DANÇARINO ATINGIDO POR TELÃO EM SHOW DO GRUPO MIRROR PODE FICAR TETRAPLÉGICO

Foto: Reprodução

Um dos dançarinos atingidos pela queda de um telão durante um show do grupo Mirror na última quinta-feira, 28, pode ficar tetraplégico, segundo a imprensa local.

Uma fonte médica ouvida pelo jornal South China Morning Post, de Hong Kong, disse que Mo Lee Kai-yin, de 27 anos, teve a terceira e a quarta seção da coluna vertebral deslocadas pelo impacto, o que o deixou incapaz de se movimentar do pescoço para baixo. Conforme a fonte, a cabeça e os pulmões também foram atingidos.

Na quinta, o artista passou por uma cirurgia nas vértebras e retornou ao centro cirúrgico nesta sexta-feira, 29, para fazer um novo procedimento de oito horas. De acordo com o Post, os médicos conseguiram estabilizar a coluna dele, mas o dançarino precisou ser entubado. A situação é considerada crítica.

Durante o momento do acidente, dois membros do Mirror e seis outros artistas estavam dançando no palco. Além de Lee, o dançarino Chang Tsz-fung também foi levado ao hospital, mas já recebeu alta.

John Lee, chefe do executivo de Hong Kong, disse que autoridades investigarão as causas do incidente. Investigações preliminares já apontaram que dois dos cabos que suspendiam o telão se romperam e provocaram a queda.

Os pais do dançarino em estado mais grave, que moram no Canadá, estão a caminho de Hong Kong para fazer uma visita a Mo Lee. Questionado pelo jornal se eles estariam isentos da quarentena de sete dias, obrigatória na cidade, John disse que o departamento de saúde local teria entrado em contato com a família e proposto uma visita ao hospital logo após a chegada.

Estadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo