Empresa prestadora de serviços para o Governo do Estado exonera servidora em tratamento contra câncer do colo do útero; perseguição política pode ser a motivação

Escola Estadual de Laranjeiras do abdias, local de trabalho da servidora demitida em tratamento contra câncer do colo do útero

Empresa contratada pelo Governo do Estado demite servidora que luta contra câncer do colo do útero e tem mais de duas décadas de casa; motivação pode ser política

Uma empresa contratada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte afastou do seu quadro de pessoal a trabalhadora Maria Admilde Ferreira da Silva, que por décadas prestava serviços numa escola estadual localizada no distrito de Laranjeiras do Abdias, em São José de Mipibu.

Servidora dedicada sem registro de faltas ou qualquer outra ocorrência no local de trabalho, Ademilde luta contra câncer do colo do útero, fragilidade que não foi levada em consideração na medida adotada pela empresa contatada pelo Estado.

A servidora penalizada é ligada politicamente ao empresário e advogado Fábio Dantas, esposo da deputada estadual Cristiane Dantas.

De acordo com a servidora afastada, a decisão tem motivação política.

“Por mais de duas décadas cumpro minhas obrigações na empresa e na escola. Mesmo debilitada faço o meu trabalho regularmente, porém o fato de eu ter uma relação de amizade com Fábio Dantas possa ter motivado essa perseguição”, ressalta Ademilde.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo