Última visita do ministro Garibaldi ao seu aliado político Manoel Torres

Foto:  Marcos Dantas

“Vir a Caicó e não visitar Manoel Torres era a mesma coisa de ir à Roma e não ver o Papa”

Antes de ir à Parelhas para prestigiar a festa de São Sebastião, o ministro da previdência Garibaldi Filho (PMDB) fez questão de passar no velório, e se despedir do seu antigo aliado político, Manoel Torres de Araújo. Acompanhado de assessores políticos, Garibaldi chegou no salão nobre da prefeitura e cumprimentou familiares e amigos do ex-prefeito.

Em entrevista à imprensa, relembrou passagens memoráveis de Manoel Torres, inclusive no tempo em que o ministro era um aprendiz de jornalista, e sempre quando vinha “cobrir” as visitas de monsenhor Walfredo Gurgel em Caicó, não perdia a chance de entrevistar Manoel Torres. “De lá pra cá nunca perdemos o contato. Vir a Caicó e não visitar Manoel Torres era a mesma coisa de ir à Roma e não ver o Papa”, disse Garibaldi.

Por Marcos Dantas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo