ROGÉRIO MARINHO CONTINUARÁ MINISTRO DE BOLSONARO, ASSEGURAM GOVERNISTAS

Rogério Marinho e Bolsonaro –  Foto: Adalberto Marques

Uma reforma ministerial está programada para acontecer depois da eleição para as presidências de Câmara e Senado. Reportagem do Jornal O Globo deste domingo (24), informa que o Centrão pressiona governo para ocupar pastas hoje com militares.

Uma certeza consolidada nos últimos dias entre interlocutores de Bolsonaro é que o atual presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), não ganhará um ministério, e continuará no mandato de senador. O presidente alega que o parlamentar não poderia entrar no governo por estar muito “desgastado”.

Recentemente, Alcolumbre disse a aliados que fora convidado para o Ministério do Desenvolvimento Regional, onde assumiria a cadeira do potiguar Rogério Marinho. Mas governistas garantem, nos bastidores, que o ministro permanecerá no cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo