Na busca do governo por ampliar a base na Câmara, PT e partidos do Centrão são os que mais recebem emendas

Foto: Ilustrativa/Ricardo Stuckert

Na busca do governo por ampliar a base na Câmara, o PT, partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e partidos do Centrão foram os que mais receberam emendas parlamentares até aqui neste ano.

As emendas são verbas previstas no Orçamento da União que o governo tem que liberar para os parlamentares. São usadas por deputados e senadores para obras e projetos em suas cidades e estados.

O ritmo da liberação depende do Executivo. Nas últimas semanas, deputados vinham reclamando de que o governo Lula não liberou as emendas que havia prometida.

Esse foi um dos motivos pelos quais o governo sofreu algumas derrotas na Câmara nas últimas semanas. Os deputados barraram, por exemplo, um decreto de Lula que modificava o marco do saneamento.

Nesta última semana, a Câmara aprovou a nova regra fiscal, como o governo queria. Mas, em um novo revés, uma comissão mista do Congresso alterou uma medida provisória assinada por Lula para reformular a estrutura de ministérios.

Só nesta semana, o governo liberou R$ 1,3 bilhão em emendas.

Por partido

Depois do PT, os partidos mais beneficiados por emendas na Câmara até aqui compõem o chamado Centrão, um grupo informal na Casa que reúne parlamentares de direita e centro-direita que costumam se aliar a governos em troca de espaços de poder.

Veja os partidos que mais receberam emendas, de acordo com o Painel do Orçamento Federal:

  • PT: R$ 346,1 milhões
  • PSD: R$ 234,8 milhões
  • União: R$ 212 milhões
  • PP : R$ 199,2 milhões
  • MDB: R$ 176,5 milhões

Senado

No Senado, a maior liberação de veras foi para senadores do PSD, partido da base do governo e do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (MG). Veja a lista:

  • PSD: R$ 241,1 milhões
  • MDB: R$ 148,9 milhões
  • PT: R$ 76,5 milhões
  • PSB: R$ 65,3 milhões
  • PL: R$ 57,9 milhões

G1/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo