Com infecção nos ouvidos, Maduro cancela vinda para a Cúpula da Amazônia

Lula e Nicolás Maduro com suas esposas em encontro  em 29 de maio no Brasil – Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Nicolás Maduro, da Venezuela, cancelou na noite de segunda-feira (7) sua participação na Cúpula da Amazônia, que começa hoje em Belém, no Pará. Para representá-lo, o venezuelano enviou a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, que já está na capital paraense.

O motivo do cancelamento seria uma infecção nos ouvidos. Ontem, Maduro já tinha cancelado uma agenda em seu país por conta de um quadro de otite média, segundo ele.

O evento reunirá os oito representantes dos países signatários do Tratado de Cooperação Amazônica (TCA): Brasil, Bolívia, Colômbia, Guiana, Equador, Peru, Suriname e Venezuela.

Além de Maduro, já haviam anunciado que não participariam da Cúpula os presidentes do Equador, Guillermo Lasso, e do Suriname, Chan Santokhi.

Na quarta-feira (9), representantes de outros países em desenvolvimento com florestas tropicais se juntarão ao encontro.

Convidados da cúpula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convidou a Indonésia, a República Democrática do Congo e a República do Congo.

Juntos, os países possuem três das maiores florestas tropicais do mundo: Amazônica, do Congo e a Borneo-Mekong, que passa pela Indonésia.

 CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo