ENEM 2021 SÓ DEVE SER REALIZADO EM 2022, DIZ CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO; INEP NEGA

Foto: Divulgação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 deverá ser aplicado só em janeiro de 2022, segundo a presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Maria Helena Guimarães de Castro. Ela disse ter sido informada durante uma reunião por Danilo Dupas Ribeiro, presidente do Inep (braço do Ministério da Educação (MEC) e organizador da prova).

Segundo ela, Dupas Ribeiro relatou que há problemas no orçamento para a realização do Enem e que uma portaria deverá ser publicada nesta sexta-feira (14) sobre o tema. O CNE é o órgão que assessora o ministério na elaboração de políticas nacionais de educação.

A assessoria de comunicação do Inep negou a informação e encaminhou um áudio com uma declaração de Dupas Ribeiro durante a reunião.

Nele, uma voz creditada ao presidente do Inep afirma que o “Enem está em processo de planejamento”, que “não tinha como assinar algo e definir a data do Enem” e que “estamos engajados para que ocorra este ano”.

Questionado sobre se haveria outro trecho da reunião em que a informação sobre a data do Enem tenha sido explícita, a assessoria informou que “não procede”.

INEP NÃO RESPONDEU QUESTIONAMENTO

Uma portaria publicada nesta quarta-feira (11) com as metas globais do Inep não incluía a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, considerado o maior vestibular do país.

Em um primeiro questionamento do G1 sobre a portaria e um possível adiamento do exame para 2022, o Inep informou que “trabalha” junto ao MEC para “realizar o Enem” e não deu mais detalhes.

O G1 então perguntou às 16h25 da quarta se a edição 2021 do Enem tem a realização garantida neste ano, mas não obteve mais retorno, tanto por e-mail quanto por WhatsApp.

A portaria com as metas do ano para o Inep só prevê “planejamento e preparação técnica” da prova. Segundo o documento, elas foram elaboradas a partir da análise do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).

A edição anterior do Enem, a de 2020, também foi aplicada fora do ano previsto. A pandemia fez com que a prova fosse adiada para janeiro de 2021.

Outras provas feitas pelo Inep constam entre as metas com a descrição de “exames realizados”, como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) e Exame Nacional de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Também estão previstas a realização do Censo do Ensino Superior e da Educação Básica. Com informações do G1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo