Após batalha judicial, idoso com tumor gigante no rosto tem cirurgia agendada no RN

Foto: Divulgação

 O idoso de 65 anos que luta para retirar um tumor gigante do rosto pela rede pública de saúde desde o mês de março no Rio Grande do Norte teve os procedimentos agendados para serem realizados nesta semana em Natal.

José Nilton Cardozo chega a tomar 18 doses de morfina por dia para suportar as dores causadas pelo problema. A família acionou a Justiça para garantir o direito ao procedimento com urgência e teve decisão favorável do Tribunal de Justiça do RN em junho.

O Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) confirmou que marcou o procedimento de embolização (técnica para obstruir a artéria bloqueando o fluxo de sangue para formações indesejadas) para quinta-feira (10).

A família informou que a cirurgia para retirada do tumor acontecerá no sábado (12) na Policlínica da Liga Contra o Câncer.

O marceneiro José Nilton Cardozo tem um tumor intracraniano, com diagnóstico de aumento descontrolado na fossa infratemporal direita.

O diagnóstico é de meningioma, um tumor benigno que se origina a partir das membranas que recobrem e protegem cérebro. Por conta do tumor, o idoso já teve surdez em um dos ouvidos.

Os meses mais recentes do idoso têm sido de dores e medicação.

“Sinceramente não dá pra explicar [a dor], porque é fora do controle do ser humano. Só o Senhor que está me sustentando. É uma coisa que não se explica. Pra quê tanto sofrimento assim? E às vezes eu penso que eu fui uma pessoa de só fazer o bem”, diz José Nilton.

A família ajuda como consegue o idoso, mas também sofre ao vê-lo nessa situação.

“A gente o vê nesse estado, quer fazer alguma coisa e não consegue, porque a gente fica fazendo de tudo para agradá-lo, para ver se ele se consola. Mas a gente não sabe nem o que dizer. É muito triste o que a gente está passando”, lamentou a mãe Maria Macena, de 86 anos.

G1/RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo