HOMEM É EMPURRADO DURANTE “BRINCADEIRA” COM AMIGO, BATE CABEÇA EM MESA DE SINUCA E MORRE

Foto: Arquivo pessoal

Uma brincadeira entre amigos durante bebedeira terminou com o servidor público Roberto José Lima Oliveira, de 50 anos, morto nesse domingo 16 em um bar na cidade de Xapuri, no interior do Acre.

O delegado responsável pelas investigações, Gustavo Neves, disse que testemunhas relataram que a vítima estava com amigos no local, quando em determinado momento teria pegado nos testículos de um deles.

Ao reagir à “brincadeira”, o amigo então empurrou Oliveira, que durante a queda bateu com a cabeça na mesa de sinuca e ficou desacordado.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e chegou a levar a vítima para o hospital da cidade. Mas, ao chegar na unidade, foi constatada a morte.

O homem que empurrou Oliveira se apresentou na delegacia da cidade e se colocou à disposição. Segundo o delegado, ele pode ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

“Ele deve ser ouvido ainda nesta segunda, estamos só concluindo algumas diligências. Mas, a informação que nos foi passada foi essa, de que a vítima teria feito uma brincadeira e apertado os testículos desse rapaz, que não sei se, por não ter gostado ou se por brincadeira também, deu um empurrão. A vítima se desequilibrou e caiu desacordada. Estava todo mundo embriagado”, disse o delegado.

O corpo foi levado ainda no domingo para o Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco para os devidos procedimentos e depois retornou para ser velado e sepultado na cidade do interior do estado.

Oliveira era servidor público na prefeitura de Xapuri há décadas e era irmão do ex-prefeito da cidade, Vanderley Lima. Ao g1, ele afirmou que o corpo do irmão está sendo velado e deve ser sepultado às 10h30 desta segunda 17 no cemitério São José.

g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo