VEREADOR DE NÍSIA FLORESTA DEFENDE CATEGORIA QUE SOBREVIVE DA PESCA, HONRANDO CADA VOTO RECEBIDO DOS SEUS COLEGAS

 

O vereador Anadelson Gadelha defende na Câmara Municiupal de Nísia Floresta, importantes projetos que possam viabilizar melhorias para os pescadores do município.

Anadelson foi colocado na Cãmara Municipal com respaldo no trabalho que desenvolve como presidente da Colônia de Pescadores e Apicultores Z31, onde defende os direitos de aproximadamente 1000 trabalhadores.

De um convênio da Colonia de Pescadores z-31 com a prefeitura foi criada uma frente de trabalho para a limpeza dos rios Zumari evitando mortes de peixes como os mostrados nas imagens assim melhorando no inverno  a produção do camarão contamos com a ajuda de alguns pescadores que sabem da impostancia dessa limpeza. Com os rios limpos, a proteção dos peixes melhora, podendo

A Colônia Z31 oferece aos seus associados uma estrutura profissional pronta para defender os direitos dos pescadores, além de promover cursos de qualificação e aprimoramento de novas técnicas para a pesca artesanal.

Sendo o município de Nísia Floresta muito rico em rios e lagoas, uma das bandeiras do vereador Anadelson Gadelha é viabilizar a pesca em tanque e rede. Para que se tenha uma ideia, o Ceará produziu no ano passado mais de 30 milhões de quilos de peixe em gaiolas. Com a viabilidade do programa tanque e rede, os pescadores de Nísia Floresta poderão ter uma oferta mensal de pescado para complementar a merenda escolar em todo município.

O vereador Anadelson, que também é presidente da Colônia de Pescadores Z31, disse que uma das grandes dificuldades enfrentadas pelos pescadores do municípo tem sido o avanço de matos e poluição nos rios.

O vereador-presidente Anadelson Gadelha disse ao Blog que a criação de uma creche para os filhos dos associados da Colônia de Pescadores z31 é uma necessidade que não pode ser adiada por muito tempo, considerando a grande participação de mulheres na pesca artesanal.

Todo final de mês os pescadores se reunem na sua sede localizada no Porto em Nísia Floresta, onde todos participam e discutem os rumos que devem ser tomados na busca de melhorias para a categoria.

Sempre com uma participação quase que total, os profissionai9s da pesca recebem sempre que possível, palestras e treinamentos dados por técnicos ligados a atividade pesqueira.

Com a sede lotada e enquanto o presidente passava os informes para os colegas de trabalho, o livro de registro de presença continuava recebendo mais assinaturas.

Falando sempre com muita clareza, o presidente-vereador repassava o que estava sendo feito para todos.

Uma das prioridades do presidente Anadelson Gadelha é a criação da Secretaria Municipal da Pesca, mecanismo que vai abrir as portas do Governo Federasl na celebração de convênios com o municcípio, fortalecendo a atividade pesqueira e a economia de Nísia Floresta. “A Prefeitura já vem colaborando com a nosssa Colônia, mas a nossa necessidade para crescer e se fortalecer exige um empenho maior do poder público e vamos sensibilizar o prefeito George Ney nesse sentido”, afirmou Anadelson.

O professor da UFRN, Antonio Cortez, tem sido um dos principais incentivadores e colaboradores no sentido de nortear a Colônia de Pescadores Z31, nos caminhos do aprimoramento da cultura pesqueira através de novas tcnologias e qualificação profissinal.

A Colônia Z31 oferece aos seus associados cursos de capacitação e profissionalizante a distância, além do programa de inclusão digital no programa “MARÉ”, o telecentro da pesca.

A colônia que hoje conta com aproximadamente 1000 associados, foi recebida pela gestão do presidente Anadelson Gadelha com uma carteira de mais ou menos 280 associados.

A Colônia vai ganhar nos próximos dias um espaço que está sendo preparado para servir como auditório e espaço para treinamento e capacitação profissional.

O avanço da vegetação aquática e agrande quantidade de madeira morta dentro doa rios tem sido a maior dificulçdade na vida do pescador de Nísia floresta.

Para tentar amenizar essa situação, o vereador-presidente, Anadelson Gadelha, procurou a Prefeitura Municipal e através do prefeito George Ney, que sensibilizado com o drama da comunidade que sobrevive da pesca artesanal, celebrou um convênio com a Colônia Z31 e juntos, Prefeitura e pescadores, promoveram a limpeza nas margens dos rios, retirando todo entulho que dificultava a atividade dos pescadores.

One response to “VEREADOR DE NÍSIA FLORESTA DEFENDE CATEGORIA QUE SOBREVIVE DA PESCA, HONRANDO CADA VOTO RECEBIDO DOS SEUS COLEGAS

  1. Sr. Vereador,
    Estou prestando um serviço de consultoria p/ o IDEMA e preciso saber o quão importante é a pesca na lagoa do Bonfim para os mil pescadores cadastrados na Colônia Z 31.
    Obrigado pela atenção,

    Renato R. Sales

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo