‘Estou perdendo a esperança’, diz israelense com os três filhos e a esposa sequestrados pelo Hamas

Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

O israelense Avichai Brodutch, de 42 anos, está perdendo a esperança de reencontrar sua família — a esposa, Hagar Brodutch, de 40 anos, e os três filhos do casal: Ofri, Yuval e Oria, de 10, 8 e 4 anos, respectivamente.

No último dia 7 de outubro, os quatro foram levados por terroristas do Hamas de dentro da própria casa, em Kfar Aza, kibutz perto da fronteira com a Faixa de Gaza. Avichai não estava presente no momento em que a residência foi invadida. Para ele, falar sobre o assunto é algo dolorido.

“Eu gostaria de não falar sobre isso”, respondeu Avichai quando perguntado pelo R7 sobre onde ele estava em 7 de outubro. “Mas eu saí de casa para tentar ajudar e acabei me perdendo no kibutz. Quando voltei, eles não estavam mais lá. A princípio, achei que estavam mortos.”

No dia seguinte ao ataque, a esperança de Avichai foi imediatamente recuperada, quando testemunhas relataram ter visto a família Brodutch sair de casa acompanhada de homens armados. Uma menina identificada como Abigail, de 3 anos, que havia sido abrigada pela família após se perder da mãe, também foi levada.

O israelense respirou aliviado, pois ali teve a certeza de que a esposa e os filhos estavam vivos, embora estivessem sob a custódia de terroristas. Quase 40 dias depois, porém, a situação é outra, e o sentimento de alívio se transformou no mais profundo desânimo.

R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo