ALCOLUMBRE REBATE FALA DE BOLSONARO: ‘BRASIL PRECISA DE LIDERANÇA SÉRIA, RESPONSÁVEL E COMPROMETIDA COM VIDA E SAÚDE DA POPULAÇÃO’

Presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente do Congresso, Davi Alcolumbre (DEM-AP), rebateu, na noite desta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro e afirmou que o Brasil precisa de uma “liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população”. Diagnosticado com o novo coronavírus, Alcolumbre disse, em nota, considerar “grave” o pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional de rádio e TV. O texto também é assinado pelo primeiro vice-presidente do Senado, Antônio Anastasia (PSD-MG).

“Consideramos grave a posição externada pelo presidente da República hoje, em cadeia nacional, de ataque às medidas de contenção ao Covid-19. Posição que está na contramão das ações adotadas em outros países e sugeridas pela própria Organização Mundial da Saúde (OMS).

No pronunciamento, Bolsonaro pediu a reabertura do comércio e das escolas e o fim do “confinamento em massa”. As medidas têm sido utilizadas por prefeitos e governadores no combate ao novo coronavírus, que já deixou 46 mortos no país.

Alcolumbre também repudiou os ataques de Bolsonaro à imprensa e a governadores que determinaram quarentena nos Estados e disse que a crise no país exige “união, serenidade e equilíbrio”. O presidente do Senado diz que é preciso adotar “as precauções e cautelas necessárias” para o controle da pandemia, “antes que seja tarde demais”

“A Nação espera do líder do Executivo, mais do que nunca, transparência, seriedade e responsabilidade. O Congresso continuará atuante e atento para colaborar no que for necessário para a superação desta crise.”

Confira a íntegra do comunicado.

Nota à imprensa

“Neste momento grave, o País precisa de uma liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população. Consideramos grave a posição externada pelo presidente da República hoje, em cadeia nacional, de ataque às medidas de contenção ao covid-19. Posição que está na contramão das ações adotadas em outros países e sugeridas pela própria Organização Mundial da Saúde (OMS). Reafirmamos e insistimos: não é momento de ataque à imprensa e a outros gestores públicos. É momento de união, de serenidade e equilíbrio, de ouvir os técnicos e profissionais da área para que sejam adotadas as precauções e cautelas necessárias para o controle da situação, antes que seja tarde demais. A Nação espera do líder do Executivo, mais do que nunca, transparência, seriedade e responsabilidade. O Congresso continuará atuante e atento para colaborar no que for necessário para a superação desta crise.”

Davi Alcolumbre, Presidente do Senado

Antônio Anastasia, Vice-presidente do Senado

Fonte: Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo