FECOMÉRCIO E CDL NATAL SE REÚNEM COM GOVERNO DO RN PARA REIVINDICAR FIM DA EXIGÊNCIA DO PASSAPORTE VACINAL NOS SHOPPINGS

  Representantes do Fecomércio e CDL se reúnem com governo do RN – Foto: Divulgação

Representantes da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio RN) e da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) participaram, nesta segunda-feira (24), de audiência com o Secretário Chefe do Gabinete Civil do Governo do RN, Raimundo Alves, para reivindicar o fim do passaporte da vacinação em ambientes fechados, como os shoppings centers e discutir sobre o impacto da medida no comércio.

O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, explica que a Federação vem acompanhando a situação da Covid e do surto de Influenza e buscou se articular previamente com o Governo. “Na nossa última reunião, discutimos questões referentes ao segmento de eventos, bem como aos bares e restaurantes. No entanto, a cobrança do Passaporte Vacinal para shoppings centers e estabelecimentos comerciais não foi abordada. Os impactos sentidos nos últimos dias têm sido significativos, com filas de acesso e quedas nas vendas”, afirmou.

O Secretário Chefe do Gabinete Civil do Governo do RN, Raimundo Alves, afirmou que o Governo está sensível às demandas dos empresários, mas não é possível que seja realizada nenhuma flexibilização no decreto nas próximas duas semanas devido ao aumento do número de ocupação dos leitos no RN. “O passaporte é uma forma, inclusive, de tentarmos evitar outras medidas mais restritivas”, destacou.

De acordo com o governo, dentro de duas semanas, será novamente analisado o cenário e verificação da possibilidade de alteração nas medidas já publicadas. Caso não seja possível a extinção da exigência do Passaporte, sua cobrança restrita às Praças de Alimentação foi uma possibilidade apresentada pela classe produtiva.

Para o presidente da CDL Natal, José Lucena, é preciso ampliação das testagens em massa. “O Passaporte, por si só, não impede que pessoas contaminadas circulem em lugares públicos ou privados e ainda prejudicam diretamente os setores de comércio e serviços, que já sentem queda substancial de seu faturamento nestes primeiros dias de exigência”, finalizou.

Veja os pontos que foram levados ao Governo do Estado:

  • Extinguir a exigência da cobrança do Passaporte de Vacinação nos shoppings centers do Rio Grande do Norte.
  • Ampliação das testagens em massa.
  • Reforço das Campanhas de Conscientização quanto à necessidade de conclusão do esquema vacinal, bem como ensinando como ter acesso à versão on-line do passaporte.
  • Reabertura de pontos de vacinação Drive Thru, ampliando o acesso da população à vacina.
  • Uso dos shoppings como espaços para divulgação de campanhas de conscientização, e implementação de postos de vacinação, atuando como um canal de facilitação para o acesso à população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo