NEYMAR NÃO CUMPRE SUA PROMESSA A BOLSONARO EM COMEMORAÇÃO APÓS GOL NA COPA

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Neymar não cumpriu a promessa que fez ao presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral no Brasil: dedicar a ele seu primeiro gol na Copa do Mundo do Qatar.

Ao marcar o segundo gol da seleção sobre a Coreia do Sul, no jogo de oitavas de final do Mundial, o camisa 10 comemorou com os companheiros e foi às arquibancadas abraçar Alex Telles, que sofreu uma lesão no joelho direito e está fora do torneio.

Este foi o gol de número 76 de Neymar com a camisa da seleção brasileira, que cinco minutos antes tinha aberto o placar com Vinícius Júnior.

“A Copa está próxima. Seria tudo maravilhoso, Bolsonaro reeleito, Brasil campeão e todo mundo feliz”, disse o atacante no dia 22 de outubro ao acompanhar de Paris uma live do então candidato à reeleição.

Neymar afirmou que se motivou a apoiar Bolsonaro publicamente na disputa eleitoral porque os “valores que o presidente representa são parecidos” aos seus e aos de sua família.

Bolsonaro deixará o poder no dia 31 de dezembro. Desde sua derrota nas urnas, que ainda não reconheceu explicitamente, o mandatário permanece em silêncio e praticamente não fez aparições públicas.

Agence France-Presse

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo