Justiça concede liberdade provisória para 28 dos 31 presos por adulteração de cervejas em SP

Foto: Reprodução

A fábrica clandestina foi fechada na quinta-feira (18). A descoberta foi feita no Jardim Ângela, onde os policiais do 2° Distrito Policial, do Centro, flagraram 31 pessoas trabalhando na adulteração das bebidas.

Três pessoas tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva.

No local, os investigadores encontraram rótulos e tampas de marcas líderes de mercado, que eram colocados em cervejas mais baratas (veja vídeo acima).

Ao menos 683 engradados de cervejas já falsificadas foram apreendidos pelos policiais, assim como milhares de rótulos e tampas usadas nas falsificações.

Fábrica de cervejas falsificadas em SP — Foto: Reprodução

O boletim de ocorrências registrado na delegacia afirma que vizinhos do local informaram aos investigadores que a fábrica funcionava 24 horas por dia, com grande fluxo de chegada e saída de caminhões.

g1/Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo