CRÉDITO INSTALAÇÃO TRANSFORMA ROTINA DE AGRICULTORES ASSENTADOS NO RN

Foto: Arquivo da assentada

Um balanço divulgado pelo Incra no Rio Grande do Norte aponta que recursos destinados aos assentados, por meio do Crédito Instalação, têm transformado a rotina dos agricultores. Entre o ano de 2019 e 2021, 333 famílias assentadas receberam R$ 1,7 milhão. Os recursos incentivam a economia local e garantem melhor qualidade de vida às famílias.

Este é o caso da agricultora Cristilene Santos de Melo. Moradora do assentamento Pedro Ezequiel de Araújo, em Ipanguaçu, a 215 quilômetros de Natal, ela recebeu o Crédito Instalação na modalidade Apoio Inicial. O dinheiro foi utilizado para comprar equipamentos de pesca e na construção da casa própria. A partir disso, ela investiu em criação de bovinos, caprinos, galinhas e plantação de frutas.

“Nossa vida aqui na comunidade mudou muito depois das ações do Incra. Consegui abrir um poço no meu lote e cada família tem sua própria renda, seja individual ou coletivamente, através do plantio da banana, mamão, milho, caju”, disse. A agricultora também trabalha em casa produzindo bolos, que são vendidos na região. Por mês ela já chegou a produzir mil bolos.

A assentada tem lucro de R$ 4,5 mil e já recebeu outras modalidades de crédito, agora busca o Fomento Mulher para ampliar as atividades no lote.

Crédito

O Crédito Instalação é concedido aos beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária que recebem R$ 5,2 por unidade familiar. A modalidade Apoio Inicial é destinada à aquisição de itens de primeira necessidade, de bens duráveis de uso doméstico e de equipamentos produtivos.

Para a chefe da Divisão de Desenvolvimento, Leilianne Gurgel, o depoimento reafirma a importância da autarquia no Estado. “Essas atividades são essenciais para a sobrevivência na zona rural, como também na cidade. A agricultura familiar auxilia na economia e dá independência ao pequeno produtor. Nossas ações visam estruturar a vida no campo”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo