SÃO JOSÉ DE MIPIBU – VEREADORES COBRAM AÇÃO DO DNIT

Superintendente do DNOT com vereadores mipibuenses

Uma comitiva formada pelos vereadores Magna Barreto (PR), Alexandre Elói (PSD), Jean Nerino (PSB), Jota Veras (PRB), Márcio Freire (PHS), Verônica Senra (PMDB) e Cida Maria (PP) reuniu-se com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Ézio Gonçalves, e recebeu dele a garantia de os serviços complementares  serão concluídos na duplicação da BR 101, no trecho urbano de São José de Mipibu.

x3

Todos os vereadores da Câmara assinaram o requerimento 214/2013 solicitando as providências discutidas no encontro, que ocorreu ontem na sede do DNIT, em Natal. O retorno, por exemplo, nas imediações da entrada da cidade, deve ser liberado dentro de dez dias, pois o fornecimento de energia é de competência da Cosern, segundo Ézio Gonçalves. Os semáforos foram instalados ali há quase um mês, mas ainda não estão funcionando. Os parlamentares ouviram do superintendente que a fiscalização eletrônica em frente ao Ginásio Poliesportivo, a limpeza dos canteiros e o fechamento de bueiros serão avaliados pelo setor de engenharia do órgão na próxima semana.

Do encontro ficou acordado que a Câmara Municipal formalizará, com as devidas justificativas, uma solicitação junto ao DNIT para a construção de mais duas passarelas, indicando os locais que considera mais críticos. A comitiva sugere que esses locais sejam nas imediações da conhecida parada do Bairro Novo e na Rua Sete de Setembro, próximo à comunidade da Bica/Centro.

Os vereadores também discutiram sobre a instalação de redutores de velocidade (eletrônicos ou lombadas) nas marginais, além da mão-dupla, visto que estão sendo freqüentes os acidentes nas pistas e, com isso, formalizarão indicando os pontos mais críticos. A adequação da travessia urbana já consta no Plano Plurianual do DNIT a ser executado.

Os parlamentares formalizarão ainda ao Executivo Municipal a iluminação da BR em todo o trecho urbano. Segundo o superintendente do DNIT, o projeto é do órgão, mas já ficou determinado em audiências anteriores com o Executivo Municipal que o serviço ficará a cargo da Prefeitura junto à COSERN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo