PARAGUAI DEVE FLEXIBILIZAR ABERTURA DE FRONTEIRA COM O BRASIL

O ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, apresentou ao presidente Mario Abdo Benítez, nesta terça-feira (15), um protocolo para reabrir controladamente a fronteira com o Brasil pela Ponte Internacional da Amizade. “As situações epidemiológicas de Ciudad del Este e da cidade de Foz do Iguaçu se encontram em um estado bastante aceitável”, disse para justificar a mudança.

O documento ainda será revisado por outros órgãos paraguaios antes de ser colocado em prática, mas o ministro espera que os detalhes do acordo e a burocracia sejam resolvidos o mais rapidamente possível. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa junto ao vice-ministro de Atenção Integral à Saúde, Julio Borba, e ao diretor-geral da Vigilância Sanitária, Guille Sequera.

Não foram dados detalhes claros se o protocolo já foi apresentado às autoridades brasileiras e como será negociada a medida.

De acordo com Mazzoleni, a intenção é de que a Ponte que liga os dois países fique aberta somente para fins comerciais, e não para o turismo. As pessoas teriam um prazo máximo de 24 horas para cruzá-la e realizarem compras no país vizinho. Ao retornar, os paraguaios deverão seguir os protocolos de isolamento social vigentes. O controle da medida, no Paraguai, será feito em colaboração das autoridades de Saúde com o Departamento de Migração e as forças de Segurança.

Fonte: CNN Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo