DEM DÁ 8 DIAS PARA RODRIGO MAIA APRESENTAR DEFESA EM PROCESSO DE EXPULSÃO

Foto: Sérgio Lima

A cúpula do DEM deu 8 dias para o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (RJ) apresentar sua defesa no processo de expulsão da sigla. Em reunião na manhã desta 2ª feira (31.mai), com quase 30 integrantes da executiva nacional, o presidente da sigla, ACM Neto, propôs uma mudança no rito processual para que houvesse o prazo para defesa. A deputada Dorinha Rezende (TO) será a relatora do caso.

Os deputados Efraim Filho (PB), líder do DEM na Câmara, e o deputado Arthur Maia (BA) entregaram a representação em que pediam a expulsão sumária de Rodrigo Maia. A decisão de ACM pela mudança na condução do processo foi referendada por todos os presentes. Como integrante da executiva, Maia chegou a ser convidado para a reunião, mas não compareceu.

Ao Poder360, o ex-presidente da Câmara disse que já foi notificado sobre o prazo e vai anexar o pedido de expulsão à ação que ajuizou no TSE. “Ele fortalece a tese de grave perseguição do partido. Vai fortalecer e deixar cristalina a linha de ação de desfiliação no TSE”, afirmou.

Para Maia, a decisão do partido “vai contra a liberdade”. “Nunca vi alguém pedir expulsão sumária pela crítica a um filiado. Parece que o presidente [ACM Neto] está usando o partido para evitar críticas à gestão dele“, disse.

Deputados da legenda, no entanto, acreditam que o processo interno deve ser mais célere do que o corrente no TSE. Há duas semanas, ele enviou ao presidente da Corte eleitoral, Luís Roberto Barroso, o pedido de desfiliação por “justa causa” para não perder o mandato de deputado federal.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo