DELEGADO DIZ QUE AUTOR DE ATAQUE A CRECHE EM SC RECUSOU ADVOGADO

Foto: Willian Ricardo/NDMais

A Polícia Civil interrogou o jovem de 18 anos no fim da tarde desta segunda-feira (10), no HRO (Hospital Regional do Oeste), em Chapecó, onde ele está internado desde a última terça-feira (4), dia da chacina.

Segundo Casagrande, o interrogatório durou cerca de uma hora. O jovem prestou as declarações de forma espontânea, dispensando a presença de um advogado. O conteúdo do depoimento, no entanto, só será revelado pela polícia após a conclusão do inquérito.

Isso porque é necessário confrontar as informações com os dados técnicos extraídos dos equipamentos coletados na casa do autor. “Assim faremos uma linha temporal e uma linha de atuação do criminoso”, disse.

A expectativa, conforme Casagrande, é de que o inquérito policial seja concluído até o final desta semana. As informações prestadas pelo jovem, vão ao encontro do que a polícia já havia coletado durante a análise dos equipamentos.

“A etapa, agora, é formalizar os relatórios com essas informações e irmos para a conclusão do inquérito já com bons indicativos do que aconteceu antes do crime e também traçando perfis do que é relevante para a investigação e formalização futura de um processo judicial”, afirmou.

A Polícia Civil ainda aguarda a finalização de alguns laudos. Os equipamentos do jovem passarão, ainda, por perícia no IGP (Instituto Geral de Perícias).

O delegado acredita que a polícia não deve interrogar o jovem de novo. “Mas se o delegado responsável entender que há necessidade, ele será ouvido quantas vezes forem precisas.”, disse. Depois que o jovem receber alta do hospital, será encaminhado diretamente para uma unidade prisional do Estado.

NDMais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo