PF INVESTIGA SE DANIEL SILVEIRA COAGIU DEPUTADOS ANTES DE VOTAÇÃO NA CÂMARA

Foto: Luis Macedo

A Polícia Federal está investigando se o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) coagiu, por meio de mensagens, outros congressistas antes da votação que confirmou sua permanência na prisão, na 6ª feira (19.fev.2021).

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes determinou a perícia de 2 celulares de Silveira, apreendidos na semana passada durante uma vistoria na cela do deputado.

A apreensão foi informada pela PF ao Supremo e um inquérito foi aberto para investigar como o deputado mantinha os 2 aparelhos na cela.PRISÃO

Alexandre de Moraes determinou a prisão em flagrante de Silveira depois que o deputado publicou um vídeo com ofensas a ministros do STF.

Dos 11 ministros do Supremo, 4 não foram citados na gravação (Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber). Marco Aurélio tem seu nome mencionado, mas não há uma ofensa dirigida a esse ministro.

Moraes, por exemplo, é citado pelo deputado como “Xandão do PCC”. Sobre Edson Fachin, Silveira disse: “Por várias e várias vezes já te imaginei tomando uma surra”.

Por: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo