MOSSORÓ – PREFEITA NÃO RENUNCIA

“Nossa decisão está tomada. Vamos concluir o mandato”. A declaração da prefeita Fafá Rosado,  em entrevista ao programa “Conversa de Alpendre”, da TV Cabo Mossoró, reafirma o que a própria prefeita já havia dito em entrevista ao Correio da Tarde no mês de agosto de 2011.

No programa comandado pelo jornalista Julierme Torres, a prefeita Fafá Rosado mais uma vez tenta colocar um ponto-final, nas especulações em torno de um acordo para renúncia do seu mandato de prefeita.

Fafá Rosado foi mais além, e explicou que mesmo que ainda estivesse com avaliação em baixa, iria cumprir seu mandato.  “Mesmo que não tivéssemos a aceitação que temos hoje, eu não abriria mão de concluir meu mandato de prefeita de Mossoró que termina no dia 31 de dezembro. Fui reeleita pra cumprir quatro anos de mandato e vou concluir”, declarou com firmeza a prefeita de Mossoró.

A prefeita descartou qualquer possibilidade de se afastar do governo antes do dia 31 de dezembro de 2011, independente de alguns setores da imprensa e da oposição insistem em afirmar que ela poderia deixar o cargo. “Quero chegar ao dia 31 de dezembro de 2012 entregando o comando para quem vier depois de mim, com as contas em dia, com as obras realizadas, com os compromissos cumpridos. Quero deixar a Prefeitura com a cabeça erguida de quem fez e procurou sempre fazer o melhor, cumprindo o seu dever, com amor e seriedade”, enfatizou a prefeita de Mossoró.

Mesmo que não tivéssemos a aceitação que temos hoje, eu não abriria mão de concluir meu mandato de prefeita de Mossoró que termina no dia 31 de dezembro. Fui reeleita pra cumprir quatro anos de mandato e vou concluir.”


Fafá também fez questão de afirma que em nenhum momento foi sondada pela governadora Rosalba Carlini para se afastar da Prefeitura, em benefício da irmã dela, a vice-prefeita Ruth Ciarlini. Ela disse que esse assunto jamais foi discutido. “Nunca, em nenhum momento nem Rosalba, nem Carlos Augusto trataram desse assunto comigo ou com qualquer outra pessoa ligada a mim. Não sei de onde surgiu essa ideia”, acrescenta.

Decisão de Fafá Rosado tira Ruth Ciarlini, irmã da governadora, da corrida sucessória

A partir do anúncio da prefeita Fafá Rosado (DEM) de que sua decisão é concluir o mandato, se torna inevitável afirma que a vice-prefeita Ruth Ciarlini (DEM), está, definitivamente, fora da disputa da Prefeitura de Mossoró, já que legalmente, precisaria da renúncia de Fafá para entrar no jogo sucessório.

De acordo com a Constituição no parágrafo 7° do artigo 14, são inelegíveis e não podem ser candidatos no território da jurisdição do titular os cônjuges e parentes até 2° grau. O território do titular é o Brasil (parentes do presidente da República), o Estado (no caso o Rio Grande do Norte, para parentes da governadora) e os municípios, para parentes dos prefeitos. São os parentes e afins em até 2° grau: filhos, netos, pais, avós, irmãos e cunhados. São inelegíveis o cônjuge ou parentes consangüíneos em até segundo grau do presidente, governadora ou do prefeito. Aí a Constituição traz a ressalva: salvo se já for titular de mandato eletivo e candidato à reeleição.

O anúncio de Fafá de que não vai renunciar seu mandato força uma tomada de decisão dos líderes do DEM. Se eles continuarem a esticar a discussão sobre um recuo de Fafá poderia ser arriscado. O prazo limite para uma renúncia seria o mês de abril. Muito perto do processo eleitoral. Deixar para o final desse prazo a decisão é permitir que a oposição se fortaleça e que as disputas internas criem fissuras que dificilmente seriam cicatrizadas na base governista.

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB) é o exemplo mais recente desse tipo de procedimento. Ela adiou até o último momento a escolha do candidato de sua base, e quando finalmente decidiu, as divergências e insatisfações já eram tão grandes que não puderam ser sanadas. O resultado acabou sendo, uma derrota humilhante nas urnas de 2010

Por Fabiano Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo