DRIVE-THRU DO INSS: VEJA AS REGRAS PARA ENTREGAR DOCUMENTOS EM AGÊNCIAS

Agência do INSS – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou nesta segunda-feira (10/8) as orientações para que os segurados entreguem documentos para concluir a análise dos pedidos de benefícios.

A chamada Exigência Expressa, que ficou conhecida como Drive-thru do INSS, será adotada em todo o país, segundo a autarquia federal. A medida já havia sido adotada em março em meio à pandemia de Covid-19.

O serviço é inspirado no sistema conhecido como drive-thru,  no caso do INSS, o cidadão encontrará urnas nas portas das agências, onde poderá deixar um envelope lacrado com as cópias dos documentos solicitados pelo órgão.

A entrega de documentos consiste na disponibilização de urnas na entrada das agências para que o interessado deposite cópia simples dos documentos solicitados pelo INSS, na unidade mais próxima.

A ideia é, segundo o INSS, agilizar a conclusão dos processos que dependem da apresentação de algum documento faltante. Hoje, a Exigência Expressa se encontra disponível em 803 cidades brasileiras.

Atualmente, as mais de 1,5 mil agências do INSS fechadas desde o fim de março por causa da pandemia do coronavírus estão previstas para reabrir apenas a partir do dia 24 de agosto.

Como funciona?

Para assegurar a entrega dos documentos é preciso realizar agendamento pelo telefone 135 ou Meu INSS. Tenha em mãos o número de protocolo do benefício em análise, nome e CPF da pessoa que vai depositar o envelope na urna.

Ao agendar o serviço de Exigência Expressa, o usuário será orientado a observar os seguintes procedimentos para a entrega dos documentos:

–  preencher o formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações”;

–  incluir os documentos solicitados pelo INSS e o formulário de “Autodeclaração de autenticidade e Veracidade das Informações” em envelope;– o envelope deverá ser lacrado e identificado pelo lado de fora com nome completo, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do protocolo do agendamento.

A caixa coletora fica disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

A utilização da Exigência Expressa não se aplica, contudo, aos pedidos de antecipação do auxílio-doença. Nesse caso, os documentos só podem ser anexados pelo Meu INSS.

“Cabe destacar que não são aceitos documentos originais e que as cópias não precisam ser autenticadas em cartório. É imprescindível, porém, que estejam legíveis e sem rasuras”, diz o INSS.

Metrópoles

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo