BOLSONARO FALA EM “COBIÇA” DA AMAZÔNIA NA CÚPULA DA BIODIVERSIDADE

Foto:  Johannes Eisele/AFP
Em discurso no primeiro Encontro de Cúpula das Organização das Nações Unidas (ONU) sobre biodiversidade, nesta quarta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que há “cobiça internacional” na Amazônia. Ele ainda disse que a região será defendida “de ações e narrativas que agridam os interesses nacionais”, referindo-se ao fato de que o Brasil vem sendo criticado pela comunidade internacional por não conter a devastação da região e de outros biomas, como o Pantanal, por adotar um discurso que estimula as queimadas e a derrubada das matas nativas.

“Não podemos aceitar que informações falsas e irresponsáveis sirvam de pretexto para a imposição de regras internacionais injustas, que desconsiderem as importantes conquistas ambientais que alcançamos em benefício do Brasil e do mundo”, reagiu.

O presidente ainda cobrou de outros países que cumpram os compromissos que assumiram na área ambiental. “É preciso que todos os países cumpram com suas responsabilidades, arquem com a parte que lhes cabe e se unam contra males como a biopirataria, a sabotagem ambiental e o bioterrorismo”, observou.

Bolsonaro ressaltou que o governo brasileiro “mantém firme o compromisso com o desenvolvimento sustentável e com a gestão soberana dos recursos brasileiros”.

“Estaremos sempre abertos a contribuir para um debate fundamentado no respeito aos três pilares da Convenção de Diversidade Biológica: a conservação, o uso sustentável e a repartição de benefícios. Espero o mesmo compromisso por parte dos senhores”, reiterou.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo