DATAFOLHA: LULA LIDERA CORRIDA ELEITORAL DE 2022 E MARCA 55% CONTRA 32% DE BOLSONARO NO 2º TURNO

Foto: Adriano Machado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida eleitoral de 2022, segundo o Datafolha. É a primeira pesquisa do instituto desde que Edson Fachin anulou as condenações do petista, que agora tramitam em Brasília.

O levantamento foi feito com 2.071 pessoas, de forma presencial, em 146 municípios nos dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Outros institutos de pesquisa têm feito entrevistas por telefone até o momento, em razão da pandemia de Covid-19 – expediente adotado pelo próprio Datafolha em levantamentos anteriores.

Em simulação estimulada de primeiro turno para a Presidência da República, Lula teria 41% das intenções de voto, margem de 18 pontos percentuais sobre o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 23% das intenções de voto.

O terceiro colocado seria o ex-ministro Sergio Moro (sem partido), com 7%. Seguem Ciro Gomes (PDT, 6%); Luciano Huck (sem partido, 4%); o governador paulista João Doria (PSDB, 3%); e João Amoêdo (Novo) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), empatados, com 2% cada. Outros 9% dos entrevistados se declararam indecisos; votariam em branco ou nulo; ou não votariam em nenhum candidato.

Já no cenário espontâneo de primeiro turno (quando o eleitor aponta seu candidato sem que nomes sejam apresentados pelo entrevistador), Lula aparece com 21% das intenções de voto. Bolsonaro tem 17%. Em seguida aparece Ciro Gomes, com 1%. Outros candidatos somam 2% das intenções de voto. 8% votariam em branco, nulo ou não votariam. Já 49% não souberam responder.

Na simulação de segundo turno entre os dois mais bem posicionados, a vantagem de Lula sobre Bolsonaro se amplia. O petista teria 55% dos votos, 23 pontos percentuais acima do atual presidente, que aparece com 32% dos votos. Outros 11% votariam em branco ou nulo, enquanto 2% não responderam.

Em outros cenários de segundo turno, Lula venceria Moro (53% a 33%) e Doria (57% a 21%). Já Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Doria (39% a 40%) e atrás em eventual disputa com Ciro (36% a 48%).

Folha de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo