NOTAS DE 200 REAIS ESTREAM NA CENA DA CORRUPÇÃO NO BRASIL

Lançada no mês de setembro pelo Banco Central, as notas de R$ 200 não estão agradando. Já há um movimento, inclusive, para que elas sejam retiradas de circulação. A Defensoria Pública da União (DPU) entrou com uma Ação Civil Pública na Justiça para que o Banco Central suspenda a confecção da cédula . A alegação da ação é a “falta de acessibilidade”, devido ao fato de a nova cédula ter as mesmas dimensões da nota de R$ 20.

“A inviabilização da identificação da nova cédula pelas pessoas com deficiência visual, por gerar efeitos de exclusão e prejuízo ao exercício dos direitos dessa comunidade, caracteriza discriminação por parte da Administração Pública”, diz trecho da ação da Defensoria Pública da União contra a nota de R$ 200.

Como citou o colunista da Veja Machado da Costa, em sua coluna Radar Econômico, as notas do lobo-guará estrearam na cena da corrupção no Brasil. “Na operação que apreendeu 30.000 reais com o senador Chico Rodrigues (DEM), muitas notas novas foram vistas — até mesmo entre as que estavam escondidas entre as nádegas do político.

Segundo o colunista, essa era uma das preocupações de entidades de combate à corrupção — que as notas de maior valor se transformassem em instrumento de corrupção. Na Europa, por exemplo, estuda-se a extinção das notas de maior valor, como a de 500 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo