ECONOMIA É O TEMA QUE MAIS MOTIVA ELEITOR A VOTAR NOS ESTADOS UNIDOS

A pandemia, que tem deixado marcas profundas na economia de todo o planeta, também deve influenciar o resultado da eleição presidencial americana. A reportagem é de Ismar Madeira e Lucas Louis.

Máscara é artigo em alta no mercado. Mesmo assim, com modelos diferentes, as vendas do vendedor Irvin estão em baixa. Ele lamenta que os consumidores tenham desaparecido das ruas. Joseph conta que toda a família foi afetada. De repente, tudo veio abaixo.

Até março, Donald Trump presidia uma economia que crescia sem parar há mais de uma década. Mas agora, com a pandemia, a estimativa é que o PIB, a soma de todas as riquezas produzidas pelo país no ano, encerre 2020 com uma retração de 6,5%.

Todos os postos de trabalho criados nos últimos 20 anos desapareceram praticamente da noite para o dia. Em dois meses, a taxa de desemprego foi do melhor índice em 50 anos para um dos piores de toda a sua história. O contraste é impressionante: antes da pandemia, a renda média dos trabalhadores crescia. Depois, 8 milhões de pessoas passaram a viver abaixo da linha da pobreza no país mais rico do mundo.

Para agravar a situação, disputas políticas impediram a renovação da ajuda emergencial do governo federal, que distribuiu mais de US$ 2 trilhões para trabalhadores e negócios que fecharam as portas. Sem socorro à vista, sair desse abismo econômico está mais difícil.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo