MÃE DENUNCIA DESAFIO MORTAL PROPOSTO POR ALEXA PARA FILHA DE 10 ANOS

Foto: Patrick T. Fallon / Agência O Globo

Uma menina de 10 anos pediu para a Alexa, assistente virtual da Amazon, sugerir um ‘desafio’. O aparelho propôs um ‘challenge’ viral perigoso, o que chocou a mãe da criança, que denunciou o ocorrido nas redes sociais.

No domingo, Kristin Livdahl compartilhou uma captura de tela no Twitter da mensagem com a qual Alexa supostamente respondeu.

‘Aqui está algo que encontrei na web. De acordo com ourcommunitynow.com: O desafio é simples: conecte um carregador de telefone na tomada pela metade e, em seguida, toque um centavo no pino exposto’ disse Alexa.

O desafio, conhecido como “outlet challenge” (traduzido como “desafio da tomada”), viralizou nas redes sociais, especialmente no Tik Tok, em janeiro. Autoridades americanas alertaram sobre o risco de incêndios e danos aos sistemas elétricos depois que três incidentes geraram preocupação, incluindo dois em escolas.

O desafio envolve o uso de parte de um carregador de telefone, uma tomada de parede e um centavo para causar faíscas, segundo o marechal de bombeiros de Massachusetts Peter J. Ostroskey em uma carta alertando os educadores.

Em 2020, bombeiros encontraram duas tomadas queimadas e um carregador de celular com uma moeda fundida nas pontas em uma escola em Plymouth.

O perfil de suporte da Amazon respondeu ao tweet de Kristin, pedindo para que ela entrasse em contato:

Desde que o viral foi identificado como perigoso, o TikTok baniu as pesquisas por ele. A Alexa usa o mecanismo de pesquisa Bing para todas as suas consultas de pesquisa, que seguem um padrão. Portanto, a mensagem provavelmente é automatizada, em vez de uma decisão consciente de qualquer pessoa que trabalhe na Amazon. Contudo, como a plataforma de inteligência artificial responde a comandos, foi necessário que o erro fosse corrigido pela empresa.

A Amazon, empresa responsável pela Alexa, informou em comunicado enviado à BBC que foram realizadas atualizações na assistente virtual para que ela não volte a repetir este tipo de sugestão perigosa. “A confiança do cliente é o centro de tudo que nós fazemos e a Alexa é pensada para passar informações precisas, relevantes e úteis aos nossos consumidores”, diz o comunicado. “Assim que soubemos desse erro, nós tomamos uma rápida ação para consertá-lo.”

O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo