PAZUELLO É NOMEADO SECRETÁRIO DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS E VOLTA AO GOVERNO

Foto: Sérgio Lima

O general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, está de volta ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Ele foi nomeado, nesta terça-feira (1º/6) para o cargo de secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

O cargo é enquadrado na Direção e Assessoramento Superior (DAS) no nível 6, a mais alta das disponíveis. A remuneração é de R$ 16.944,90. A nomeação passou por aprovação do ministro Luiz Eduardo Ramos, da Casa Civil da Presidência da República.

Pazuello terá entre suas tarefas planejar e formular políticas e estratégias nacionais de longo prazo. Quem comanda a SAE atualmente é o almirante Flávio Rocha. O militar faz parte do grupo de confiança do chefe do Executivo e chegou a ser nomeado secretário de Comunicação quando Fábio Wajngarten saiu do posto.

A nomeação ocorre dois meses após ele deixar o ministério. O militar, que permanece na ativa do Exército, responde a procedimento administrativo no órgão por participar de um ato político com Bolsonaro no Rio de Janeiro.

A expectativa é de que uma punição seja aplicada a Pazuello nos próximos dias pelo comandante do Exército, general Paulo Sérgio. A nomeação para o novo cargo foi publicada no Diário Oficial da União.

A princípio, o retorno ao governo não altera o procedimento em andamento na força-terrestre. Ele também responde a um inquérito aberto pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por conta da crise em Manaus, além de ser alvo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, onde deve depor novamente.

Com informações do Correio Braziliense e Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo