VÍDEO: DEPUTADO É LEVADO PARA A DELEGACIA APÓS SE RECUSAR A OBEDECER DECRETO ESTADUAL EM PRAIA DE PERNAMBUCO

O deputado estadual André Fernandes (Republicanos), 23 anos, foi conduzido, nesse sábado, 12, a uma Delegacia de Porto de Galinhas, em Pernambuco, após se recusar a obedecer o decreto do estado.

Em Pernambuco, está proibido o acesso a praias por conta da pandemia de COVID-19.

André Fernandes usou as redes sociais para comentar o caso. “Fui tomar um banhozin de mar e a Guarda Municipal quis me tirar para “cumprir o decreto governamental”, publicou ele, incluindo emojis de risadas. “Nada está acima da Constituição Federal”, completou.

Em outra publicação, o deputado afirmou que “ainda rolou mais chilique, descontrole e fui parar na delegacia”, disse, prometendo que publicará um vídeo com toda a situação ainda neste domingo, 13.

“Tenho o direito de tomar banho porque a Constituição é clara e todos têm o direito de ir e vir”, diz André, voltando a entrar na água. Um dos guardas rebate. “É ele querer se usar de um poder público para afrontar o outro”.

Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que a Delegacia de Porto de Galinhas está investigando a ocorrência de infração de medida sanitária preventiva. “Foi registrado um Boletim de Ocorrência e foi instaurado um IP [inquérito por portaria] por abuso de autoridade e infração de medida sanitária preventiva. O IP, após conclusão, seguirá para a Justiça”, afirma a nota.

Também por meio de nota, a Prefeitura de Ipojuca afirmou que o deputado cearense “ignorou e debochou das orientações dos guardas municipais” e também que ele desafiou a guarda no mar, afirmando que “quem quisesse tirá-lo de lá teria que entrar na água”. Com informações do Focus Jornal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo