CARRO CAI SOBRE PEDRAS E FICA PENDURADO PRÓXIMO AO MAR EM NATAL; MOTORISTA É RESGATADA PELOS BOMBEIRO

Carro cai sobre pedras e fica ‘pendurado’ próximo ao mar em Natal — Foto: Divulgação

Um carro caiu sobre as pedras e ficou “pendurado” bem próximo ao mar na praia de Areia Preta, na Zona Leste de Natal, no início da tarde desta segunda-feira (11). O acidente aconteceu no trecho conhecido como Ponta do Morcego.

Dentro do carro, havia uma mulher de 33 anos, que foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e teve apenas escoriações leves. A ação da corporação foi rápida, já que há um posto de guarda-vidas exatamente onde o acidente aconteceu.

Cinco viaturas foram acionadas e cerca de 15 bombeiros trabalharam na ação para salvar a mulher e retirar o carro do local em cerca de uma hora.

“Um dos nossos guarda-vidas viu o deslocamento do carro em direção à área de pedras e prontamente já localizou a vítima e acionou as demais guarnições”, explicou o tenente Henrique Ferreira.

As equipes trabalharam para a retirada em segurança da mulher do local de risco e para a estabilização do carro, assim como para que nenhuma pedra também caísse.

Carro cai em cima das pedras em um trecho da praia de Areia Preta — Foto: Divulgação/CBM

“A ideia era que a gente mantivesse toda a equipe e a vítima em segurança. Que tirássemos ela da melhor forma possível sem que tivesse descida de pedras ou do carro em direção ao mar”, explicou.

Foi usada uma maca chamada de envelope na operação para a retirada da mulher. “Contamos também com o emprego de uma prancha de estabilização e usamos cabo de estabilização na viatura e um sistema de ancoragem”, explicou o tenente Henrique Ferrreira.

O bombeiro explicou que a mulher não relatou como o acidente aconteceu efetivamente e que ela foi atendida por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e seguiu, de forma estável, para o Hospital Walfredo Gurgel.

“A gente percebeu que ela não tinha uma resposta tão efetiva. Mas quando ela foi avaliada pelo Samu, ela começou a falar algumas coisas, respostas curtas, mas que não passava clareza sobre o que tinha acontecido”, explicou o tenente.

Os bombeiros explicaram que acidentes no trecho não são comuns, por se tratar sobretudo de uma área de maior trânsito de pessoas, o que fez com que esse chamasse a atenção da equipe.

g1 RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo