SUPLENTE DE FLORDELIS É ALVO DE OPERAÇÃO POR SUSPEITA DE “RACHADINHAS”

O radialista e ex-deputado estadual Pedro Augusto (PSD) foi alvo de mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (20) por suposta participação em esquema de “rachadinhas” na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Equipes da Polícia Civil e do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) cumpriram os mandados em endereços residenciais em Copacabana, na zona sul do Rio; em Nilópolis, na Baixada Fluminense; e em Niterói.

A suspeita é de que Pedro Augusto recebia parte dos salários de funcionários de seu gabinete à época em que era deputado (1999-2019).

A força-tarefa é composta pela Delegacia de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro e pelo Gaecc/MP-RJ (Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção), em conjunto com a CSI/MP-RJ (Coordenadoria de Segurança e Inteligência).

De acordo com o G1, a força-tarefa esteve nas casas de ex-assessores de Pedro Augusto. O MP-RJ disse ao Poder360 que o material apreendido será analisado para instrução de inquérito policial. As investigações estão sob sigilo.

Em nota, a direção estadual do PSD disse que não irá se manifestar até que tenha conhecimento completo dos fatos e dos documentos que embasam a decisão judicial.

O Poder360 entrou em contato com Pedro Augusto, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Fonte: Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo