BRASÍLIA – ALIANÇA ENFRAQUECIDA

Fotos: Divulgação.

Será logo mais às 20 horas, na residência oficial da presidência da Câmara Federal, a reunião que definirá os caminhos do PMDB e do DEM nas eleições de 2014.

O deputado Henrique Alves (PMDB) é quem vai dar o tom da conversa. Henrique não tem poupado críticas ao comportamento político da governadora Rosalba Ciarlini. Além do presidente da Câmara Federal Henrique Alves e a governadora Rosalba Ciarlini, participarão do encontro político o ministro Garibaldi Filho, senador José Agripino, presidente da Assembleia Legislativa Ricardo Motta, deputado federal João Maia e o marido da governadora, Carlos Augusto Rosado.

O vice-governador Robinson Faria, que já está com a campanha nas ruas, está em casa torcendo para que o PMDB feche com a candidatura da governadora Rosalba Ciarlini.

O presidente Henrique Eduardo Alves já adiantou que a decisão só será tomada depois de ouvir os prefeitos e lideranças do interior.  Para quem conhece como funciona a política no Rio Grande do Norte sabe perfeitamente que a saída de Henrique, levando a decisão mais adiante é apenas um gesto elegante para não bater a porta na presença do DEM.

Na semana que passou Henrique foi até São Paulo ter uma conversa com   o ex-presidente Lula. Depois do encontro entre Henrique e Lula a mídia nacional passou a divulgar que o vice-presidente Michel Temmer (PMDB) está garantido na chapa de Dilma em 2014. Como Lula sempre desejou afastar o senador José Agripino da política, quem é que vai acreditar que o PMDB vai contrariar Lula e Dilma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo