TURISTAS REALIZAM FESTA EM ÁREA DE CORAIS E PEIXES AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Instituto Bioma Brasil, organização não governamental, divulgou nesta terça-feira, 28, um flagrante de agressão ao meio ambiente na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, no litoral de Alagoas.

O instituto recebeu de conselheiros da APA um vídeo de uma festa ilegal realizada no final de semana sobre as piscinas da Praia do Marceneiro, que fica na chamada Rota Ecológica no município de Passo de Camaragibe, onde se vê um grupo de turistas e nativos – acima da capacidade estipulada para preservação daquele ambiente – cantando, bebendo e circulando na área.

“A festa, com aglomeração, aconteceu na maior área costeiro-marinha protegida do Brasil, que abriga a população de peixes-bois nativos e reintroduzidos, além de espécies de corais e peixes ameaçados de extinção” alertou o instituto. O flagrante que denuncia a falta de controle e desrespeito ao Plano de Manejo das piscinas naturais também denuncia a omissão dos órgãos ambientais no estado.

A reportagem do EXTRA manteve contato com o poder público para saber as medidas que serão adotadas no caso. O Ministério Público Federal (MPF) ainda não recebeu denúncia sobre o fato, mas está buscando dados para definir como vai proceder, segundo a assessoria. O Instituto de Meio Ambiente de Alagoas (IMA) não retorna o atendimento eletrônico, único disponível, para falar sobre a ocorrência.

https://youtu.be/aR9V7GRPnto

O monitoramento, fiscalização e pesquisa nessas áreas são de responsabilidade do IMA, que poderá solicitar o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Capitania dos Portos e até as Colônia de Pescadores.

Já a Prefeitura de Passo de Camaragibe disse, através de um assessor, que a festa era particular e não foi autorizada pelos órgãos competentes do município. Também falou que a Prefeitura está à procura de informações para detectar onde houve falhas na fiscalização e que vai conversar com o pessoal que fez o transporte do grupo de turistas às piscinas para descobrir responsáveis pela infração.

O flagrante da presença de pessoas sem controle e  nociva ao bioma revoltou a quem teve acesso às imagens nas redes sociais. As pessoas revelaram preocupação sobre as agressões que podem acontecer às piscinas naturais no litoral alagoano com a proximidade das comemorações do Ano Novo.

A agressão ambiental em Passo de Camaragibe também foi denunciada pelo jornalista André Trigueiro, da Globo News, que chamou atenção para o fato em rede nacional. “Omissão das autoridades ambientais na região da pousada do Ministro do Turismo!, disse na postagem.

Novo Extra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo