MORAES AUTORIZA PF A APREENDER CELULAR DE RICARDO SALLES

Foto: Sérgio Lima

O ministro Alexandre de Moraes do STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou a apreensão de computadores e celulares do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Salles é alvo da operação Akuanduba, que apura crimes de corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando. A investigação foca em delitos praticados por agentes públicos ligados ao Ministério do Meio Ambiente e ao Ibama e por empresários do ramo madeireiro.

As buscas foram autorizadas por Moraes. O ministro permitiu a apreensão de “itens, bens, documentos, mídias, dados e objetos que tenham envolvimento direto com as infrações em apurações”. O alcance da decisão engloba celulares, computadores, tablets e outros dispositivos eletrônicos do ministro e mais 18 investigados, incluindo o presidente do Ibama Eduardo Bim é o assessor especial de Salles, Leopoldo Butkiewicz.

Bim e Butkiewicz também foram afastados das funções por Moraes.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo