CORÉIA DO NORTE PROÍBE PIERCINGS, MULLETS E CALÇA SKINNY: “CULTURA CAPITALISTA”

Foto: KCNA/DPA/Agência Lusa

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, proibiu o uso do corte de cabelo mullet, de piercings no nariz e na boca e de calças jeans skinny. Segundo a imprensa local, a informação foi divulgada no jornal estatal Rodong Sinmun. Essa seria uma forma do líder coreano de impedir que a “cultura capitalista” invada o Coreia do Norte.

Além do corte mullet, Kim Jong-un também baniu o penteado “espetado” e tintura no cabelo. Camisetas com nomes de marcas também estão proibidas por serem consideradas por ele como “anti-socialistas”.

Ainda de acordo com a imprensa local, o regime já havia banido outros elementos considerados símbolos da cultura capitalista, como o estilo de música K-pop, originado na Coreia do Sul. A agência de notícias Yonhap News informa que o governo coreano define o estilo de vida capitalista como “exótico e decadente”, ressaltando que o país deveria permanecer alerta a qualquer sinal de entrada dos costumes ocidentais, para “combatê-los e se livrar deles”.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo