GOVERNO EXTINGUE FUNASA E DÁ AO MDB PARTE DE SUAS ATRIBUIÇÕES

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O governo do presidente Luiz Inacio Lula da Silva (PT) decidiu extinguir a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e distribuir parte de suas competências entre a Saúde e o Ministério das Cidades comandado pelo MDB, partido que historicamente administrou o órgão.

Pelo novo desenho, Saúde ficará responsável pela vigilância em saúde e ambiente e todo o restante ficará com o Ministério das Cidades de Jader Barbalho Filho. O orçamento do órgão é de cerca de R$ 3 bilhões.

Até a manhã desta segunda-feira (2), como mostrou a CNN, ainda havia um debate sobre o que fazer com o órgão. Aliados da nova ministra da Saúde, Nísia Trindade, defendiam a manutenção do órgão. Mas acabou prevalecendo a ideia defendida pela Casa Civil de Rui Costa e pela Secretaria de Relações Institucionais de Alexandre Padilha.

O entendimento é de que a fundação ficou obsoleta e inoperante e é um centro de denúncias de corrupção.

CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo