcar do Rio Grande do Norte (Coplacana), Adriano Marques, juntamente com produtores de cana de outros estados do Nordeste, estiveram reunidos na terça-feira (29), com o deputado federal Felipe Maia e com o senador José Agripino, ambos do Democratas.

Na visita, que ocorreu no Congresso Nacional, os dois parlamentares souberam do pleito da Coplacana para conseguir um trator que deverá ser utilizado pelos associados nas suas propriedades. De acordo com Adriano Marques, essa é uma reivindicação dos produtores de cana do estado e que este papel, de buscar soluções, é a meta da instituição. “os produtores rurais de cana desejam essa máquina para ajudar nas suas propriedades. Muitos dos nossos filiados estão com grandes dificuldades. Com a ajuda do trator, poderemos dar uma boa avançada na produção de cana-de-açúcar. Uma realidade que hoje é totalmente encarecida por conta do aluguel dessas máquinas”, ressaltou Marques.

De acordo com o presidente da Coplacana, os dois parlamentares do estado se mostraram cientes do problema e imediatamente ligaram para o secretário de Agricultura, Betinho Rosado, para que ele buscasse uma solução mais rápida para esse problema que aflige os produtores potiguares. “Fiquei muito feliz com o empenho dos dois. Agradeço a Felipe e a José Agripino pela força. Os nossos produtores de cana é que sabem da imensa dor de cabeça que é alugar tratores. Agora acredito que esse pleito irá caminhar”, explicou o presidente da Coplacana.

Federação da Agricultura apóia a iniciativa

A Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) apóia a iniciativa da Coplacana e informa que está de portas abertas para qualquer pleito que venha melhorar a produção agropecuária do estado. “Acredito na força da Coplacana. Tenho certeza que esse pedido, agora reiterado por dois de nossos legisladores, será atendido o mais depressa possível. E informo que a Faern está de portas abertas para os produtores rurais do estado. Tenho ciência das dificuldades que é produzir por aqui, mas saibam que essa instituição respeita o produtor e o agronegócio potiguar”, finalizou o presidente da entidade, José Vieira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo