JUSTIÇA DO TRABALHO MANTÉM DECISÃO QUE PROÍBE FORD DE DEMITIR

Foto: divulgação.

A desembargadora Maria da Graça Bonança Barbosa, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, manteve nesta segunda- feira (22) a decisão que proibiu a montadora Ford de demissão coletiva dos trabalhadores da fábrica de Taubaté (SP).

A empresa também continua impedida de se desfazer de bens e maquinários até a conclusão das negociações coletivas. A desembargadora analisou recurso da empresa contra decisão liminar (provisória) da Justiça do Trabalho, que impediu, em 5 de fevereiro, a dispensa em massa dos empregados.

Na mesma decisão, a desembargadora atendeu parcialmente pedido da Ford para desobrigar a empresa de fornecer em 30 dias um cronograma de negociação coletiva. Também para estabelecer que não há mais necessidade da participação do MPT (Ministério Público do Trabalho) nas negociações entre a Ford e o sindicato da categoria.

Fonte: Poder360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo